Como Escrever Um Artigo Para Blog – Guia Básico
access_time
hourglass_empty
person_outline

Como Escrever Um Artigo Para Blog – Guia Básico

Blog é uma mídia online usada para publicar seus conhecimentos sobre qualquer assunto: culinária, moda, viagens, entretenimento, filmes, games, esportes e muito mais. Se você não sabe como começar um blog ou como transformar ideias em postagens, hoje você vai aprender a como escrever um blog. 

Dicas Básicas Para Começar Sem Medo

Antes de tudo, não tenha medo do subtítulo, pois ele é só um jeito de informar que o conteúdo abaixo tem alguns passo para você conhecer antes de escrever um texto para blog. 

Primeiro, vamos ajudar você a escolher um nicho e mostrar como criar a estrutura de um blog. Depois disso, vamos falar sobre as melhores práticas de edição e de revisão de conteúdos.

É claro que, ainda que tenha alguns passos, não significa que você é obrigado a segui-los. Não existe exatamente um jeito certo de escrever um blogpost. Esse artigo é indicado para iniciantes que querem se especializar nessa prática. 

1. Delimite Seu Nicho Para Melhores Resultados 

Para quem não sabe, um nicho é o foco ou o tema central de um blog. Os tipos de blogs que mencionamos na introdução têm seus próprios temas: comida, moda, cinema, entre outros. 

exemplo de blog de culinária com receitas gastronômicas

Ainda que existam blogs que focam em uma diversidade de nichos, é sempre recomendado focar em um só. Blogs com vários nichos em foco podem ter um SEO muito pobre.

Um blog focado em culinária vai ter chances melhores de aparecer no topo dos motores de busca do que um blog que mistura culinária e moda.

Existem algumas maneiras de como os buscadores, como o algoritmo do Google, determinam a relevância de um blog. E a frequência de palavras-chave é um deles.

Para o Google, um blog com múltiplos nichos vai ter menos preferência de ser mostrado nas páginas de resultados das pesquisas do que um blog que foca em um único tema.

Além disso, ter múltiplos nichos pode fazer com que você atraia menos leitores. Por exemplo, visitantes que querem ler conteúdos sobre moda pode se sentir relutantes em visitar um blog que também fala sobre comida.

É por isso que, ao mirar em um único nicho, você vai ser capaz de criar um texto com mais qualidade e foco. O nicho que você escolher vai ajudar na sua escolha quanto aos tópicos dos assuntos que você for escrever.

E precisamos adiantar que o conceito desses tópicos deve ser o mais original possível.

Isso porque conteúdos originais costumam atrair mais leitores. Não se preocupe, um conteúdo chamativo e atrativo não é tão difícil assim de fazer. Ele pode ser produzido a partir dos rascunhos iniciais dos seus conteúdos. 

A sua ideia e seu propósito devem começar a partir do que você quer fazer. Ainda que seja bastante válido buscar inspiração em outras fontes, é sempre recomendado usar sua própria bagagem e conhecimento.

Contanto que você faça seus conteúdos do zero, você vai conseguir uma gama de visitantes num piscar de olhos.

Em contrapartida, reescrever conteúdos de outras pessoas ou autores não vai tornar seus artigos originais, além de você também não ganhar a confiança dos seus leitores.

Inclusive, essa prática pode levar a penalidades de SEO que podem resultar em quedas bruscas de tráfego.

Por fim, plágio é considerado crime na maioria dos países. Você pode acabar se metendo em problemas com a lei por plagiar conteúdos e postagens de outras pessoas.

Neste caso, recomendamos que use a ferramenta Copyscape para verificar se seu artigo está livre de semelhanças e cópias de ideias de outros blogs.  

2. Como Fazer a Estrutura de Um Blog

Vamos usar o script do YouTube como exemplo. O script identifica qual a abertura, o corpo e a conclusão do vídeo. Ele também oferece a direção e outras informações e dados extras.

A estrutura de um post de blog funciona de forma similar, podendo ser usada pelo redator para que ele organize o conteúdo de uma forma que seja fácil de escrever e de ler.

Uma estrutura pode ser chamada de planejamento, instruções, modelo ou roteiro. Independente do nome escolhido, o objetivo é o mesmo: ajudar você criar um texto para seu blog.

Ao dividir o conteúdo em partes, você pode planejar sua introdução, o desenvolvimento e a conclusão de maneira apropriada, além de não fugir do tópico delimitado por você. Tudo isso é possível graças à estrutura que você criou de antemão.

É claro, essas não são as únicas coisas a se considerar no esqueleto do seu conteúdo. Você também deve considerar o estilo de escrita dos seus artigos.

Isso inclui decidir qual o propósito deles. É educar ou persuadir o leitor? Garanta que seu texto siga essa linha de estilo, ou seu conteúdo pode ficar confuso de entender.

Aqui você também deve decidir qual o título e os subtítulos o artigo vai ter. Bons títulos devem informar ao usuário o que ele vai encontrar na seção logo abaixo, sem sair de contexto do tópico daquele e, ao mesmo tempo, manter as boas práticas de SEO.

Nesse estágio do desenvolvimento, você também pode planejar os links que você vai colocar no seu blogpost. Talvez você queira linkar para outros conteúdos seu site ou, ainda, você talvez queira fazer uma linkagem para o blog de um conhecido seu.

Independente da sua escolha, o link deve ser relevante e contextualizado com seu artigo. 

3. Como Escrever Um Blog Post Com Bom Texto

Durante a escrita do seu primeiro rascunho, você não precisa pensar na edição ou na revisão dele. Seu foco deve ser fazer um brainstorm das suas ideias e deixar a criatividade fluir. Essa é uma das melhores maneiras de criar um texto de qualidade para blogs.

Considerando que esse é seu primeiro rascunho, você com certeza pode ir às cegas e deixar que os seus pensamentos carreguem a sua escrita.

Mesmo que elas pareçam ruins ou desconexas, pode ser uma boa ideia colocá-las no papel por motivos de experimentação. 

A eliminação de algumas das suas ideias vai acontecer durante as etapas de edição e revisão. Então, não se preocupe com elas por enquanto.

Além disso, pode ser que algumas das ideias que você considera ruins possam ser aproveitadas para aprofundar algum tópico ou assunto mais específico.

Quando você está escrevendo, é sempre uma boa ideia primeiro escrever todo o desenvolvimento do conteúdo para depois investir tempo na introdução e na conclusão.

Isso porque, como esse é só o seu primeiro rascunho, você sempre pode mudá-lo a qualquer momento. Ainda tem o processo de edição, revisão e, talvez, uma segunda edição. 

Então, recomendamos não apressar as coisas – a menos que esteja realmente preparado para fazer um planejamento mais profundo.

E esteja totalmente certo de qual vai ser todo o conteúdo do desenvolvimento do artigo, o que é improvável, pois ele tende a mudar frequentemente com o passar dos parágrafos.

4. Edite e Revise Seu Conteúdo

Diferente do que as pessoas costumam acreditar, edição e revisão são processos separados. A primeira coisa a ser feita aqui é a edição e, depois disso, a revisão completa do seu trabalho.

Esses passos são necessários para garantir a qualidade da informação e da fluidez da leitura do conteúdo escrito por você.

No processo de edição, se preocupe com a remoção de exageros e excessos do seu texto. Essas são aquelas palavras e informações desnecessárias, que só estão lá para fazer volume ou explicar uma coisa várias vezes.

Essa prática costuma irritar e confundir o leitor, que pode sair e não voltar mais ao seu site. 

Existem algumas maneiras de cortar os excessos do seu texto. Quando você for ler seu artigo, pergunte-se como você pode explicar suas ideias de uma maneira mais concisa e objetiva, mas sem deixar as informações relevantes para trás. Faça isso até que nada mais possa ser apagado.

Depois, você deve partir para a estrutura e o estilo da sua postagem. É melhor fazer isso em um outro dia, depois de escrever e organizar tudo.

Fazer tudo de uma só vez é bem cansativo e pode ser que você não consiga editar a estrutura e o estilo do seu artigo com tanta eficiência.

Quando estiver editando a estrutura do conteúdo, você deve olhar para o planejamento com carinho.

Verifique se todos os assuntos que você quis escrever estão inclusos, se o título e se os subtítulos estão de acordo com suas seções e se tudo, de cima a baixo, está ordenado por contexto e por grau de importância. 

Já para o estilo da postagem, veja se a tonalidade da sua escrita soa exatamente como você planejou.

Por exemplo, se o conteúdo for muito técnico ou especializado, usar metáforas e analogias podem fazer com que seu material seja melhor compreendido pelos leitores.

Só garanta que elas façam sentido para determinado contexto.

Feito isso, é hora da revisão. Aqui, você precisa verificar questões como gramática, concordância verbal e nominal, se as palavras estão todas digitadas corretamente, a pontuação e aspectos mais técnicos e visuais do seu conteúdo.

Isso é extremamente necessário para manter tudo longe de erros e com um aspecto muito mais profissional.

Para ajudar você nessa jornada de correções e ajustes, você sempre pode contar com corretores ortográficos

corretor ortográfico online Grammarly

Assim que terminar a parte de revisão, é hora de ver como vai ser a aparência do seu texto no seu site. Você pode fazer isso usando a opção de pré-visualizar o conteúdo antes de publicá-lo.

Assim, você verifica questões como a estrutura, imagens que estejam faltando, links e qualquer outro elemento que possa prejudicar a qualidade e a legibilidade dele. 

Analisar o Que Funciona e Se Adaptar

Mais uma vez, essa não é um guia com um passo a passo que você precisa seguir à risca. Você precisa, na verdade, garantir que está confortável com as suas práticas de planejar, escrever e editar seus conteúdos. 

Considere este artigo como um guia mais geral de como começar a escrever textos para internet e fazer as engrenagens continuarem girando. 

Se você quiser pular a etapa de edição e revisão e já sair publicando conteúdos, não tem problema. Só saiba que a qualidade do seu artigo pode ficar prejudicada, caso algo passe despercebido. 

No fim das contas, é você quem conhece seu público e ninguém melhor do que você para saber qual o estilo da sua escrita. Adicionar mais etapas, como uma edição ou revisão extra, é sempre bem-vindo, caso você ache necessário.

Conclusão 

Saber como escrever para blog não é um bicho de sete cabeças. E, neste conteúdo, mostramos alguns passos gerais para ajudar você na sua jornada de escrever para blogs. 

Vamos recapitular os principais pontos? Segue um resumo logo abaixo.

  • Encontre Seu Nicho – Escolha um nicho de atuação de que você gosta e, dentro dele, delimite um tema, um assunto e uma abordagem única. 
  • Crie Uma Estrutura – Seja muito criativo e elabore uma estrutura de tópicos para criar um conteúdo original, informativo e relevante.
  • Escreva o Conteúdo – É hora de pôr a mão na massa e escrever um rascunho com todas as suas ideias.
  • Revise Seu Rascunho – Faça um trabalho de edição e revisão de tudo o que você escreveu para eliminar erros de escrita, gramática e problemas de fluidez na leitura.  
  • Pré-visualize o Artigo – Dê uma olhada em como o blogpost está ficando e como ele vai ficar quando você o publicar.
  • Publique Seu Post de Blog – Quando estiver satisfeito com o resultado, aperte no botão publicar para compartilhar seu conteúdo com todo mundo. 

Esses são as informações mais básicas que podemos oferecer. Elas servem muito bem para você criar seus primeiros conteúdos da maneira mais fácil e prática possível. Sucesso!

O Autor

Author

Andrei L. / @andreilongen101

Jornalista e conteudista SEO/Localização na Hostinger Brasil. Tem experiência em WordPress e na produção de conteúdos de tecnologia otimizados para conquistar as melhores posições no Google. É fã de games, adora vôlei, ama o inverno e está sempre buscando se aperfeiçoar no Inglês.

Tutoriais relacionados

Deixe uma resposta

Comentário*

Nome*

Email*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Faça parte da Hostinger agora!