CDN CSS JavaScript Tutoriais

Como remover Query Strings do JavaScript e do CSS no WordPress

Introdução

Query strings são nada mais do que conjuntos de pares anexados a URL, basicamente, eles fazem parte da URL. E dentro dessas URL’s, existem parâmetros, como o “?” e “&”. Esses parâmetros servem para os desenvolvedores adicionarem funcionalidades dentro de um determinado site.

Recursos estáticos, como JavaScript e CSS, geralmente são armazenados em cache por proxies ou CDNs. Quando um desenvolvedor faz alguma mudança, ela não será processada instantaneamente devido a efeitos de armazenamento em cache, que é quando as query strings entram em ação.

Essas querys não são armazenadas em cache, permitindo que as atualizações sejam renderizadas automaticamente. No entanto, também vai aumentar o tempo de carregamento de uma página. As ferramentas de otimização de sites sugerem “remove query strings from static resources”, ou seja, remover as query strings dos recursos estáticos, para aumentar a velocidade do site.

Isso é muito útil, especialmente para um site WordPress, pois vão surgir muitos benefícios. “Remove query strings from static resources” vai ativar o armazenamento em cache em servidores proxy, aumentando a velocidade geral do site WordPress. O seu CSS e JavaScript farão menos solicitações de servidor, diminuindo o uso de recursos do seu site. Isso também vai dar um “boost” para o SEO do seu site, pois quando a otimização é trabalhada dentro de algum site, ele terá uma boa posição no ranking do Google.

O lado ruim de “remove query strings from static resources” no WordPress pode ser suprido pelo gerenciamento do seu cache, que será explicado detalhadamente abaixo.

O que você vai precisar?

  • Acesso FTP
  • Acesso de administrador do painel de controle do WordPress

Passo 1 – Analisando o site

Neste passo, nós recomendamos usar GTMetrix. Veja os resultados abaixo depois de analisarmos um site WordPress em teste.

Dependendo do seu tema, tamanho do site e outros fatores, a quantidade de arquivos CSS e JavaScript podem variar. Toda vez que algum usuário visita o seu site, o navegador faz uma solicitação para obter CSS, JavaScript ou outro conteúdo estático. Isso vai gerar muitas solicitações para o seu servidor e o tempo de carregamento do seu site será maior.Se você estiver usando um CDN, cache do navegador ou plugins de cache do WordPress, seus arquivos podem não ser armazenados em cache, resultando em uma entrega de arquivos mais lenta. Removendo os query strings, o cache do site WordPress vai melhorar com a diminuição do uso de recursos.

speed-booster-plugin

Agora, marque a caixa “Remove query strings” e depois salve as alterações.

speed-booster-plugins

Também é possível usar plugins como “Remove query strings from static resourcesou o “Query strings remover” para alcançar o mesmo objetivo.

Opção 2 – Remove query strings from static resources no WordPress utilizando funções.php

Importante: Certifique-se de que você tenha um backup do arquivo funções.php antes de realizar alguma mudança.

Query strings podem ser removidos do WordPress adicionando o código abaixo na parte inferior do arquivo funções.php:

Em alguns casos, dependendo da configuração do WordPress, esse código pode causar o erro 500 – Internal Server Error. Se isso acontecer, o plugin do primeiro passo vai te ajudar.

Combatendo o lado negativo de remover query strings do WordPress

Gerenciando o cache do WordPress de maneira correta permitirá que você forneça os arquivos mais recentes para todos os visitantes sem causar nenhum problema. Se você está usando algum plugin de cache WordPress você somente precisa limpar o cache do WordPress depois que fizer as mudanças. O mesmo procedimento vale se você implementou o cache do navegador no seu site, ao limpar o cache do navegador, você vai conseguir ver as últimas mudanças feitas. Esses pequenos truques vão fazer você “contra-atacar” esse lado negativo que a remoção dos query strings podem causar.

Passo 3 – Testando as mudanças

Para comparação, aqui estão os resultados da análise feita pelo GTMetrix depois de removermos os query strings dos recursos estáticos no WordPress.

testando-remove-query

Conclusão

Neste pequeno guia, você aprendeu como aumentar a performance do seu site WordPress removendo query strings dos recursos estáticos, como JavaScript ou CSS.

 

Comece a Economizar Agora!

Hospedagem com tudo incluso e nome de domínio
R$6
39
/mês*

Junte-se a centenas de inscritos em todo o mundo

e receba um resumo dos tutoriais mais recentes direto para o seu e-mail

Please wait...

Obrigado por se inscrever!