Linux

Como usar Comando Dig no Linux

como-usar-comando-dig-no-linux

Dig (Domain Information Groper) é uma linha de comando que executa a pesquisa de DNS por consultas de nomes de servidores e mostra o resultado para você. Neste tutorial, você vai encontrar os comandos básicos que precisa saber no sistema operacional Linux.

Por padrão, o dig envia a consulta DNS para o nome do servidor listado no resolvedor (/etc/resolv.conf). A menos que seja solicitado a consultar um nome de servidor específico.

Instalar Dig no Linux

Dig é uma parte do pacote utilitário DNS que é frequentemente instalado com nomes de servidores BIND.

Você também pode instalar o pacote de utilitários que contém o dig separadamente, acessando seu VPS através de SSH e usando os seguintes comandos na linha de comando:

Debian e Ubuntu:

apt-get install dnsutils

CentOS 7:

yum install bind-utils

Ao instalar, verifique a versão para garantir que a configuração foi concluída com sucesso:

dig -v

Sintaxe Dig

De uma forma simples, a sintaxe do dig será como esta:

dig [server] [name] [type]

[server] – o endereço do IP ou hostname do servidor a ser consultado.

Se o argumento do servidor for o hostname, então o dig resolverá o hostname antes de proceder com a consulta ao nome do servidor.

Isto é opcional e se você não fornecer um argumento de servidor, então o dig usará o nome do servidor listado em /etc/resolv.conf.

[name] – o nome do registro de recurso que deve ser pesquisado.

[type] – o tipo de pesquisa solicitada pelo dig. Por exemplo, pode ser um registro A, registro MX, registro SOA ou qualquer outro tipo. Por padrão, o dig executa uma pesquisa por registro A se nenhum tipo de argumento for especificado.

Como usar o comando DIG

Vamos conhecer as utilidades básicas deste comando.

Dig no Nome de Domínio

Para executar uma pesquisa de DNS para um nome de domínio, apenas informe o nome com o comando dig:

dig hostinger.com

Por padrão, o comando dig vai exibir o registro A quando não houver outras opções especificadas.

A saída também terá outras informações como a versão dig instalada, detalhes técnicos sobre respostas, estatísticas sobre a pesquisa, seção de perguntas e outras mais.

Respostas Curtas

O comando dig acima inclui muitas informações úteis em seções diferentes, mas em alguns momentos você só deseja o resultado da consulta.

Você pode fazer isso usando a opção +short, que vai exibir o endereço do IP (registro A) somente do nome do domínio:

dig hostinger.com +short

Respostas Detalhadas

Talvez você queira ver a seção de respostas em detalhes. Portanto, para ter informações detalhadas sobre a seção de respostas, você pode parar de exibir toda a seção usando a opção +noall e consultar a seção de respostas usando apenas a opção +answer com o comando dig.

dig hostinger.com +noall +answer

Especificando Nameservers

Por padrão, os comandos dig irão consultar os nomes de servidores listados em /etc/resolv.conf para pesquisar DNS para você. Você pode alterar esse comportamento padrão usando o símbolo @ seguido de um nome de host ou endereço IP do nome do servidor.

O seguinte comando dig envia a consulta DNS para o nome do servidor do Google (8.8.8.8) usando a opção @8.8.8.8.

dig @8.8.8.8 hostinger.com

Consultar Todos os Tipos de Registro DNS

Para consultar todos os tipos de registro DNS disponíveis associados a um domínio, use a opção ANY. A opção ANY vai incluir todos os tipos de registro disponíveis na saída:

dig hostinger.com ANY

Pesquisar por Tipos de Registro

Se você quer pesquisar um registro específico, apenas adicione o tipo ao final do comando.

Por exemplo, para consultar apenas a seção de resposta de troca de mensagens – MX – associada a um domínio, você pode usar o seguinte comando dig:

Por exemplo, para consulta obter apenas a troca de mensagens MX – seção de resposta associada a um domínio, você pode usar o seguinte comando dig.

dig hostinger.in MX

De forma similar, para visualizar os outros registros associados com o domínio, especifique os outros tipos de registro no final do comando dig:

dig hostinger.com txt (Query TXT record)

dig hostinger.com cname (Query CNAME record)

dig hostinger.com ns (Query NS record)

dig hostinger.com A (Query A record)

Rastrear Caminho DNS

Dig permite rastrear o caminho de pesquisa de DNS usando a opção +trace. A opção faz consultas repetidas para resolver a pesquisa por nomes.

Ele consultará os servidores de nomes a partir da raiz e, em seguida, percorrerá a namespaces tree usando consultas iterativas de referências ao longo do caminho:

dig hostinger.com +trace

Reverter DNS Lookup

A pesquisa reversa de DNS permite pesquisar o domínio e o nome do host associados a um endereço de IP.

Para executar uma pesquisa reversa de DNS usando o comando dig, use a opção –x seguida do endereço de IP escolhido.

No exemplo a seguir, a o dig realizará uma pesquisa de DNS inversa para o endereço IP associado ao google.com:

dig +answer -x 172.217.166.46

Lembre-se de que se um registro PTR não estiver definido para um endereço IP, não será possível fazer uma pesquisa reversa de DNS, pois o registro PTR aponta para o domínio ou nome do host.

Consultas por Lotes

Com o utilitário dig, você pode realizar uma pesquisa de DNS para uma lista de domínios em vez de fazer o mesmo para cada um individualmente.

Para fazer isso, você precisa fornecer uma lista de nomes de domínio – um por linha em um arquivo. Quando o arquivo estiver pronto, especifique o nome dele com a opção -f:

vi domain_name.txt

hostinger.com

google.com

ubuntu.com
dig -f domain_name.txt +short

Controlar Comportamento Dig

A saída do comando pode ser personalizada permanentemente configurando opções no arquivo ~/.digrc que serão executadas automaticamente com o comando.

Suponha que você queira visualizar apenas a seção de respostas – especifique as opções necessárias no arquivo ~/.digrc, para que você não precise digitá-las durante a execução da consulta.

echo "+noall +answer" > ~/.digrc

Agora, faça uma pesquisa no servidor DNS para um domínio. A saída confirma que o dig é executada com as opções definidas no arquivo ~/.digrc.

Conclusão

Pronto! Isso é tudo o que você precisa para começar a usar o dig no Linux. Agora você pode realizar pesquisas de DNS para domínios usando várias opções. Quer aprender mais? Verifique a página de manual usando o comando man dig para descobrir todos os usos e opções possíveis.

Ariane G.

Ariane é jornalista, analista de conteúdo & SEO na Hostinger Brasil e tem o papel de contar para todo mundo o poder transformador da internet. Com foco em otimização, produção para web e técnicas de SEO, divide os dias entre pesquisas de palavras-chave e passagens aéreas (ela ama viajar).

Deixe um Comentário

Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comece a Economizar Agora!

Hospedagem com tudo incluso e nome de domínio
R$2
29
/mês*