30 Técnicas de SEO WordPress Para Alavancar Seu Site no Google
access_time
hourglass_empty
person_outline

30 Técnicas de SEO WordPress Para Alavancar Seu Site no Google

Se você quer uma boa posição nos resultados dos buscadores, você precisa levar o SEO WordPress do seu site a sério. Por sorte, você já usa WordPress, uma plataforma que ajuda no SEO. Esse é um dos diversos motivos que faz tanta gente escolher esse Sistema de Gestão de Conteúdo (CMS) em primeiro lugar.

Ainda assim, há uma série de coisas que você pode fazer para levar o SEO WordPress do seu site para um nível mais alto. Para facilitar, criamos este guia com 30 das melhores técnicas de SEO para melhorar o tráfego do seu site.

1. Instale um Plugin de SEO WordPress

O WordPress já possui alguns recursos internos de SEO bastante sólidos. Mas você pode levar sua otimização para o próximo nível usando um plugin SEO. O melhor plugin de SEO no mercado é o Yoast SEO. Inclusive é ele que usamos aqui na Hostinger.

Com este plugin, você pode perfeitamente otimizar cada página e postar os conteúdos com a sua palavra-chave escolhida. Ele também possui análise integrada com base nas mais recentes atualizações de algoritmo da Google. Você pode até gerar um mapa de site em XML e adicionar um Schema Markup ao seu site.

instalando o plugin Yoast SEO para melhor o SEO WordPress

Para configurar o Yoast, navegue até o seu painel do WordPress e selecione Plugins > Adicionar Novo. Na barra de pesquisa, digite “Yoast SEO” e clique em Instalar Agora.

Por fim, assim que a instalação estiver completa, clique em Ativar. O plugin então passará a ser executado no seu site e você pode acessá-lo clicando no ícone de SEO no menu à esquerda.

2. Faça Pesquisa de Palavras-chave

A pesquisa de palavras-chave vai definir se você terá sucesso ou fracasso na sua estratégia de SEO WordPress. Essa pesquisa vai permitir que você:

  • Crie conteúdo que seus visitantes estão procurando.
  • Desenvolva uma melhor compreensão das necessidades do seu mercado.
  • Acompanhe o desempenho de tudo que você escreve.
  • Gere tráfego valioso para o seu site.

Há uma variedade de ferramentas que o ajudarão na pesquisa de palavras-chave. Algumas das principais ferramentas incluem o KWFinder, o SEMRush e até o Google Keyword Planner.

Poderíamos escrever diversos artigos diferentes sobre a pesquisa de palavras-chave, mas seus elementos básicos são:

  1. Crie uma lista de palavras-chave segmentadas relacionadas ao seu tópico.
  2. Coloque-as em uma ferramenta de pesquisa de palavras-chave para descobrir quais recebem um volume decente de tráfego e possuem menor concorrência.
  3. Pesquise quais concorrentes possuem um site similar ao seu através das ferramentas de busca de palavra-chave. Então veja quais palavras-chave trazem o maior tráfego.
  4. Veja quais dessas palavras-chave têm concorrência baixa o suficiente para conseguir competir.

Quer aprender um pouquinho mais sobre como fazer uma pesquisa de palavra-chave? Dê uma olhada nos dois artigos abaixo:

Com sua lista de palavras-chave criada, é hora de começar a criar conteúdo e otimizá-lo.

3. Ative a Visibilidade nos Mecanismos de Busca

Há uma opção interna no WordPress que ocultará seu site dos mecanismos de pesquisa.

Você pode achar essa opção útil ao criar seu site, mas isso impede que você apareça nos resultados do Google. Se você já esta empregando algumas das técnicas de SEO dessa lista, mas não sobe nos rankings, esse pode ser o problema.

permitindo a visibilidade do mecanismo de pesquisa para melhorar o SEO WordPress

Para ver se essa configuração está ativada, vá no seu painel de controle e clique em Configurações > Leitura. Role a tela para baixo e você verá uma seção chamada Visibilidade nos mecanismo de busca.

Certifique-se de deixar esta caixa desmarcada. Em seguida, clique em “Salvar Alterações“.

4. Ajuste a Estrutura de Links Permanentes

Quando você instala o WordPress pela primeira vez, as páginas e postagens do seu site terão uma estrutura de URL meio estranha. Essa estrutura padrão não é boa para o seu SEO.

A estrutura de URL mais limpa do mecanismo de pesquisa é a configuração de “nome do post”. Ao mudar para essa configuração, você também poderá incluir seu post ou título da página e até mesmo uma palavra-chave em seu URL.

Para alterar essa configuração, vá ao painel de controle e clique em Configurações > Links permanentes.

tela de configurações comuns de links permanentes no wordpress

Na parte “Configurações Comuns“, selecione a opção “Nome do Post

Se você está fazendo essa alteração depois de fazer muitas postagens no seu site, talvez seja necessário redirecionar os URLs antigos. Você pode fazer isso com um plugin chamado Change Permalink Helper. Basta inserir seus URLs mais antigos e eles encaminharão seus URLs atualizados.

5. Adicione Seu Site ao Google Search Console

O Google Search Console irá mostrar para você como o seu site está se saindo nos mecanismos de busca, assim como alertar sobre erros que podem afetar os seus ranqueamentos nos SERPs.

Para adicionar o seu site, abra o Google Search Console e insira seu Domínio ou Prefixo de URL. A seguir, clique em Continuar.

tela inicial do google search console para alavancar o SEO WordPress

Se você inseriu seu domínio ou subdomínio, você precisará verificá-lo junto ao seu provedor de hospedagem. Simplesmente siga as instruções listadas e clique em Verificar.

verificar propriedade por meio de registro dns

Se você inserir o seu prefixo de URL, também verá diferentes opções disponíveis para verificar o seu site.

verificação de propriedade do google search console via prefixo de url

Um dos métodos de verificação mais fáceis é o da tag HMTL. Vamos ver como usar este método.

tela para cópia da html tag no search console

Copie o código da meta tag e então navegue para o seu painel de controle do WordPress. Para adicionar esse código ao nosso cabeçalho, vamos usar um plugin do WordPress.

Navegue até Plugins > Adicionar Novo e então busque Insert Headers and Footers.

plugin insert headers and footers para wordpress

Instale e ative o plugin exibido na imagem acima. Depois, abra o plugin ao navegar para Configurações > Insert Headers and Footers.

configurações do plugin insert headers and footers

Agora, cole o código na caixa que é chamada de Scripts in Header e clique em Save (Salvar). Finalmente, navegue de volta para o Google Search Console e clique no botão Verificar.

Você deverá ver uma caixa de verificação como essa abaixo:

tela de propriedade verificada do google search console

6. Integre Seu Site ao Google Analytics

Outra ferramenta do Google que você vai desejar ter é o Google Analytics. Essa ferramenta mostra o desempenho da sua estratégia de SEO ao analisar detalhadamente o tráfego do seu site.

Para configurar sua conta, navegue até a página inicial do Google Analytics e crie uma conta.

Em seguida, você precisa localizar seu código de acompanhamento, que deve estar em Informações de Acompanhamento > Código de Acompanhamento. Depois, copie o código semelhante ao exemplo abaixo:

rastreando o site usando o google analytics

Dependendo do seu tema, você pode ter uma opção para adicionar diretamente o código de acompanhamento do Google Analytics. Se não for possível, você pode usar o mesmo plugin Insert Headers and Footers que usamos acima.

Abra o plugin, navegue até a seção de cabeçalho e cole seu código de acompanhamento. Pronto, agora você pode visualizar as estatísticas do seu site.

7. Envie o Mapa do Seu Site ao Google

Os Sitemaps são usados pelos mecanismos de pesquisa para rastrear melhor seu website. Seu site ainda será rastreado sem um sitemap, mas a criação dele permite que você pegue os dados que deseja que os mecanismos de pesquisa rastreiem.

Você pode garantir que determinadas páginas que não contribuem para suas classificações não sejam rastreadas, além de dar prioridade a suas páginas mais valiosas. Se você estiver usando o plugin do Yoast SEO, poderá criar e enviar um mapa do seu site com facilidade.

ativando o XML sitemap

Vá para o painel de controle e clique em SEO > Geral > Recursos. Em seguida, role para baixo e ative “XML Sitemaps“.

Clique no link que diz “Veja o sitemap XML” e isso abrirá o sitemap para garantir que ele seja realmente criado.

adicionando o site para o sitemap rastrear

Agora, vamos enviar esse sitemap para o Google. Vá para o painel do Google Search Console e clique em “Sitemaps“.

No canto direito, você verá uma opção para adicionar ou testar o Sitemap. Clique nesta opção, insira o URL do sitemap e clique em “Enviar“. Agora, o Google vai rastrear seu sitemap regularmente, o que pode ajudar na rápida indexação de postagens.

8. Otimize Seu Site Para Dispositivos Móveis

A Google está testando o seu índice que dá prioridade a dispositivos móveis. Isso significa que eles vão usar o desempenho e a funcionalidade das versões mobile das suas páginas para determinar os seus rankings.

Então, se você não está usando um tema responsivo, essa é a melhor hora para corrigir isso.

Mas, além de escolher um tema responsivo, você também pode checar como o seu site atual performa em dispositivos móveis. Para fazer isso, abra o teste de compatibilidade com dispositivos móveis da Google e insira a URL do seu site.

teste de compatibilidade de site com dispositivos móveis da google

Isso irá trazer uma descrição de como a versão móvel do seu site se sai, mostrar uma captura de tela e oferecer dicas de como melhorá-lo.

9. Acelere Seu Site

A velocidade do site sempre foi importante. Ter um site que demora anos para carregar o conteúdo afetará negativamente seus rankings e a experiência do usuário.

A velocidade da página é um fator que o Google leva em conta na hora de ranquear seu site. Felizmente, não é difícil consertar um site de carregamento lento. Os passos abaixo irão ajudá-lo a começar:

Obtenha um Número de Base

Primeiro, você precisa ter uma ideia de como o seu site está realmente funcionando.

Abra uma ferramenta chamada GTMetrix e execute o seu site através da ferramenta.

Isso fornecerá uma análise dos números atuais de desempenho, para que você possa ver o que precisa melhorar.

Faça Upgrade na sua Hospedagem

Às vezes, a configuração incorreta do servidor pode causar lentidão. É por isso que é importante escolher bem qual empresa você quer cuidando da hospedagem do seu site.

Para o desempenho do site WordPress, recomendamos o uso de um pacote de hospedagem específico para WordPress personalizado para a configuração do seu site.

Utilize CDN

Uma CDN irá ajudar a acelerar o seu site ao armazenar versões dele em servidores ao redor do país.

Deste modo, quando um visitante vai parar no seu site, eles vão receber a versão que está mais próxima da sua localidade física.

Para uma solução gratuita e confiável, você pode integrar o seu site com uma CDN como o Cloudflare.

Use um Plugin de Cache

Um plugin de cache irá gerar arquivos HTML estáticos, em vez dos arquivos PHP normalmente necessários para executar o WordPress.

Isso minimizará o número de solicitações entre o servidor e o navegador do usuário, o que diminuirá o tempo de carregamento das páginas do seu site.

Alguns dos plugins de cache mais comuns do WordPress incluem W3 Total Cache e WP Super Cache.

Otimize sua mídia

Se você estiver enviando imagens para seu site, elas precisam ser otimizadas adequadamente.

Para otimizar suas imagens, siga os passos abaixo:

  1. Reduza o tamanho do arquivo executando suas imagens através de uma ferramenta como o TinyPNG.
  2. Redimensione suas imagens antes de fazer o upload.
  3. Instale um plugin de otimização de imagem como o WP Smush.

10. Corrija Todos os Links Quebrados

corrigindo erros no site através do google search console

Ter muitos links quebrados não é bom para seus leitores ou para seus rankings. Além disso, eles tornam mais difícil para os bots do Google rastrearem seu site. A maneira mais fácil de verificar se há links quebrados em seu site é abrir o Google Search Console e clicar em “Erros de rastreamento“.

Em seguida, abra cada erro e ele mostrará onde o link quebrado está. Depois, é só corrigir.

11. Tenha uma Palavra-chave de Foco Para Cada Publicação

Embora a maneira como otimizamos as palavras-chave tenha mudado, elas ainda desempenham um papel importante no SEO.

Sempre que você estiver escrevendo uma publicação em seu site, você deve ter uma palavra-chave de foco para esse post específica.

Veja algumas práticas recomendadas ao otimizar uma palavra-chave escolhida:

  • Não inclua a palavra-chave em excesso na sua postagem, inclua apenas quando for natural.
  • Inclua sua palavra-chave no primeiro parágrafo do seu texto, se possível.
  • Use sua palavra-chave principal no seu título e nos seus subtítulos.
  • Adicione sua palavra-chave principal ao seu URL e meta descrição.
otimizando o SEO WordPress da postagem pela palavra-chave

O Yoast SEO facilita a implementação das técnicas de SEO acima. Sempre que você está escrevendo uma postagem, insira sua palavra-chave principal na ferramenta.

Você verá uma análise de como essa postagem é otimizada para a palavra-chave escolhida.

Você receberá dicas de técnicas de SEO para melhorar sua otimização de palavras-chave e aumentar suas chances de classificação nos mecanismos de pesquisa.

12. Crie um Conteúdo de Alta Qualidade

O Google ama conteúdo de qualidade. É só você dar uma olhada nas 10 primeiras posições no ranking deles. Todos os artigos contêm dois requerimentos importantíssimos:

  • O conteúdo é geralmente mais longo e possui alta qualidade.
  • O conteúdo satisfaz a intenção de pesquisa.

Conteúdo longo e bem escrito é algo ótimo para o SEO WordPress. Mas você pode não saber qual é a intenção da pesquisa. Em sua essência, a intenção de busca é a intenção por trás da palavra-chave (ou frase).

Quando você cria qualquer tipo de conteúdo, pesquise o que está ranqueando no momento e tente entender o porquê dele estar classificado naquela posição.

Às vezes, o conteúdo vai ranquear apenas pela força do domínio. Mas se cada site tiver uma autoridade semelhante, o próprio conteúdo será o fator diferenciador.

Para ter uma perspectiva melhor da palavra-chave e do que os pesquisadores estão procurando, faça as seguintes perguntas:

  • O pesquisador está procurando informações ou conteúdo do produto?
  • Eles estão procurando algo em profundidade? Ou uma breve leitura?
  • Por que o ranking das páginas atuais?
  • Qual estilo de conteúdo vai responder melhor à palavra-chave?

Com um melhor entendimento da palavra-chave, das páginas com melhor classificação e do que o usuário deseja, você estará pronto para criar um conteúdo épico.

13. Crie Conteúdos Longos

Um conteúdo mais longo tende a se classificar melhor nos mecanismos de pesquisa. Estudos recentes do Buzzsumo e Moz descobriram que o conteúdo mais longo recebe mais compartilhamentos e backlinks sociais, o que significa classificações mais altas.

Outro estudo descobriu que a maior parte do conteúdo que está na primeira página do Google tem mais de 2000 palavras. Isso não significa que todas as postagens em seu site precisam atingir esse tamanho de conteúdo, mas deve ser o seu foco.

Mas isso não significa que você deve incluir palavras desnecessárias em seu conteúdo para atingir suas metas de contagem de palavras.

Em vez disso, você deve se concentrar na intenção da palavra-chave. Significado: qual é a razão pela qual o usuário está pesquisando essa palavra-chave?

Em seguida, responda ao objetivo dessa palavra-chave da maneira mais completa e útil possível, o que, em alguns casos, pode significar escrever menos palavras.

14. Crie Conteúdos Atualizados

O conteúdo de longo prazo pode ser uma poderosa arma de tráfego. Esse estilo de conteúdo sempre será relevante, pois não depende de informações oportunas.

Pense em um post como “O guia definitivo para o SEO” e em algo como “O que Você Precisa Saber sobre a Atualização mais Recente do Google“.

O primeiro será relevante por um longo tempo, enquanto o segundo dependerá de uma informação baseada num determinado período tempo.

Isso não significa que você deverá publicar seu conteúdo uma vez e esquecê-lo para sempre. Mas, em vez disso, você atualiza regularmente o conteúdo para refletir os aspectos mais recentes e relevantes de seu setor ou tópico.

O conteúdo atualizado é valioso, pois não perde sua relevância. Isso significa que você pode compartilhar, promover e selecionar continuamente backlinks para esse conteúdo. Esse estilo de conteúdo normalmente mantém as posições mais altas do ranking por anos.

Mesmo que o conteúdo contínuo leve mais tempo e esforço para criar, os resultados serão recompensados nos próximos anos.

15. Links para Fontes de Qualidade

Adicionar links pode realmente ajudar. Quando você cita fontes de grande autoridade, está informando ao Google que o conteúdo vinculado é semelhante ao seu.

Além disso, isso aprimora a experiência do usuário, fornecendo aos leitores mais informações sobre o tópico.

Não deixe seu site se tornar um beco sem saída na internet. Pratique regularmente o costume de adicionar links para fontes úteis, pois isso ajudará a melhorar sua credibilidade e confiabilidade.

Ao vincular-se a outras pessoas, você também ganha um motivo para entrar em contato com elas e iniciar um diálogo.

A adição de links é algo importante, mas isso deve ser feito da maneira certa.

Para evitar mandar seus leitores para fora do site, é bom fazer com que os links externos abram em uma nova aba. Para fazer isso, siga as etapas abaixo:

Crie um Hiperlink

inserindo link na postagem

Para criar um hiperlink, destaque algum texto e clique no botão de hiperlink:

Em seguida, clique no ícone mostrado acima, que exibirá suas opções de link.

Alterar Opções de Link

abrindo o link em nova guia

Uma caixa de texto aparecerá e, em seguida, selecione a caixa que diz Abrir link em uma nova aba.

Agora, sempre que um usuário clicar no link, ele será aberto em uma nova guia, em vez de ser redirecionado para fora do seu site.

16. Crie Links Internos Entre seus Conteúdos

Sempre que tiver a chance, você deve vincular um conteúdo a outro antigo que tenha publicado. Isso pode trazer benefícios como:

  • Facilitar o crawling do seu site e o acesso a outras páginas e postagens para os robôs do Google.
  • Ajudar o Google a entender o contexto do conteúdo da sua página usando o texto do hiperlink relacionado.
  • Manter os visitantes em seu site por mais tempo, visitando mais páginas, reduzindo assim a taxa de rejeição, e melhorando o tempo no site.
configurando o link do conteúdo

O WordPress facilita a interligação do seu conteúdo. Sempre que você estiver escrevendo uma postagem, apenas destaque uma parte do texto e clique no botão de hiperlink.

Em seguida, selecione o ícone que mostramos no parágrafo da criação do hiperlink, exibindo suas opções de link.

Na janela que vai abrir, você verá uma lista das postagens anteriores que você escreveu. Basta selecionar o conteúdo mais relevante da lista.

configurando os conteúdos da linkagem

17. Otimize os Títulos das Suas Páginas e Posts

A tag de título é a mais importante de todas. Ela informa ao Google sobre o que é sua página e vai ser fundamental para os leitores decidirem se vão querer acessar o seu site.

Se você não tem certeza qual é a tag de título, é o nome da sua postagem ou página.

Siga as técnicas de SEO abaixo para otimizar sua tag de título:

  • Inclua sua palavra-chave alvo o mais cedo possível no título.
  • Crie uma tag de título entre 60 e 70 caracteres.
  • Crie um título atraente que leve as pessoas a clicarem.

Alterar sua tag de título para algo bem otimizado e clicável é muito fácil. Especialmente se você estiver usando o plugin do Yoast SEO.

Para alterar sua tag de título, abra uma das suas postagens e vá até o final. Você verá uma seção chamada “Editor de amostra“.

editor da otimização de SEO WordPress para uma postagem

Nessa parte você consegue ajustar seu título de SEO, o Slug e a Meta-descrição. Garanta que não há nada nas cores vermelha ou laranja – apenas itens em verde – e otimize tudo para sua palavra-chave.

18. Otimize suas Tags de Cabeçalho

Suas tags de cabeçalho dão aos robôs de rastreamento dos sites de busca uma ideia do que o seu conteúdo vai falar. Usar essas tags em todo o seu conteúdo o tornará mais legível e bem otimizado para os mecanismos de pesquisa.

Em geral, você deve ter uma tag H1 por post e usar uma hierarquia de H2, H3, H4, etc.

Sua tag H1 também será o título da sua postagem. Por isso, você precisa incluir a palavra-chave ali. Para o restante de suas tags de cabeçalho, use uma variação de sua palavra-chave de segmentação, se possível.

Mas só faça isso se fizer sentido, pois o SEO não é tudo, você também precisa pensar na experiência do usuário em ler o texto.

Dentro do editor WordPress, você pode facilmente adicionar tags de cabeçalho através do menu mostrado abaixo:

alterando o cabeçalho do conteúdo

19. Use URLs Mais Curtas

Quando se trata de URLs, quanto menor, melhor. Faça o possível para encurtar suas URLs, para que elas não mostrem várias categorias ou diretórios. Tente incluir apenas sua palavra-chave alvo e livre-se de todo o resto.

Uma URL longa não penaliza seu ranking. Mas isso pode fazer com que seu link pareça um link de spam, o que acaba diminuindo a CTR (taxa de cliques). Se você alterou seus links permanentes, isso ajudará a ter mais controle sobre sua estrutura de URL.

Siga os passos abaixo para criar uma boa URL:

  • Use uma URL mais curta sempre que possível e recorte palavras de preenchimento.
  • Inclua sua palavra-chave alvo em seu URL.
  • Combine sensivelmente seus títulos e URLs.
  • Torne-a legível para seres humanos.
  • Evite várias categorias e pastas sempre que possível.

Com as técnicas de SEO acima, você pode facilmente editar seus URLs do seu site WordPress. Na tela da página ou pós-criação, basta clicar em editar na seção “Permalink”, logo abaixo do título:

editando o url da postagem

20. Otimize suas Meta-descrições

Meta-descrição é aquela pequeno texto que aparece embaixo dos links quando você procura por algum conteúdo no Google.

otimizando a meta descrição da postagem para melhorar o SEO WordPress do site

A sua meta-descrição não é um fator direto de ranqueamento, mas ajudará a melhorar a CTR dentro dos resultados de busca. Uma meta-descrição bem escrita e atraente vai encorajar o usuário a clicar na sua postagem, em vez de nos outros resultados da pesquisa.

Os dados são baseados em correlação, mas se você tiver uma CTR alta, o Google considerará sua página mais relevante, o que pode melhorar sua classificação.

Para otimizar sua meta descrição, implemente as técnicas de SEO abaixo:

  • Inclua sua palavra-chave principal em sua descrição. O Google vai destacar essa palavra-chave em negrito, para que sua listagem se destaque ainda mais.
  • Pense na sua meta descrição como o copy de um anúncio. Você está persuadindo o leitor a clicar na sua listagem sobre outras pessoas na página.

21. Inclua Schema Markup

Você provavelmente já ouviu a frase “Schema Markup” (ou esquema de marcação) antes e até mesmo o viu em ação. É um código adicional que ajuda os mecanismos de pesquisa a fornecer dados para seus usuários.

Ao implementar essa marcação, você pode tornar suas listagens de mecanismos de busca mais atraentes. Isso pode levar a uma CTR aprimorada e a mais tráfego para seu website.

Seu tema WordPress pode já ter uma marcação de esquema instalada. Para ver se seu site já tem uma marcação de esquema, execute-o por meio dessa ferramenta.

Se você não tiver marcação de esquema instalada, poderá usar o plugin Schema. É fácil de configurar e adiciona automaticamente a marcação de esquema ao seu site.

22. Otimize Para o SERP do Google

Você provavelmente já viu as caixas que aparecem na parte superior dos resultados de pesquisa do Google. Se não, elas se parecem com isso:

posição zero do google

Essa é tecnicamente a posição zero, e ela permite que você receba mais tráfego e cliques. Mas se você já está classificado na primeira página, a obtenção dessa posição fornecerá duas listagens nos resultados.

Não há uma maneira comprovada e segura de conseguir o primeiro lugar, mas as seguintes otimizações aumentarão a probabilidade de você conseguir:

  • Adicionar marcação de esquema ao seu site.
  • Responda a pergunta implícita na palavra-chave no início de sua postagem.
  • Formate sua resposta na forma de uma lista ordenada ou não ordenada.

23. Otimize suas Imagens para Sites de Busca

Usar imagens em todo o seu conteúdo criará uma experiência de leitura de maior qualidade. Isso ajudará a manter seus usuários envolvidos com seu site, o que proporcionará indicadores positivos de desempenho do site.

Mas além de adicionar imagens, você pode otimizá-las para melhorar seu SEO também.

Existem três componentes de otimização de imagem adequada:

O Texto de Título da Imagem

O texto de título da imagem não é rastreado pelos mecanismos de pesquisa, mas pode ser um fator na sua experiência do usuário.

Quando um usuário passar por cima da sua imagem, aparecerá um pop-up com o texto do título da imagem. Para alterar o texto do título da imagem, navegue até o editor de postagem no qual você colocou uma imagem.

Passe o mouse sobre a imagem e clique no ícone de lápis, que exibirá a opção “Editar“.

editando os textos da imagem

Em “Opções avançadas“, você pode inserir o título da imagem.

alterando o título da imagem do conteúdo

O Alt Text

O alt text, ou texto alternativo, da sua imagem fornecerá um indicador para o Google sobre o que é sua página.

Na primeira imagem da sua postagem, você deve alterar o texto para a palavra-chave de foco da postagem. Para outras imagens, use palavras-chave que sejam variações de sua palavra-chave de destino ou descreva a imagem.

Para alterar o texto alternativo de sua imagem, navegue até seu editor visual e passe o cursor sobre uma imagem que você inseriu. Mais uma vez, clique no ícone de lápis que abrirá a opção “Editar“.

A caixa pop-up exibirá os detalhes da sua imagem. Procure um campo chamado “Alt-text” e insira sua palavra-chave de foco ou palavra-chave relacionada.

alterando o texto alternativo da imagem para otimizar SEO WordPress

Nome do Arquivo

O nome do arquivo da imagem pode ajudar a classificação da sua imagem na pesquisa de imagens do Google, o que pode trazer tráfego adicional ao seu site.

A maioria dos nomes de arquivos de imagem padrão são longos e confusos, além de não se relacionarem com o tópico da postagem. Antes de enviar uma imagem para o WordPress, considere o objetivo da imagem e a frase-chave que você está segmentando.

Em seguida, inclua essa palavra-chave e outras frases descritivas no nome de arquivo da sua imagem.

Além disso, se você estiver usando várias palavras em seu nome de arquivo, verifique se está usando um hífen entre elas, pois o Google lerá esses hifens como um espaço.

24. Configure Links de Afiliado como No-Follow

Muitos sites usam links afiliados para gerar receita. Esses links são usados ​​para rastrear comissões quando você recomenda um produto, serviço ou curso.

Mas usar muitos desses links é algo que não agrada muito o Google. Se você estiver usando links afiliados, poderá disfarçá-los e garantir que eles não sejam seguidos usando um plug-in chamado Pretty Links.

O Pretty Links é um plugin muito útil que pode ajudar você a fornecer um URL exclusivo, no-follow, a todos os links que estiver usando.

Como benefício, essa ferramenta também têm rastreamento, para que você possa ver quantas pessoas estão clicando nos links.

Para instalar este plugin, navegue até Plugins > Adicionar novo e procure por “Pretty Links”.

instalando o plugin pretty links

Instale e ative o plugin e navegue até Pretty Link > Opções na barra lateral esquerda. Para garantir que todos os seus links sejam “No-Follow”, verifique a opção “Adicionar nofollow ao link” na configuração “Padrões de links“.

configurando o plugin pretty links

Você pode criar um novo link selecionando a opção “Adicionar novo link“, inserir seu URL e criar um personalizado.

25. Adicione HTTPS ao seu Site

O HTTPS é oficialmente um fator de ranqueamento – portanto, os sites que fizerem a atualização terão uma vantagem nos rankings de busca.

Ele permite que seu navegador faça uma conexão segura com qualquer website ao qual você esteja conectado e criptografe todos os dados enviados entre os dois.

Para mudar o seu site WordPress para HTTPS, siga os passos abaixo:

  • Certifique-se de que sua hospedagem de sites atual suporta HTTPS e SSL.
  • Compre um certificado SSL ou obtenha um através do comando Let’s Encrypt.
  • Instale o certificado SSL no seu host.
  • Verifique se o SSL está funcionando.
  • Redirecione todo o seu tráfego HTTP e links para HTTPS.

Se o processo inteiro parecer técnico demais para você, este tutorial vai ajudar você com o processo.

26. Obtenha Backlinks de Alta Qualidade

Backlinks ainda estão entre os principais fatores de ranqueamento. Quanto mais links de alta qualidade seu site tiver, melhores serão suas chances de classificação.

De acordo com uma pesquisa feita por Matthew Barby, se uma página tiver um número maior de backlinks, a classificação será mais alta nos resultados da pesquisa.

Agora, este não é um post sobre a criação de backlinks, então seria impossível abordar todas as estratégias em detalhes aqui.

No entanto, aqui estão alguns métodos que podem ajudar você a gerar backlinks de qualidade para seu site:

Se você estiver interessado em explorar ainda mais o desenvolvimento de backlinks, confira os recursos abaixo:

27. Faça uma Auditoria de SEO

Se você não tiver certeza de que seu site foi otimizado corretamente, poderá realizar uma auditoria de SEO. Mas, em vez de passar por todas as etapas, você pode analisar o seu site através meio de uma ferramenta de SEO Audit.

Essas ferramentas executarão seu site por meio de uma série de verificações, e você receberá um relatório informando o que está fazendo certo e as coisas que pode melhorar.

O SEOSiteCheckup é uma ferramenta gratuita que analisará mais de 50 fatores diferentes de classificação no site e vai permitir que você saiba o desempenho dele.

Você também pode usar a ferramenta Varvy SEO, que vai checar como o seu site está alinhado com as diretrizes do Google.

28. Monitore seu Perfil de Backlink

Ao monitorar seu perfil de backlink, você poderá ver se os esforços de SEO externos estão melhorando. Os Backlinks estão entre os fatores de classificação mais importantes, por isso é algo que você deseja verificar com frequência.

Ver uma tendência ascendente no número de sites com links para você ao longo do tempo é uma coisa boa.

Mas lembre-se de que não é apenas a quantidade de backlinks que importa, mas também a qualidade e a relevância desses links. Quanto mais sites de grande autoridade e relevância se conectarem a você, melhor.

Existem várias ferramentas diferentes que ajudarão você a monitorar seus backlinks. Um dos mais usados ​​é o Ahrefs.

Essa ferramenta fornecerá uma análise detalhada do número de sites com links para você, a qualidade desses sites, o número de domínios referentes e muito mais. É uma ferramenta premium, mas os dados que você ganhará serão inestimáveis.

Se você está procurando uma opção gratuita, a ferramenta SEOProfiler pode ser uma boa opção. Basta criar uma conta e você poderá obter um relatório de backlink detalhado em todo o site e por página.

29. Force o Google a Rastrear seu Site

Normalmente, seu site é rastreado pela frequência em que você publica novos conteúdos. Porém, há uma solução alternativa para que seu conteúdo seja indexado imediatamente pelo Google.

Abra o Google Search Console, navegue até Crawl (Rastreamento) e clique em Buscar como o Google. Insira o URL da postagem que você acabou de publicar ou atualizou e clique em “FETCH”.

forçando o google a rastrear seu site

Em seguida, clique em “Solicitar indexação” e seu novo URL será indexado pelo Google. Às vezes isso não acontece instantaneamente, mas será muito mais rápido do que esperar que o Google rastreie seu site.

30. Palavras-chave de Cauda Longa

Dependendo do seu ramo, ranquear na primeira página do Google para as principais palavras-chave pode ser realmente difícil.

Muitas vezes, o primeiro lugar já foi conquistado por páginas veteranas com conteúdos que foram trabalhados e aperfeiçoados por um longo tempo. Sem mencionar um grande perfil de backlinks ajudando-os.

Nesses casos, você precisa pensar de maneira diferente e seguir seu caminho segmentando palavras-chave menores, mas altamente específicas. Estes são frequentemente referidos como “longtail keywords” ou palavras-chave de cauda longa.

Por exemplo, tente debater o que um visitante em potencial pode procurar antes de comprar um produto. Em seguida, use uma ferramenta como o KWFinder para obter uma estimativa aproximada da dificuldade e do volume de pesquisa.

Faça uma lista de opções que possam trazer o maior potencial e publique sua postagem enquanto aplica todas as dicas de SEO do WordPress mencionadas acima. Isso trará um fluxo consistente de tráfego direcionado ao seu site.

Além de SEO WordPress: Conteúdos Extras

Para tirar o máximo do seu site do WordPress, existe muito o que se considerar. Aqui estão alguns bons materiais de leitura para ajudar você a melhorar o seu site:

Conclusão

Como você pode ver, há muito a considerar ao otimizar seu site para os mecanismos de pesquisa. Esperamos que o post acima tenha sido útil para dar a você um ótimo lugar para começar a otimizar seu site.

Lembre-se que o SEO é um trabalho de longo prazo. Quanto mais esforço você colocar em SEO, mais resultados você verá. Mas normalmente esses resultados só acontecerão depois de um tempo.

Há alguma dica que acabamos não falando? Você já obteve sucesso implementando algumas dicas desse post? Por favor, compartilhe suas ideias conosco nos comentários abaixo!

O Autor

Author

Carlos E. / @carlosfelipe

Carlos Estrella é formado em jornalismo pela UFSC e tem as funções de redator, tradutor e SEO na Hostinger Brasil. Já trabalhou com jornalismo de games e tecnologia e hoje aplica essa experiência escrevendo posts e tutoriais no blog da Hostinger. Suas paixões incluem games, dar rolês com a namorada e amigos e ler artigos aleatórios da Wikipédia de madrugada.

Tutoriais relacionados

Author

Hype Nerd Responder

junho 21 2018

Excelentes dicas! Sabia da maioria, mas algumas me mostraram algo novo e outras eu tive a confirmação de que são eficazes, obrigado, vou começar a colocar mais em prática!

    Author

    josedaltro

    Respondeu em junho 21 2018

    Ficamos felizes em saber que gostou. Quando colocar em prática nos avise aqui o que deu certo. Sucesso! :D

Author

Gabriel Goncalves Responder

agosto 03 2018

Sempre travo em tudo que é "off-page" essa parte para mim é bem complexa, mas vocês conseguiram me ajudar e abrir mais meus olhos, sou muito grato pelas últimas técnicas, sucesso!

    Author

    arianegoncalves

    Respondeu em agosto 05 2018

    Nós agradecemos o feedback, Gabriel! :) Sucesso com o seu projeto!

Author

Izaias Moraes Mendes Responder

outubro 14 2018

Bom Dia! Eu gostaria que vocês me dêsse uma ajuda e orientação de como proceder até chegar as vendas dos produtos. E não estou conseguindo encontrar o Domínio Grátis que foi dado gratuito para formar um Site com Hospedagem. Obrigado.

    Author

    Ariane G.

    Respondeu em outubro 16 2018

    Oi, Izaias Nós verificamos o seu cadastro e você direito a um domínio o .xyz Pelo link https://www.hostinger.com.br/contatos você pode fazer o pedido, ok? :) Espero ter ajudado.

Author

Isabella Responder

dezembro 04 2018

Melhor conteúdo com dicas sobre SEO, me ajudou muito. Parabéns :)

    Author

    Ariane G.

    Respondeu em dezembro 04 2018

    Que bom receber esse feedbak, Isabella. A gente ❤️️ SEO, obrigada!

Author

Flávio Igino Responder

março 09 2019

Muito bom, gostei do material, valeu pessoal.

    Author

    Ariane G.

    Respondeu em março 11 2019

    Oi, Flávio. Que bom que gostou! Bom trabalho pra você aí! ;)

Author

Claudio Rodrigues Responder

abril 04 2019

Seus artigos são bem informativos, vendo que muitas pessoas buscam informações relevantes, muito bom quando encontramos conteúdo de qualidade como esse. Parabénsl

    Author

    Ariane G.

    Respondeu em abril 08 2019

    Obrigada pelo feedback, Claudio! :)

Author

Sandra Freitas Responder

setembro 05 2019

Adorei seu post! Recentemente fiz um artigo sobre a importância de implementar SEO em blog e Youtube paraquem trabalha como afiliado, a galera está gostando muito.

Author

Aline Responder

setembro 18 2019

Nossa gostei muito do seu site! Vou começar a acompanhar mais vezes! Conteúdo de muita qualidade!

Author

Vitoria Andrade Responder

julho 15 2020

As Técnicas de SEO são ótimas, estou adorando! .Dicas de Porta de Vidro Normal, Sao Paulo - SP

Author

Alonso Responder

julho 20 2020

Ótimas dicas! Vamos implementá-las em nosso site!

Author

Alonso Responder

julho 20 2020

Valeu, parabéns!

Author

Love Pet Responder

julho 20 2020

Ótimo trabalho como sempre, parabéns!

    Author

    Carlos E.

    Respondeu em julho 21 2020

    Muito obrigado! :D

Author

Lara Dias Responder

julho 20 2020

Ótimo trabalho! Parabéns!

    Author

    Carlos E.

    Respondeu em julho 21 2020

    Obrigado Lara, a nossa equipe agradece demais o elogio <3

Author

Abraão Marinho Responder

setembro 10 2020

Informações de grande valia. é muito difícil aparecer nas páginas de pesquisa...

    Author

    Andrei L.

    Respondeu em setembro 10 2020

    Valeu, Abraão!

Deixe uma resposta

Comentário*

Nome*

Email*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Faça parte da Hostinger agora!