O Que é a Shopify e Como ela Funciona
access_time
hourglass_empty
person_outline

O Que é a Shopify e Como ela Funciona

Vender seus produtos online pode ser algo bem complicado de se fazer por conta própria. Por isso, você pode ter interesse em aprender o que é a Shopify e como ela funciona.

Sem uma plataforma do tipo, a opção mais independente, por exemplo, seria criar o seu próprio site a partir do zero. Só que isso pode custar semanas ou até meses do seu tempo – ou milhares de reais caso você não saiba como fazer isso e decidir contratar um profissional.

Outra opção é utilizar um CMS (Sistema de Gestão de Conteúdos) para deixar as coisas um pouco mais automatizadas. Só que essa é uma saída que pode não funcionar para todo mundo, ainda mais aqueles que não querem se estressar tanto com SEO ou com a criação manual de relatórios avançados.

Para essas pessoas, a solução pode ser usar uma plataforma para lojas online como a Shopify, que fornece uma série de serviços para facilitar a sua experiência de dono de e-commerce.

página inicial da shopify

O Que é a Shopify

A Shopify é uma plataforma e ecommerce que permite que qualquer pessoa crie a sua loja online e venda seus produtos.

É uma alternativa que promete ser mais rápida e mais prática do que criar o seu próprio site de vendas, assim como mais profissionais e lucrativa do que vender em plataformas como eBay ou Mercado Livre.

A plataforma inclui serviços de pagamentos, marketing, entrega de produtos e ferramentas de engajamento dos clientes. Isso tudo promete simplificar radicalmente a experiência de proprietários de pequenas lojas virtuais.

História da Shopify

A Shopify foi criada 16 anos atrás, em 2004, por Tobias Lütke. Ele queria vender pranchas de Snowboarding através de uma empresa que ele tinha na época, que se chamava Snowdevil. Segundo Lütke, seria algo extremamente desafiador de se fazer sem uma plataforma de ecommerce fácil de usar.

Como não existia um serviço para atender a essa demanda, ele resolveu criar o seu próprio. Para isso, ele teve a ajuda dos co-fundadores Daniel Weinand e Scott Lake. Eles utilizaram o framework de aplicativos da web de código-aberto, Ruby on Rails, e criaram a plataforma após dois meses de desenvolvimento.

Inicialmente a plataforma se chamava Snowdevil – o nome da loja dos sonhos de Lütke – mas em 2006 foi finalmente renomeada para Shopify. Um novo título, que representa muito melhor o nicho de mercado da empresa.

Em 2015, a Shopify abriu seu capital e entrou no mercados de ações de Nova York, nos Estados Unidos, e de Toronto, no Canadá. Na cidade estadunidense, eles começaram com suas ações avaliadas em US$ 28, valor 60% maior do que o preço de oferta inicial, que era de US$ 17. Sua oferta pública inicial (IPO) arrecadou mais de US$ 131 milhões.

Em 2020, já são mais de 1 milhão de lojas ativas em mais de 175 países na Shopify. Juntas, elas já concretizaram mais de 40 bilhões de vendas.

Como Funciona a Plataforma

Para usar a Shopify, primeiro você precisa ter um produto ou vários produtos para vender. O mais interessante é que a plataforma é tão versátil que dá para comercializar os mais diferentes tipos de coisas.

Para começar, você pode vender produtos físicos, como joias, camisetas, caixas de presentes ou bottons, entre outros. Pode ser algo que você faz à mão, algo que a sua empresa fabrica ou até mesmo algo que você vende por dropshipping.

Outra opção é a venda de produtos digitais, como ebooks, templates de email, downloads de áudio, predefinições do Lightroom para fotógrafos ou cursos online. Ou você pode vencer serviços e consultorias, seja de design de interior, de odontologia ou até de coaching.

dashboard de gestão de loja da Shopify

A empresa ainda lista quatro outras categorias sugeridas para vender em sua loja na Shopify: assinaturas, ingressos para experiências (ex.: viagens ou degustação de vinho), aulas online e alugueis (ex.: ternos ou vestidos). O que importa é que seja legalizado vender esse produto em seu país.

A plataforma é bem simples de usar – esse é o seu principal argumento para conquistar clientes, afinal de contas – então basta se cadastrar no site e configurar a sua loja com as ferramentas fáceis de usar do site. Então basta escolher um tema ou layout para o seu e-commerce e editar as configurações mais específicas da Shopify.

A partir daí, basta adicionar os seus produtos para a sua loja virtual e fazer os procedimentos finais para colocar sua loja no ar. O passo final é comprar um domínio para ter um endereço que os seus clientes vão digitar na barra de endereço do navegador na hora de acessar o seu site.

Procurando um endereço para a sua loja? Encontre o domínio perfeito para o seu site com o verificador de domínio da Hostinger!

Quanto Custa a Shopify

Se você ainda não tem certeza se a Shopify é a plataforma certa para a sua loja, temos uma ótima notícia: o serviço possui um período de 14 dias de teste grátis. E você não precisa nem dar os dados do seu cartão de crédito para isso.

tabela de preços e recursos das assinaturas da Shopify

Na hora de assinar a plataforma de fato, a empresa oferece três níveis diferentes para você escolher, dependendo das suas necessidades. A assinatura básica é pensada para uma loja virtual pequena e permite que apenas dois membros tenham acesso à conta. Ela custa US$ 29 por mês.

Já a assinatura intermediária custa US$ 79 por mês e traz acesso para cinco membros diferentes. Essa tier ainda oferece relatórios profissionais exclusivos e reduz as taxas de transação de 2,0% para 1,0%.

Para as maiores lojas do serviço, há ainda a assinatura avançada. Ela sai por US$ 299 por mês e permite que até 15 membros tenham acesso ao admin da plataforma. Em comparação com a tier anterior, ela permite a criação de relatórios avançados, o cálculo de taxa de frete por aplicativos third-party e reduz a taxa para 0,5%.

Conclusão

A Shopify é uma plataforma de grande proporção, que abriga centenas de milhares de lojas. Ela pode não ser a solução ideal para todo mundo, mas com o seu teste grátis de 14 dias, certamente vale uma tentativa. Se ela corresponder suas expectativas, você pode migrar para a assinatura básica e ir subindo de tier conforme o seu negócio for crescendo.

Caso você queira se aventurar por outras opções para criar a sua loja, confira nossos tutoriais sobre Como Criar um Site e Como Montar uma Loja Virtual. Nos vemos no próximo artigo!

O Autor

Author

Carlos E. / @carlosfelipe

Carlos Estrella é formado em jornalismo pela UFSC e tem as funções de redator, tradutor e SEO na Hostinger Brasil. Já trabalhou com jornalismo de games e tecnologia e hoje aplica essa experiência escrevendo posts e tutoriais no blog da Hostinger. Suas paixões incluem games, dar rolês com a namorada e amigos e ler artigos aleatórios da Wikipédia de madrugada.

Tutoriais relacionados

Deixe uma resposta

Comentário*

Nome*

Email*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Faça parte da Hostinger agora!