VPS

Como Usar Um Git Branch

guia para aprender a usar git branch

Git é uma ferramenta usada por desenvolvedores para gerenciar o controle das versões de suas aplicações. É bastante popular e usado por muitos projetos importantes, como o GNOME e outros. Também é uma aplicação bastante eficiente.

Uma das mais importantes funções do Git é o controle das ramificações (branches) do desenvolvimento que ajudam a melhorar a criação de um projeto. Por isso, neste tutorial, mostraremos como usar os Git branches.

Qualquer projeto, incluindo um baseado em uma VPS, será definitivamente beneficiado por esse grande recurso.

Git branches nos ajudam a ter várias versões de uma aplicação organizada. Por isso, trabalhar com eles é muito importante. Esse tutorial irá melhorar seu conhecimento fundamental do Git.

O Que É Git Branch

Usar Git branches de desenvolvimento é uma ótima maneira de trabalhar com nossa aplicação enquanto rastreamos suas versões.

Em geral, um branch de desenvolvimento é uma bifurcação do estado do código que cria um novo caminho para a evolução do mesmo.

Ele pode estar em paralelo com outras Git Branches que você pode gerar. Como você pode ver, é possível incorporar novas funcionalidades para nosso código de um jeito ordenado e preciso.

Usar Git Branches tem várias vantagens. Entretanto, nós queremos enfatizar as duas seguintes:

  • É possível desenvolver novos recursos para nossa aplicação sem impedir o desenvolvimento no branch principal.
  • Com Git branches, é possível criar diferentes branches de desenvolvimento que podem convergir no mesmo repositório. Por exemplo, um branch estável, um branch teste e um branch instável.

Claro, cada desenvolvedor pode estabelecer seus próprios métodos com suas próprias vantagens usando suas experiências como um guia.

Como Usar Um Branch Git

Lembre-se de acessar seu servidor com SSH antes de começar! Aqui está um tutorial PuTTY para ajudar você.

Os usos dos branches do Git são inicialmente simples, como você irá verificar nos comandos do Git branch.

Mas, como na maioria das coisas, quanto mais ramificações tiver, mais difícil será para gerenciar.

Em qualquer projeto Git, podemos visualizar todos os branches digitando o seguinte comando:

git branch

Se não nenhum branch tiver sido criado, o terminal não vai mostrar nenhuma informação. Não se preocupe, criar um branch é realmente simples:

git branch [new_branch]

Então, precisamos mover para o recém-criado branch de desenvolvimento. para fazer isso, vamos executar o seguinte comando:

git checkout [new_branch]

A saída vai informar que trocamos para um novo branch. Chamaremos isso de “teste”, então:

Switched to branch ‘teste’

Agora, no novo branch de desenvolvimento, podemos criar quantas modificações no código quanto quisermos sem ter que mudar nada na versão principal.

Como podemos ver, isso mantém o programa organizado para novas inclusões de código.

Se rodarmos o comando para listar novamente as ramificações, veremos que um novo branch foi adicionado e que estamos localizados nele.

git branch

Existe algo que precisamos manter em mente se quisermos fazer um novo branch de desenvolvimento.

Primeiro, precisamos fazer o commit para o branch principal para o Git entender qual é o branch master (principal).

Se não fizermos isso, nós iremos ter um erro. Então, primeiro, faça o commit e então crie os branches de desenvolvimento.

Se quisermos remover um branch do Git, podemos fazer isso com o seguinte comando:

git branch -d [nome_branch]

Entretanto, para fazer isso, não devemos estar localizados no branch que queremos remover. Nesse caso, vamos ao branch principal e dele deletamos o branch que criamos:

git checkout master

git branch -d teste

Finalmente, chegamos a um ponto onde fizemos muitas modificações em um branch de desenvolvimento. E isso se torna estável, logo, queremos vinculá-lo com outro branch de desenvolvimento. Para isso, existe o comando merge.

Primeiro, localize o branch de desenvolvimento para qual o segundo branch deve ser anexado. Por exemplo, iremos anexar o branch teste no branch principal. Então, temos que  nos situar no branch principal e juntá-los com o comando:

git merge [branch]

Como você pode ver, as funções básicas do Git branch são bem fáceis. Você apenas precisa saber do básico e tentar manter seu gerenciamento simples.

Conclusão

Saber como usar os branches de desenvolvimento é vital para desenvolver nossa aplicação em um jeito ordenado. Esteja ciente de como você organiza seu código em diferentes Git branches.

Neste artigo, trouxemos para você o básico de como trabalhar com eles.

Como sempre, é aconselhável ler a documentação oficial do Git em branches para entender como operações complexas são  feitas! Feliz desenvolvimento!

Andrei L.

Andrei é jornalista e conteudista SEO na Hostinger Brasil. Tem experiência em WordPress e na produção de conteúdos de tecnologia otimizados para conquistar as melhores posições no Google. É fã de games, adora vôlei, ama o inverno e está sempre buscando se aperfeiçoar no Inglês.

Deixe um Comentário

Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comece a Economizar Agora!

Hospedagem com tudo incluso e nome de domínio
R$2
29
/mês*