VPS

Como Instalar MongoDB no Ubuntu 18.04 – Guia para Iniciantes

guia para aprender como instalar MongoDB ubuntu

Quando falamos sobre gerenciamento de dados, muitas pessoas imediatamente pensam sobre o MySQL. Entretanto, ele não é o único gerenciador de dados que existe.

Existem vários gerenciadores de dados poderosos para VPS baseados em Linux. Entre eles o PostgreSQL, o SQLite, o Oracle ou o MariaDB.

Além de serem bancos de dados relacionais, eles usam a linguagem SQL. Porém, existem outros gerenciadores de banco de dados NoSQL que são altamente funcionais e têm ótimos rendimentos.

Um dos mais populares é o MongoDB. Nesse artigo, nós vamos mostrar um passo a passo de como instalar MongoDB no Ubuntu 18.04.

O Que É MongoDB?

MongoDB é um dos mais populares e mais conhecidos gerenciadores de banco de dados NoSQL. Ele é usado principalmente para aplicações em que você pode salvar dados em documentos formatados como BSON.

Isso significa que, em vez de salvar dados em registros como tipos SQL, ele salva em documentos.

Os documentos do tipo NoSQL não tem um esquema definido. Você pode ficar preocupado que isso possa causar um banco de dados problemático,. Porém, atualmente, o que acontece é exatamente o oposto.

Em um sistema como esse, os “campos” e os dados são simplificados. Portanto, são mais fáceis de gerenciar e armazenar rapidamente.

Além disso, o MongoDB é popular em ambientes onde a escalabilidade é massiva. Com MongoDB, você pode rapidamente desempenhar técnicas de replicação que permitem a escalabilidade dos dados.

Então, qualquer aplicação que requer o armazenamento de dados semi-estruturados pode usar o MongoDB.

Como Instalar MongoDB no Ubuntu 18.04

Embora o MongoDB seja um aplicativo bem conhecido, ele não está nos repositórios oficiais do Ubuntu. Portanto, você terá que adicioná-lo manualmente.

No entanto, essa é uma grande vantagem porque facilita a instalação e a atualização do aplicativo. Primeiro, temos que conectar ao nosso servidor usando o SSH:

ssh seu-usuário@seu-servidor

Se você estiver usando o Ubuntu 18.04, abra o terminal e adicione a chave PGP do repositório do MongoDB para não comprometer os pacotes baixados:

sudo apt-key adv --keyserver hkp://keyserver.ubuntu.com:80 --recv 9DA31620334BD75D9DCB49F368818C72E52529D4

Depois disso, você pode adicionar o repositório do MongoDB sem qualquer problema. Para fazer isso, execute este comando:

echo "deb [ arch=amd64 ] https://repo.mongodb.org/apt/ubuntu bionic/mongodb-org/4.0 multiverse" | sudo tee /etc/apt/sources.list.d/mongodb-org-4.0.list

Agora, atualize o comando APT para sincronizar todos os repositórios.

sudo apt update

Em seguida, instale o MongoDB usando o APT:

sudo apt-get install -y mongodb
sudo apt install mongodb-org

No final da instalação, habilite e inicie o serviço do MongoDB. Com isso, você poderá iniciar usando isso.

sudo systemctl enable mongodb

sudo systemctl start mongodb

Finalmente, cheque o status do serviço.

sudo systemctl status mongodb

Agora você sabe como instalar o MongoDB no Ubuntu, e ele já está disponível para ser usado.

Introdução ao MongoDB

Agora vamos aprender sobre alguns princípios básicos do MongoDB!

Perceba que o arquivo de configuração do MongoDB é /etc/mongod.conf. Qualquer mudança feita no arquivo requer uma reinicialização da aplicação para funcionar.

O diretório /var/log/mongodb é onde os logs da aplicação serão localizados e criados durante a instalação.

Finalmente, a porta padrão do MongoDB é 27017.

Criar Um Novo Banco de Dados

O MongoDB vem com apenas um banco de dados chamado de admin. Para garantir um bom fluxo de trabalho, você precisa criar mais para seu projeto.

Para fazer isso, primeiro, vá ao console do MongoDB:

mongo

Uma vez dentro, você pode criar um banco de dados com o comando use. Note que diferente da linguagem SQL, não há um comando ou cláusula de “create databases”, apenas o comando use.

Se o banco de dados existir, ele poderá ser usado. Caso contrário, o comando o criará.

use [database_name]

É simples assim.

Criar Um Novo Usuário

Por padrão, o MongoDB não inclue uma conta de administrador. Em vez disso, comece criando diferentes usuários para cada banco de dados.

Entretanto, é necessário criar usuários com permissões específicas em cada banco de dados.

Uma vez dentro do console do MongoDB, você pode acessar a ajuda oferecida pela sua interface.

help

Nessa sessão, você pode ver a função db.createUser(). Nele, especifique o nome, a senha, o banco de dados e os papéis que ele terá.

A função db.createUser, como tudo no MongoDB, recebe parâmetros em JSON. Então, para criar um novo usuário para o banco de dados recém-criado, execute esse comando:

db.createUser(

{

user: "edward",

pwd: "edward123",

roles: [ { role: "userAdminAnyDatabase", db: "admin" } ]

}

)

Existem vários tipos de papéis, como dbAdmin, dbUser, read e outros. Então, é melhor visitar a documentação oficial do MongoDB para determinar o que é mais conveniente em cada caso.

Agora você pode mostrar todos os usuários criados até agora com o comando:

show users

Para testar a operação, saia do console do MongoDB com o comando exit e execute o seguinte comando:

exit

mongo -u [user] -p [password] [host:port]/[database]

A conexão do MongoDB com o host e a porta remota será abordada na próxima seção.

Habilitar a Autenticação Remota no MongoDB

Por padrão, o MongoDB autoriza todos os logs da máquina local. Não tem problema enquanto a aplicação estiver sendo desenvolvida.

Entretanto, como você terá que habilitar a autenticação, pode ser que encontre problemas quando a aplicação estiver pronta e você precisar implantá-la .

Para evitar problemas, abra o arquivo /etc/mongodb.conf e comente a linha que diz bindIP: 127.0.0.1

sudo nano /etc/mongodb.conf

Em seguida, reinicie o serviço. Você pode modificar a porta padrão do MongoDB no mesmo arquivo.

sudo systemctl restart mongodb

Agora apenas usuários locais podem logar sem autenticação no MongoDB. Se seu servidor ficar comprometido ou se você quiser aumentar a segurança, você sempre pode mudar isso.

Conclusão

Existem muitas aplicações diferentes com diferentes necessidades de dados. É por isso que alternativas NoSQL como o MongoDB surgem.

MongoDB é um dos gerenciadores de bancos de dados mais importantes que existem devido a sua robustez, velocidade e escalabilidade.  

Neste artigo, você aprendeu como instalar o MongoDB no Ubuntu 18.04 e dar os primeiros passos com o gerenciador de banco de dados.

Andrei L.

Andrei é jornalista e conteudista SEO na Hostinger Brasil. Tem experiência em WordPress e na produção de conteúdos de tecnologia otimizados para conquistar as melhores posições no Google. É fã de games, adora vôlei, ama o inverno e está sempre buscando se aperfeiçoar no Inglês.

Deixe um Comentário

Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comece a Economizar Agora!

Hospedagem com tudo incluso e nome de domínio
R$2
29
/mês*