Domínios

Registro de Domínio x Registro de marca: tudo o que você precisa saber

Hostinger explica diferença entre domínio de marca e registro de domínio

Você sabe o quanto registro de domínio e de marca influencia na sua autoridade no mercado? Sua empresa está indo bem, você já conquistou clientes e pensa em expandir os negócios, mas antes de dar o próximo passo, uma reflexão importante: o que você faz para proteger o seu patrimônio?

A questão deve ser levada a sério e o cuidado com a marca nesse processo é fundamental. A marca é a identificação do seu produto ou serviço e, muitas vezes, é o primeiro contato do cliente com a sua empresa.

Ela é a responsável por criar associações na cabeça do consumidor e se você já vem trabalhando há algum tempo para que essas relações sejam positivas, obviamente, não vai querer que a sua credibilidade caia de graça nas mãos dos seus concorrentes.

Esse é o momento de pensar no registro da marca e, nessa hora, muitas dúvidas podem surgir. Muita gente confunde registro de marca com registro de domínio e há até quem diga que é a mesma coisa, porém, essa ideia é bem equivocada. Enquanto a marca protege a identidade da empresa em todos os âmbitos e é regida pelo princípio da especialidade, o domínio é a identificação da empresa na internet.

Ter um registro não exclui a necessidade do outro. Inclusive, os dois juntos podem garantir o sucesso on e offline da marca. Afinal, com o registro de marca, você tem a proteção do seu negócio em ambos os meios; com o registro do domínio, você tem a garantia de alinhamento na identificação da sua empresa em um dos principais canais de procura e consumo do seu cliente.

Depois de ler tudo isso, você já deve estar pensando em começar a correr atrás desses processos. Saiba como proceder em cada caso e garanta a segurança do seu patrimônio.

Registro de Marca – Passo a passo

Hostinger explica diferença entre registro de domínio e registro de marca

1) Procure um especialista

Encontrar um profissional de confiança faz toda a diferença nessa etapa. Normalmente, as pessoas não estão familiarizadas com os procedimentos do registro de marca e as informações disponíveis online são muito rasas. Por isso, vale a pena encontrar um parceiro especializado na área para orientar nessa tarefa.

Dessa forma, a jornada do registro de marca acontece sem sustos, pois o empreendedor sabe exatamente quanto irá investir e em quanto tempo o processo será concluído.

2) Distinção visual

Certifique-se de que sua marca transmite a mensagem que você quer passar para os seus clientes de forma clara e direta, já que ela vai distinguir seus produtos e serviços. O consumidor deve perceber os valores e o que a sua empresa oferece de forma clara. A marca é o seu cartão de visita e a porta de entrada para muitos dos seus clientes.

3) Registro no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI)

O Instituto Nacional da Propriedade Industrial tem sede no Rio de Janeiro, mas conta com delegacias regionais em várias capitais. Antes de qualquer coisa, verifique no sistema de busca de marcas se o que você quer solicitar não foi protegido por outra pessoa antes.

Aqui também é importante contar com o apoio de um consultor para orientar no pagamento da Guia de Recolhimento da União. As taxas são diferentes para pessoas físicas e microempresas e, em alguns casos, é possível até conseguir um desconto.

4) Acompanhe o processo

O processo vai passar por várias etapas e o órgão pode exigir o envio de alguns documentos durante a trajetória de registro. Acompanhe o andamento dos pedidos para não perder o prazo. Você pode consultar a Revista da Propriedade Industrial (RPI), publicada às terças-feiras ou acessar o sistema de busca de marcas do site do INPI.

O registro de marca também tem um excelente ROI, sabia?

Registro de Domínio – Passo a passo

Hostinger explica diferença entre registro de domínio e registro de marca

1) Escolha um domínio

O domínio é o endereço virtual, que vai fazer as pessoas chegarem até a sua empresa e também poderá ser utilizado nos e-mail corporativos. É recomendável que o nome do site seja curto, direto, fácil de memorizar e divulgar. Esqueça as ideias mirabolantes e aposte em algo prático de soletrar para facilitar o boca a boca.

2) Confira a disponibilidade

Acesse o Registro.br para consultar a disponibilidade do endereço que você quer para a sua empresa. Se o nome desejado estiver livre, faça o seu cadastro pessoal. Nessa etapa é necessário incluir dados pessoais como nome, e-mail, telefone e endereço.

3) Registre o seu domínio

Informe seu CPF ou CNPJ e o DNS do servidor no qual seu site está hospedado. O próprio site do órgão tem um serviço de DNS, que pode ser selecionado no momento do cadastro. 

4) Pagamento

O valor do serviço de domínio custa em média R$ 40,00 por ano, mais R$ 27,00 por ano adicional. Alguns planos de hospedagem de sites incluem registro de domínio grátis.

Proteja o seu patrimônio

Hostinger explica registro de domínio e registro de marca

De nada adianta criar uma marca forte, sólida e com produtos que o consumidor ama, investir tempo, dinheiro e recursos para simplesmente perdê-la do dia pra noite. Por isso, proteja a sua marca! Faça o registro de marcas corretamente segundo as normas do INPI e garanta a continuidade do seu negócio, e não esqueça do registro de domínio.

Tem um domínio em mente e quer consultar a disponibilidade agora mesmo? Consulte conosco e adquira agora.

Conteúdo escrito por Fixar Propriedade Intelectual, empresa responsável por acompanhar todos os processos e tramitações que envolvem o registro de marcas, invenções e criações, além de monitoramento e vigilância digital.

 

Deixe um Comentário

Deixe seu comentário!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Comece a Economizar Agora!

Hospedagem com tudo incluso e nome de domínio
R$6
39
/mês*

Junte-se a centenas de inscritos em todo o mundo

e receba um resumo dos tutoriais mais recentes direto para o seu e-mail

Please wait...

Obrigado por se inscrever!

[href]
[href]