5 Coisas que Você Precisa Saber Antes de Criar um Site

5 Coisas que Você Precisa Saber Antes de Criar um Site

Todas as empresas e profissionais individuais que desejam ter sucesso no atual mundo digital, precisam ter um site bem construído. Trata-se de um elemento crucial para o crescimento eficiente da marca e do negócio em si. Sem um site, o alcance e a exposição seriam muito limitados.

De todo modo, antes de você começar a construir seu site, há alguns pontos básicos que devem ser levados em consideração. Pensar nessas questões antes de iniciar a criação do site fará com que o processo criativo depois seja mais simples e fluido, garantindo que você tenha um site que serve ao propósito pretendido. 

Separe um pouco do seu tempo para refletir sobre cada um dos cinco tópicos listados abaixo. Realize pesquisas e defina seus objetivos finais. Crie um plano de ação claro e direto, então quando a hora de construir o site realmente chegar, você saberá exatamente o que precisa ser feito. 

1. O Objetivo do seu Site

Qual é a prinicipal razão pela qual você está construindo um site? É para exibir seu portfólio? Para compartilhar suas ideias? Para vender produtos e serviços? 

Por mais que existam diversos tipos de sites online, eles podem ser divididos em cinco categorias:

  • Site institucional. O objetivo de um site de uma empresa é oferecer informações sobre o que ela faz, exibir a marca e explicar o porquê que os consumidores devem escolher essa opção para fechar negócio, e não um concorrente. Geralmente inclui uma descrição da empresa/instituição, imagens e descrições dos serviços, além de informações de contato.  
  • Loja virtual. O objetivo é vender produtos ou serviços online. Esse tipo de site geralmente inclui uma identidade de marca bem definida, uma plataforma de eCommerce com opções para pagamento virtual, e detalhes de contato. 
  • Portfólio. O objetivo é mostrar habilidades e experiências como profissional. Geralmente inclui exemplos de projetos passados, níveis de educação e quaisquer outras informações relevantes que aumentem as chances de contratação. 
  • Blog. O objetivo é compartilhar seus pensamentos, ideias e outras discussões com o mundo. Geralmente inclui uma introdução ou perfil do autor, uma seção para o blog em si e informações de contato. 
  • Cursos/Aula à distância. O objetivo de um site de cursos online ou ensino EAD é oferecer materiais educacionais sobre um ou mais temas. Frequentemente inclui um tipo de serviço que funciona através de inscrição/matrícula, aulas interativas e informações de contato.  

Decida qual o objetivo do seu site e use isso a seu favor, como um guia para os próximos passos. 

2. A Concorrência

Agora que você sabe qual o objetivo do seu site, é hora de analisar os negócios que já existem nessa mesma indústria ou mercado. Analise que tipo de design os sites concorrentes utilizam e qual a identidade da marca que estão desenvolvendo. Verifique como eles abordam os clientes e quais os formatos de campanhas de marketing eles usam. 

Estude seus competidores, especialmente os que têm mais sucesso. Esse processo te ajudará a entender melhor qual tipo de abordagem funciona melhor para as empresas do seu ramo. Além disso, essa análise pode te inspirar e fomentar ideias de como fazer melhor o que outros já fazem. 

Ademais, verifique qual o público alvo das empresas competidoras do seu nicho. Descubra o que eles pensam sobre elas, como as avaliam, e quais as melhorias em produtos e serviços os fariam passar a comprar com a sua marca ao invés da concorrência. 

3. Seu Público Alvo

Agora que você já começou a avaliar o mercado potencial que estaria interessado no que você tem a oferecer, é hora de afunilar ainda mais e definir seu público alvo específico. Esse passo é muito importante não só com relação às estratégias de branding, ou construção da identidade da sua marca, mas também no que se refere às campanhas de marketing e escolhas de design

Analise as informações demográficas das pessoas que tendem a se interessar pelo que você oferece. Preste atenção às idades, localizações, traços de personalidade, e quaisquer outros dados que possam te ajudar a estreitar ainda mais sua audiência. 

Um ótimo método é tentar criar uma persona – um cliente fictício que descreva perfeitamente seu público alvo. Use esse “cliente ideal”, ou essa persona, como seu ponto focal quando chegar a hora de construir seu site; assim você sempre terá em mente quem são as pessoas para quem você está criando essa plataforma, com quem quer se comunicar, de quem deseja chamar atenção e quem é o possível cliente a ser conquistado.

4. Opções para Construção de Sites

Quando falamos sobre a construção de sites, há três principais opções:

  • Plataformas de CMS, como o WordPress
  • Construtores de sites 
  • Contratação de um profissional 

Considere criar seu site com o WordPress. Ele exige um pouco de conhecimento técnico, mas o processo é muito facilitado devido aos temas e plugins ofertados, que permitem que você construa e personalize o site sem precisar desenvolver um design do zero. Um ponto para também considerar é que você deverá contratar uma hospedagem separadamente.  

Utilizar um construtor de sites, como o Zyro, é ideal para quem está começando, não possui conhecimento técnico, nem experiências com criação de sites, mas ainda assim deseja fazer o trabalho com suas próprias mãos. A maioria dos construtores de sites opera com a funcionalidade de “arrastar e soltar”, permitindo que a personalização do site seja mais fácil – basta mover os elementos pela tela, posicionando-os onde desejar. Utilizar uma plataforma de construção de sites é muito simples, e geralmente a hospedagem já está inclusa nos pacotes. 

A última opção é a mais fácil, mas também a mais cara: contratar um profissional que faça o trabalho para você. Você não vai precisar se preocupar com nada no processo de criação, e a única coisa que deverá fazer é procurar um profissional de confiança para desenvolver do zero o seu site, e comunicar o que você deseja que o site tenha. Apesar dessa opção parecer ideal, tenha em mente o possível gasto que terá com isso. Se o orçamento não é um problema para você, essa pode sim ser a melhor alternativa. 

5. Opções de Hospedagem

Apesar de algumas plataformas de construtores de sites já incluírem a hospedagem, é importante compreender suas características e recursos. Isso é ainda mais relevante caso você vá contratar a hospedagem separadamente, em um site específico para isso. 

Há quatro principais tipos de hospedagem de sites:

  • Hospedagem Compartilhada. Você irá dividir um servidor, e os recursos dele, com outros sites. Essa opção é ótima para sites pequenos, com pouco conteúdo e pouco tráfego.
  • Hospedagem WordPress. Esse tipo de plano é próprio para sites construídos com o WordPress, pois inclui recursos específicos relacionados à plataforma em questão.
  • Hospedagem VPS. Um Servidor Virtual Privado, ou VPS, conta com recursos dedicados, ou seja, exclusivos para quem o contrata. É ideal para projetos médios. 
  • Hospedagem Cloud. A opção mais apropriada para grandes projetos. Os dados são armazenados em um cluster de servidores, garantindo maior estabilidade. 
  • Hospedagem Dedicada. O tipo mais avançado de hospedagem, que oferece um servidor inteiro, ou seja, uma máquina física exclusiva para as necessidades de um projeto. Isso significa controle total sobre as configurações e acesso root total. 

Agora Você Pode Construir seu Site

Depois de considerar os pontos descritos acima, e resolver possíveis pendências, você estará pronto para começar a criar seu site. Mantenha suas anotações referentes aos tópicos anteriores sempre em mãos e durante todo o processo, assim você garante que seguirá no caminho certo, e que seu site será construído para entregar exatamente o que se propõe, isto é, aquilo que você planejou. 

Boa sorte! E fique à vontade para dar uma olhada no nosso site e em nossos tutoriais para ter mais informações sobre hospedagem de sites. 

Author
O autor

Bruna B. Barro

Bruna é determinada em tornar o conhecimento sobre tecnologia acessível para todas as pessoas. Dá dicas para pequenos negócios, e escreve sobre estratégias de crescimento empresarial, hospedagens de sites e registro de domínios. Tem experiência com atendimento ao cliente, otimização de processos, organização de eventos e redação acadêmica. No tempo livre, gosta de estudar sociologia e assistir séries.