Como Resolver o Erro “Sua Conexão Não É Particular” no Google Chrome

Como Resolver o Erro “Sua Conexão Não É Particular” no Google Chrome

Se você ver a mensagem de erro “Sua Conexão Não é Particular”, não entre em pânico – trata-se de um problema bem comum entre usuários do Google Chrome. Contudo, corrigir esse problema é bem simples e tranquilo.

Neste guia, vamos cobrir diversos métodos para corrigir esse problema e explicar porque esse erro de conexão acontece em primeiro lugar.

Garanta sua oferta antecipada da Black Friday 2021! Até 75% OFF em hospedagem de site + domínio grátis para começar seu site sem perder tempo. 

Aproveitar Oferta

Tutorial em Vídeo

Por Que o Erro “Sua Conexão Não É Particular” Aparece?

captura de tela mostrando sua conexão não é privada no Google Chrome

Antes de tudo, saiba que essa mensagem não é exatamente ruim. Ela significa que o Google Chrome está bloqueando o seu acesso a um site não confiável.

O erro Sua Conexão Não É Particular aparece quando o seu navegador percebe um problema na criação da conexão com SSL, o que impede a sua validação. Sites com conexões SSL problemáticas não são confiáveis porque eles estão sujeitos a problemas de segurança como roubo de dados.

Mas, às vezes, o problema não está no certificado SSL do site. O erro também pode ser causado por complicações no lado do visitante – como no navegador, na rede WiFi ou no sistema operacional.

Por exemplo, você pode encontrar esse problema enquanto está usando um WiFi público, se tiver a data e hora incorreta no seu computador, ou se habilitou escaneamento de SSL no seu software de antivírus. Felizmente, se a complicação está do seu lado, o erro “Sua conexão não é particular” será fácil de se resolver.

Como o Erro “Sua Conexão Não É Particular” Aparece em Diferentes Navegadores

Uma mensagem de erro similar com a “Sua conexão não é privada” pode ser encontrada em outros navegadores além do Google Chrome. Vamos ver como esse erro pode aparecer no Mozilla Firefox, no Microsoft Edge, no Safari e no Opera.

Mozilla Firefox

Screenshot showing your connection is not private error on Mozila Firefox

Se o certificado SSL do site que você está tentando visitar é inválido, você vai receber a mensagem “Aviso: Risco de Segurança em Potencial à Frente” no Mozilla Firefox.

Na descrição, o Firefox fala para você que “detectou uma ameaça de segurança em potencial” e alega que “o problema provavelmente está no site, e não há nada que você possa fazer para resolvê-lo”.

Para ter informações mais detalhadas sobre esse código de erro em específico, clique em Avançado. Ao identificar o erro específico, você pode resolvê-lo de maneira mais eficiente.

Aqui estão alguns códigos de erro que você pode encontrar:

  • SEC_ERROR_UNKNOWN_ISSUER
  • SSL_ERROR_BAD_CERT_DOMAIN
  • SEC_ERROR_EXPIRED_CERTIFICATE
  • SEC_ERROR_EXPIRED_ISSUER_CERTIFICATE

Microsoft Edge

erro conexão não é particular no Microsoft Edge

No Microsoft Edge, um certificado SSL inválido vai levar você para a página “Sua conexão não é particular”, que é quase idêntica à do Chrome. Você também verá um indicador vermelho escrito “Não seguro” perto da barra de endereços.

O Edge também fala para você que “criminosos podem estar tentando roubar sua informação” a partir do site que você está tentando acessaar.

Alguns dos códigos de erro do Microsoft Edge são bem similar com aqueles que você encontra no Chrome:

  • NET::ERR_CERT_AUTHORITY_INVALID
  • Error Code: 0
  • NET::ERR_CERT_COMMON_NAME_INVALID
  • DLG_FLAGS_INVALID_CA

Safari

erro conexão não é particular no Safari

Quando você encontra um problema de SSL no Safari, ele exibe a página de erro “Esta Conexão Não é Particular”. O Safari também sugere que você volte para a página anterior.

Opera

erro conexão não é particular no Opera

A versão do Opera para esse erro é “Sua conexão não é particular”, o que é idêntico ao do Chrome. Ele também mostra um código de erro sob a descrição.

Clicar em Me Ajude a Compreender revela mais detalhes sobre o problema. De acordo com o Opera, o conflito é causado por “um erro de configuração ou um criminoso interceptando sua conexão”.

Os códigos de ero que você pode ver no Opera são similares com aqueles que você pode encontrar no Chrome ou no Microsoft Edge:

  • NET::ERR_CERT_AUTHORITY_INVALID
  • SSL certificate error
  • NET::ERR_CERT_INVALID
  • NET::ERR_CERT_WEAK_SIGNATURE_ALGORITHM

Como Resolver o Erro “Sua Conexão Não É Particular” no Chrome?

Embora o certificado SSL seja a principal causa do erro, pode ser que algo esteja acontecendo pelo lado do cliente (o usuário). A boa notícia é que isso é também bem tranquilo de corrigir.

Abaixo, vamos mostrar 8 maneiras de como resolver o erro Sua Conexão Não É Particular.

1. Recarregar a Página

Assim, que você ver a mensagem de erro na sua tela, a primeira e a coisa mais fácil de se fazer é recarregar a página. Isso pode parecer meio óbvio, mas funciona na maioria das vezes.

É provável que o certificado SSL esteja sendo reemitido ou que seu navegador esteja tendo problemas para enviar um pedido de acesso ao servidor do site que quer visitar.

2. Não Usar Wi-Fi Público

Pode até parecer engraçado. Mas usar uma rede pública de internet de um bar ou aeroporto é a causa mais comum do que os usuários se deparam com esse erro.

Redes públicas de internet geralmente rodam em um HTTP. Por conta disso, se você faz alguma transação através de um rede pública, todas as informações que você colocar lá não serão criptografadas.     

Elas serão mostradas como textos e todo mundo usando a mesma rede de internet wi-fi pode roubar seus dados pessoais de você. Seu navegador vai automaticamente mostrar esse erro para avisar você da situação.

3. Limpar Histórico, Cache e Cookies do Seu Navegador

De tempos em tempos, as seções de cache e cookies do seu navegador podem ficar cheios e causar o erro.

Para limpar o cache pelo Google Chrome, você pode seguir os passos abaixo.

  1. Encontre os três pontinhos do seu navegador, localizados na direta ao topo.
  2. Clique em Mais Ferramentas.  
  3. Clique em Limpar Dados de Navegação.
  4. Marque as caixas próximas de Histórico do Navegador e Arquivos e Imagens em Cache.

    limpeza de cache do google chrome
  5. Clique no botão Limpar Dados para terminar a operação.

4. Tentar o Modo Anônimo

O histórico, os cookies e o cache do seu navegador podem ser importantes. Não se preocupe, você não precisa apagar nada, se não quiser.

Primeiro, você pode verificar se o cache está causando o problema tentando acessar uma página pelo Modo Anônimo.

Usando o Modo Anônimo, você usa um navegador sem usar cache, cookies e nem armazenar um histórico de navegação.

Para acessar o Modo Anônimo, é só você clicar nos três pontinhos no canto direito superior do navegador. Escolha Nova Janela Anônima. Se preferir, basta usar o atalho CTRL + SHIFT + N no teclado.

Depois disso, basta acessar o site que você quer usando o Modo Anônimo. Se algum problema similar acontecer, pode ser que não seja o cache nem os cookies do seu site.

5. Verificar Data e Hora do Seu Computador

Essa ação pode parecer um pouco estranha. O erro pode aparecer por que a data e a hora do seu computador não estão configurados corretamente.

Os navegadores usam essas informações do computador para checar a validade do SSL.

Geralmente, a data e a hora podem estar configuradas para o futuro quando o certificado não está mais ativo. Ou, pode estar configurado no passado quando ainda não tiver sido configurado.

Certifique-se que a data e a hora estejam configuradas corretamente para não ter problemas de incompatibilidade. Assim, é bem possível que o erro desapareça.

Aqui está como checar rapidamente as configurações de data e hora do seu computador, tanto no Windows quanto no macOS.

Windows

  1. Vá para Configurações -> Hora e Idioma -> Data e Hora
  2. Habilite as opções Definir horário automaticamente Definir fuso horário automaticamente se elas estivarem desativadas. Veja se as informações atualizadas estão corretas
    alterar data e hora no widnows 10
  3. Atualize a página que você está tentando acessar

macOS

  1. Vá para System Preferences (Preferências do Sistema) -> Date & Time (Data e Hora)
  2. Garanta que a caixa Set date and time automatically (Definir data e hora automaticamente) está marcada
    alterar data e hora no macos
  3. Na aba Time Zone (Fuso Horário), confira se a opção Set time zone automatically using curent location (Definir fuso horário automaticamente com base na localização) está ativada
  4. Atualize o seu navegador para ver se isso resolveu o problema

6. Verificar Antivírus e Outros Programas de Segurança

Alguns antivírus ou programas de segurança de internet fazem uma busca pelo HTTPS. Se este recurso estiver ativo, ele vai bloquear qualquer certificado SSL ou as conexões de rede. Para corrigir isso, você precisa desligar o recurso SSL scanning (“Scan de SSL”).

Caso não consiga encontrar onde o recurso fica, você pode tentar desativar o antivírus e reabrir o site que quer acessar. Se o erro Sua Conexão Não É Particular não aparecer mais, você pode religar o antivírus.

7. Desabilitar sua VPN Temporariamente

Uma VPN (Rede Virtual Privada) criptografa e redireciona a sua conexão de internet através de um servidor remoto, que esconde seu endereço de IP e aumenta sua anonimidade na internet. Essas camadas adicionais de segurança podem bloquear alguns certificados SSL e causar o erro “Sua Conexão não é Particular”.

Desabilitar sua VPN temporariamente pode resolver algumas barreiras entre a sua conexão e o site, permitindo que você confira se a sua VPN está causando o erro.

8. Tente Acessar o Site via Proxy

Um proxy funciona de maneira similar com uma VPN, no sentido de que ele redireciona a sua conexão de internet através de um servidor remoto. A diferença é que o proxy não criptografa a sua conexão, e você só pode configurá-lo para um aplicativo de cada vez.

Existe uma possibilidade que as outras pessoas estão visitando o mesmo site sem problemas, e que o erro “Sua conexão não é particular” só está aparecendo no seu comptuador.

Um proxy pode ajudar a conferir se o seu site se conecta de maneira adequada através de “outra rede”. Pense nisso como se você estivesse usando o WiFi de um vizinho para checar se eles podem visitar o site.

Para acessar um site via proxy, você pode usar serviços gratuitos como aqueles oferecidos por empresas como Hidester, Hide.me, or VPNBook. Tudo o que você precisa fazer é colar a URL do site que você quer acessar.

Ou, se você já possui o endereço de um servidor de proxy e o número da sua porta, você pode configurá-los no seu navegador. Aqui está como configurar um servidor proxy usando o Google Chrome no Windows:

1. Clique nos três pontos no canto superior direito e clique em Configurações.
2. Na barra lateral do lado esquerdo, expanda o menu Avançado e escolha Sistema.
3. Clique em Abrir as configurações de proxy do computador.

configuracoes de proxy do chrome

4. Na nova janela, role para baixo até você encontrar a opção Configuração manual de proxy e ligue a opção Usar servidor proxy.
5. Cole o Endereço do servidor proxy e o número de Porta dele nos respectivos campos.

configurações de servidor proxy do windows

6. Clique em Salvar.

9. Reinicie o seu Roteador

Se você usa WiFi em casa, você já deve saber que simplesmente reiniciar o roteador é a solução para muitos problemas de conexão. Se você encontrar o erro “Sua conexão não é particular”, vale tentar reiniciar seu roteador.

Um roteador tem sua própria CPU, sua memória e seu sistema operacional. Assim como um computador, ele pode acabar superaquecendo e enfrentar bugs. Reiniciar o seu roteador é uma maneira rápida e fácil de “atualizá-lo”.

Quando você for reiniciar seu roteador, não se esqueça de esperar pelo menos dez segundos antes de ligá-lo novamente. Dentro do roteador, há um capacitor que pode continuar operando por alguns segundos depois que você desliga o roteador.

O curto intervalo garante que o capacitor estará vazio – permitindo que o seu roteador limpe totalmente a memória e reinicie as tarefas que falharam depois que você ligá-lo novamente.

10. Proceder Manualmente com uma Conexão Insegura (não recomendado)

Não recomendados este passo por não ser absolutamente seguro. Mas o erro não pode impedir que você acesse um site. Você ainda consegue acessá-lo por sua conta e risco.

Para isso, proceda manualmente com o acesso clicando Avançado > Proceder no link do domínio que aparece na parte de baixo da página.

IMPORTANTE: Tenha muito cuidado quando entrar em sites suspeitos. Lembre-se que todas essas medidas de segurança estão aqui para proteger você de ameaças online.

11. Ignorar o Erro de Certificado SSL pelo Atalho do Google Chrome (não recomendado)

Não recomendados este passo por não ser absolutamente seguro.

Proceder manualmente com uma conexão insegura resolve o problema apenas temporariamente. Se você não quer mais que esse erro incomode, ignore o erro de certificado SSL do Chrome.

Lembre-se de que esse método vai apenas colocar o aviso em modo silencioso. Ou seja, o erro vai continuar lá. E, como consequência, pode fazer com que você não consiga acessar alguns sites.

Para fazer este método, siga os passos abaixo:

  1. Clique com o botão direito do mouse no atalho do Google Chrome localizado no seu desktop.
  2. Clique em propriedades.
    chrome ignorar erros de certificado
  3. No campo Destino, adicione a seguinte indicação após as aspas:
    -ignore-certificate-errors
  4. Clique em OK.
  5. Se algum erro do tipo NET:: ERR_CERT_COMMON_NAME_INVALID aparecer, ignore e apenas aperte em Proceder (Prosseguir).
  6. Revisite o site que você quer acessar e o erro vai desaparecer.

Você também pode obter um efeito similar usando as flags do Chrome. Isso é especialmente útil se você estiver testando algo em modo local. Digite o seguinte na barra de endereços do Chrome:

chrome://flags/

A partir daí, busque a opção “Allow invalid certificates for resources loaded from localhost” (Permitir certificados inválidos para recursos carregados a partir de localhost” e selecione Enabled (Habilitado).

Mas O Que É SSL?

cadeados do ssl e do https presos no logo do wordpress

SSL (Secure Socket Layer) foi desenvolvido para manter dados em segurança. A criptografia do SSL impede que atacantes roubem dados dos usuários de internet, como nome, endereço ou número de cartão de crédito.

Se você faz qualquer tipo de transação (compras ou vendas) pelo seu site, recomendamos que use um certificado SSL nele.

Quando você quer visitar um site, o Google Chrome envia um pedido ao servidor em que ele está hospedado.

Se o site visitado usa HTTPS, seu navegador vai automaticamente verificar se existe um SSL instalado ou não.

Então, o Chrome previne imediatamente seu acesso àquele site caso ele não tenha um certificado SSL. Em vez de mostrar apenas uma página em branco, é a tal mensagem de erro que aparece na sua tela. 

Tirando a ausência do SSL no seu site, existem outras situações que podem ocasionar o erro Sua Conexão Não É Particular no navegador.

Vamos conhecer algumas delas logo abaixo.

  • O Certificado SSL Expirou
    Se você é o dono do site em que o problema está acontecendo, ainda que você tenha certeza de que tem SSL instalado, é possível que o período de validade do SSL tenha expirado. Assim, recomendamos verificar a data de funcionamento. Saiba que o SSL não dura para sempre. Geralmente, ele fica ativo por um ano. Depois disso, você precisa renovar a sua assinatura para continuar usando essa proteção.
  • O Certificado SSL é Apenas do Domínio, Não do Subdomínio
    Às vezes, pode ser que nem exista na página principal de um site que você esteja tentando acessar. Isso acontece porque o certificado SSL pertence apenas ao domínio, e não ao subdomínio. Verifique o SSL que você comprou. As opções mais baratas costumam ser válidas apenas para um único domínio ou página.
  • Empresas Duvidosas que Vendem SSL
    É possível ter um certificado SSL sem realmente comprá-lo. Configurar e instalar um SSL no seu site é relativamente fácil e simples. Porém, a maioria dos navegadores permitem apenas certificados SSL de empresas confiáveis para garantir a segurança do usuário. Então, se o seu navegador descobrir que o SSL que você instalado é de uma empresa duvidosa, é bem provável que o erro Sua Conexão Não É Particular apareça.

Conclusão

Se o erro “Sua Conexão Não É Particular – Invasores Podem Estar Tentando Roubar Suas Informações” aparecer no seu navegador, não entre em pânico.

Saiba que é bem fácil corrigi-lo. E ainda bem que fornecemos a você 11 maneiras de como resolver esse problema tão comum na internet sem passar trabalho.

Se você tiver mais algum método de como fazer isso, é só compartilhar com a gente pelos comentários abaixo. Deixe a sua mensagem lá, beleza? Nos vemos até o próximo conteúdo!

Author
O autor

Carlos E.

Carlos Estrella é formado em jornalismo pela UFSC e tem as funções de redator, tradutor e SEO na Hostinger Brasil. Já trabalhou com jornalismo de games e tecnologia e hoje aplica essa experiência escrevendo posts e tutoriais no blog da Hostinger. Suas paixões incluem games, dar rolês com a namorada e amigos e ler artigos aleatórios da Wikipédia de madrugada.