Hospedagem de sites VPS Website

Como migrar minha hospedagem de sites para VPS

Introdução

A maioria das pessoas cria sua presença online com uma conta de hospedagem de sites compartilhada, mas, mais cedo ou mais tarde, eles vão precisar de mais poder para atender suas necessidades e controlar os seus serviços. Assim, eles acabam migrando para hospedagem de site em servidor VPS. Neste tutorial, vamos ajudá-lo a migrar de um site WordPress em hospedagem de site compartilhada para um servidor VPS, com a mesma tática que pode ser aplicada em qualquer tipo de site.

O que você irá precisar

Antes de começarmos, você precisa:

  • Acessar a sua conta de hospedagem de site compartilhada e o VPS;

Passo 1 – Criando um Backup de seu website

Antes de fazer qualquer tipo de mudança em seu website, é preciso fazer um backup de seus dados. Isso não só o ajudará a transferir arquivos e bancos de dados de um servidor para o outro, mas também mostrará que será útil no caso de algo dar errado.

Neste exemplo, você verá como fazer um backup no painel de controle do Hostinger:

  1. Acesse o painel de controle Hostinger
  2. Vá para a opção de Backups na guia Arquivos;backups

3. Após acessar a área de Backups, você vai ver uma lista de arquivos. A coluna Tipo especifica se o backup é para Base de Dados MySQL ou aquivos Website. Você também pode ver se o backup foi gerado na coluna Data de Segurança. E também pode criar um novo backup se você quiser. Para fazer isso, siga os próximos passos.

3.1 Clique em no botão Gerar um novo Backup, que está no parte inferior da tela.

3.2 Você agora receberá uma mensagem de prompt, e clique em Sim. O backup iniciará em seguida.
backup-prompt4. Uma vez gerado o backup (ou quase finalizado), baixe os arquivos de MySQL e do website clicando no botão de Download na coluna Ação.

Uma vez feito baixado os arquivos de forma condensada, siga os passos para formatar o servidor VPS.

Passo 2 – Formatando o VPS

Nesta seção vamos ensinar a formatar o servidor VPS. É recomendado escolher um template que utilize LAMP, MySQL e Webmin/Virtualmin pré-instalado. É mais fácil gerenciar o servidor no futuro com algum modelo (template). De forma alternativa, você pode formatar muitos dados (sem o GUI). Apenas acessando os variados tutoriais:

Para alterar seu VPS e o programa pré-instalado, siga os passos abaixo:

  1. No painel de controle navegue na seção Servidor
  2. Vá para baixo e acesse a seção Outras Formatações
  3. Para operar o sistema selecione Ubuntu 16.04 64bit com Wemmin/Virtualmin/Lamp e clique em Salvar alterações.

change-vps-template

Passo 2.1 – Acessando Webmin/Virtualmin

Agora aguarde alguns minutos para a nova operação do sistema e faça a instalação em seu VPS:

  1. Seu VPS IP, endereço, nome de usuário, Porta SSH, além de outros detalhes listados em SSH Detalhes. Se você não sabe a sua senha raiz, você pode reiniciar na mesma seção (aguarde alguns minutos).reset-root-password
  1. Agora acesse e copie seu endereço de IP VPS e adicione HTTPS na frente da porta :10000 e ao final acesse, Webmin/Virtualmin. Pode aparecer como: https://195.110.59.211:10000
  2. Você verá uma caixa de acesso, entre com suas credenciais de servidor SSH para logar.login-to-webmin
  1. Você verá agora uma instalação padrão que irá lhe guiar durante as etapas de formatação do servidor. Clique no próximo botão para começar a formatação.

Passo 2.2 – Formatando Virtualmin

Vamos alinhar cada passo da instalação:

  1. Memória:
  • Bibliotecas virtuais pré-carregadas: é recomendado escolher uma opção que não utilize GUI no servidor VPS na maior parte do trabalho que será feito em SSH.
  • Rode o email de domínio no servidor: os emails pra você então rode o servidor de email em seu VPS, selecione SIM, e deixe o serviço de email mais rápido. Isto irá liberar um pouco mais de espaço de memória RAM.
  1. Escaneamento de vírus: é recomendado habilitar o “Scanner de vírus ClamAV”, então escolha SIM.
  2. Filtro de SPAM: esta opção é muito bem explicada no site. Dessa forma se você quiser acessar o servidor de email em seu VPS, habilite o “SpamAssassin” no servidor.
  3. Servidor de base de dados: selecione a base de saída que você gostaria de usar. Na maior parte dos casos, você vai precisar do servidor de dados de MySQL.
  4. Senha de MySQL: para prevenir outros usuários de gerenciar a base MySQL em seu sistema, uma senha para o usuário principal será requisitada. Crie uma senha forte e segura.
  5. O tamanho da base de dados MySQL: isto é muito bem explanado em cada caso que você precisará formatar. De toda forma, é recomendado selecionar a opção “Média” se você não tem certeza de qual escolher.
  6. Zona DNS: para zonas DNS criadas pelo Virtualmin serão criadas, em primeiro os nomes de servidor, gravados para cada zona que precisa ser feita para algo que precisa ser resolvido por outros sistemas de internet. Como apontamos o nome de domínio para o servidor VPS via gravação A, não precisamos de nomes de servidores privados por agora. Então, selecione “Pular” para verificar esta resolução.
  7. Senhas: é altamente recomendável selecionar uma única loja de senhas criptografadas de todas as senhas.
  8.  Então é isso! A configuração do Virtualmin está completa. Você verá uma revisão e fará uma nova leitura no botão de configuração “refresh”. Clique para testar se tudo está funcionando e confirme se o servidor foi configurado ou não.

Passo 2.3 – Criando um Servidor Virtual

Agora vamos precisar criar um novo usuário na base de dados MySQL, e um diretório para nosso website. Isto pode ser feito tudo de uma vez usando Virtualmin:

  1. Aperte Criação Virtual no Servidor
  2. Coloque o nome de domínio e a senha de administração e então, aperte o botão Criação de Servidor. Isto criará um simples serviço habilitando o suficiente para a hospedagem do website.

Passo 3 – Transferindo os arquivos do website para VPS

Agora que formatamos o servidor VPS, vamos transferir os arquivos e dados de nosso site, um por um de nossa hospedagem compartilhada. Para isso vamos usar o comando WGET para baixar os arquivos que criamos no passo 1.

  1. Conecte seu servidor VPS via SSH (veja como aqui nesse modelo, caso você não saiba como).
  2. Uma vez conectado altere seu diretório para o diretório de trabalho, no local que seus arquivos foram gravados. O Virtualmin fará a criação automática do nome de domínio. Por exemplo, para o hostinger-tutorials.com um nome de domínio é criado dentro de um diretório chamado hostinger-tutorials.com. Então, para acessar nós vamos precisar desse comando:

3. Volte ao painel de controle Hostinger – baixe o arquivo de segurança de seu website no link específico, clicando com o lado direito do mouse e escolhendo a opção “Copiar Endereço do Link”.

4. Utilize o comando a seguir para baixar o arquivo para o VPS (lembre-se de alterar o endereço do link)

5. Agora extraia os arquivos usando:

6. Será criada uma nova pasta interna public_html, que irá conter todo os arquivos do website. Esta pasta terá o mesmo nome da pasta compartilhada Hostinger. Então, vamos mover todos os arquivos para a pasta public_html. Há vários modos de fazer isso mas a mais básica é a que segue:

  • Acesse a pasta extraída public_html que contem todo seu website:

  • Mova todos os arquivos para public_ttml criado pelo Virtualmin:

7. Agora navegue de volta a pasta criada pelo Virtualmin:

8. Verifique todos os arquivos que foram movidos com este comando:

Você verá algo parecido com essa imagem:

files-moved-in-vps

9. Como você pode ver todos os arquivos foram movidos para a pasta correta public_html. Dessa forma, nosso trabalho aqui ainda não finalizou. Estes arquivos estão em pastas incorretas. Precisamos mudar para a criada pelo Virtualmin. Apenas como diretório, o Virtualmin cria um usuário e um grupo baseado em nome de domínio. Então, para alterar esta criação podemos usar os comandos:

Agora a transferência foi feita com sucesso de todos os arquivos compartilhados do servidor para o servidor VPS. Siga os passos abaixo e o passo final para tudo funcionar.

Passo 4 – Transferindo arquivos para o VPS

Agora que já transferimos nossos arquivos, vamos precisar transferir nossa base de dados também. Apenas para alguns arquivos usaremos WGET para baixar e fazer uma cópia de segurança da base de dados da Hostinger (o mesmo mostrado no passo 1) e importe todas as tabelas para o seu servidor VPS. Lembre-se que a base do MySQL foi criada durante a criação do Servidor Virtual. Então, você não precisa de bases adicionais.

Passo 4.1 – Conferindo a base de dados MySQL e a senha

Na importação da base MySQl faça a cópia de segurança e complete o processo de transferência para encontrar nossa nova base de dados, o nome de usuário e, a senha. O nome da base pode ser encontrado no painel de controle no Virtualmin, na seção “Edição da Base de Dados”.

virtualmin-edit-database

O nome de usuário e senha da base MySQL pode ser encontrado na mesma seção, no exemplo abaixo:

  • Nome Base de Dados MySQL – hostinger_tutoriais
  • Nome de usuário MySQL – hostinger-tutoriais
  • Senha de usuário MySQL – OTuXH1IVHdtMpQS7

Passo 4.2 – Importando a cópia de segurança do MySQL

Uma vez que conhecemos o nome da base de dados MySQL, podemos continuar importando nossa base.

  1. Faça a seção de cópia de segurança e clique no endereço do link para copiar a base de dados MySQL.
  2. Em nosso VPS vamos criar um novo diretório e apertar a tecla “enter”. Vamos arquivar nossa cópia.

    3. Uma vez dentro do diretório, vamos utilizar o WGET para baixar o arquivo de segurança e salvar em nosso servidor VPS.

    4. Agora vamos extrair o arquivo SQL usando o comando GUNZIP.

    5. Lembre-se de mudar o nome do arquivo
  3. 6.Agora já importamos todas as tabelas e fizemos uma cópia de segurança em nossa base do servidor.

Passo 5 – Fazendo os ajustes finais

Agora que você fez a transferência de tudo, seu site em WordPress precisa funcionar corretamente. A maioria das vezes você irá receber uma mensagem de conexão de erro na base de dados. Para corrigir, vamos precisar editar o wp-config.php e alterar com a nova base no MySQL.

Para que o site funcione vamos editar o arquivo no editor nano e fazer as mudanças de configuração no arquivo. Para editar o wp-config.php siga os passos abaixo:

    1. Entre no diretório onde está localizado o website e salve usando o cd command.

  1. 2. Uma vez dentro do diretório, veremos os arquivos na pasta. Vamos conferir se o wp-config.php também está presente no diretório.

ls-file

  1. Em seguida confirmamos o arquivo usando o nano para editar o texto:

     4. Uma vez com o arquivo aberto no modo edição, vá para baixo na página até a linha //Formatação de MySQL//.

settings

     5. Agora atualize os valores:

        • DB_NAME – MySQL nome da base.
        • DB_USER – MySQL nome de usuário.
        • DB_PASSWORD – MySQL senha.
        • DB_HOST – Enter localhost here as our MySQL database is on the same server.

     6. Em seguida pressione no teclado  CTRL + X e Y, então aperte um ENTER para salvar as alterações.

O último passo é apontar o nome de domínio para o VPS para o servidor da hospedagem compartilhada. O modo mais fácil de atualizar é com o comando A.

O nome do domínio apontará para o nome do servidor Hostinger, então o comando A poderá ser selecionado no painel de controle da Hostinger – no editor do DNS. Simplesmente atualize seu endereço de IP VPS como um gravador A e pressione “Salvar as mudanças”.

point-domain-to-vps

NOTA: Pode levar até 24 horas para o DNS se propagar completamente no mundo todo.

A Hostinger também preparou um tutorial para ensinar a como apontar um domínio para um servidor VPS.

Conclusão

Na migração do WordPress do servidor compartilhado para o tutorial VPS, você fez o seu site antigo rodar em seu servidor VPS. Sugere-se fazer cópias de segurança em caso de muitos problemas. Casto tenha dúvidas, basta entrar em contato com nossa equipe de suporte que está pronta pra lhe ajudar com tudo sobre hospedagem de sitesm domínios, servidos, certicados de segurança e tecnologia.

Fale-conosco

Palavras-chave: VPS, migração de site, migrar meu site, Servidor VPS, hospedagem de sites, Hostinger, Tutoriais Hostinger, Formatar VPS.

Comece a Economizar Agora!

Hospedagem com tudo incluso e nome de domínio
R$6
99
/mês

Junte-se a centenas de inscritos em todo o mundo

e receba um resumo dos tutoriais mais recentes direto para o seu e-mail

Please wait...

Obrigado por se inscrever!