Ela na Web: Quatro Mulheres Brasileiras de Sucesso 
access_time
hourglass_empty
person_outline

Ela na Web: Quatro Mulheres Brasileiras de Sucesso 

Março é o mês das mulheres. Uma ótima oportunidade para refletirmos sobre como as mulheres moldaram — e ainda moldam — a nossa sociedade e momento de celebrar suas conquistas, de lembrarmos que, se não fosse por elas, sequer estaríamos aqui. 

As mulheres lutam em guerras, criam negócios, participam da política e trazem equilíbrio ao nosso mundo muitas vezes tão frágil. Por isso, para celebrarmos o Mês da Mulher, conversamos com quatro mulheres brasileiras de histórias inspiradoras. Todas com o mesmo objetivo: espalhar alegria e trazer esperança por onde passam. 

Gab Codes

Gabriela Vaz foi para a faculdade sem saber nada de programação. Ela teve que se esforçar muito para aprender as diferentes linguagens de programação, ferramentas e outras coisas relacionadas à computação e tecnologia. Ela estudou de tudo, desde gerenciamento front-end a back-end, teve aulas de marketing, UX design e banco de dados. 

A Gabriela começou do zero. Ela estudava uma área que muitas vezes é associada a homens, mas acabou se tornando uma desenvolvedora de software bem respeitada. No seu primeiro emprego, Gabriela foi a única mulher programadora da empresa. Hoje ela tem 22 anos e trabalha como desenvolvedora front-end no Grupo Fleury. 

Mas Gabriela não parou por aí. Poucos meses atrás, ela percebeu que as redes sociais são uma ferramenta poderosa no ensino de tecnologia. Foi daí que ela resolveu criar um perfil de TI no Instagram com um toque feminino único. Gabriela sabe que as mulheres têm muita dificuldade no ramo de tecnologia e é por isso que seu conteúdo é voltado a ensinar, inspirar e encorajar mulheres a escolherem uma carreira em TI. 

“O projeto @gabcodes me enche de orgulho. Eu fico muito feliz a cada mensagem que recebo. Elas incluem mulheres que tinham dúvida ou medo de entrar na área de tecnologia e iniciaram depois de seguirem meu perfil”.

Gabriela criou uma comunidade enorme de mulheres especialistas em tecnologia, e ela está feliz em contribuir para as futuras carreiras de mulheres que estão começando. Para ela, trata-se de ajudar mulheres a darem os seus primeiros passos no incrível mundo da tecnologia e vê-las crescerem na área.

Ela na Web: quatro brasileiras de Sucesso - Gabriela Vaz (conhecida como Gab Codes)

Priscilla Jorge 

Priscilla Jorge cresceu em Fortaleza (CE) ajudando a mãe no salão de beleza da família para juntar dinheiro para a faculdade.

Seguindo o sonho da mãe, Priscilla se matriculou no curso de Jornalismo, mas, pouco tempo depois, descobriu que estava mais feliz no trabalho que fazia no salão — é que o sonho da Priscilla era outro: fazer com que as mulheres se sentissem bonitas e poderosas.

“O que me fascinava era o brilho nos olhos das mulheres”, relata Priscilla, brincando que “uma ida ao salão de beleza é equivalente a várias sessões de terapia”.

Ela decidiu seguir o coração e deixar a faculdade de Jornalismo para se dedicar ao mercado da beleza. Logo ela já estava de volta ao salão, trabalhando ao lado da mãe.

Até que a mãe de Priscilla teve uma ideia: começar a ensinar as mulheres a cuidar da própria beleza sem sair de casa. A intenção era que as clientes aprendessem formas fáceis de cuidar dos cabelos e não precisassem mais ir ao salão com tanta frequência. Além disso, a mãe de Priscilla queria elevar a autoestima dessas mulheres — o que ganhou ainda mais relevância durante a quarentena.

Foi a partir dessa ideia, e usando os conhecimentos de sua mãe, que Priscilla criou o programa Cronograma Capilar Personalizado.

O negócio estava bombando e Priscilla percebeu que, para ser mais profissional, acessível e organizada, ela precisaria criar um site com a ajuda de seu irmão.

Hoje Priscilla tem mais de 500 clientes interessadas nos produtos, cursos e serviços que ela vende no site. Apesar de todos os desafios, ela ainda está determinada a libertar as mulheres dos padrões de beleza já tão ultrapassados, ajudando suas clientes a se sentirem bem consigo mesmas sem precisar frequentar salões.

“O desafio é que mulheres têm que conciliar tudo. Não é impossível, mas a mulher precisa ter foco no que ela quer”, diz Priscilla.

Ela na Web: quatro mulheres brasileiras de Sucesso - Priscilla Jorge

Amanda Sadi 

Amanda Sadi é a fundadora da plataforma educativa Fertilid, responsável por trazer ao Brasil testes de saúde ovariana que as pacientes podem fazer sozinhas e em casa.

A missão da Fertilid é oferecer uma forma fácil de acompanhar níveis hormonais, permitindo que as mulheres planejem seus futuros reprodutivos e se tornem mais independentes. Hoje, a Fertilid oferece um auto teste que mede um hormônio específico relacionado às reservas ovarianas.

“Tudo começou há três ou quatro anos, quando eu tive que encarar minha própria fertilidade e fui diagnosticada com teratoma nos ovários, endometriose e baixa reserva ovariana. Eu nunca tinha ouvido falar sobre reserva ovariana antes, e fiquei impressionada. Eu não sabia que existia um teste que media quanto tempo temos para engravidar. Com esse teste, podemos decidir se queremos ter filhos, podemos acompanhar nossos óvulos e nosso potencial reprodutivo”, explica Amanda. “Quanto mais nós falarmos sobre saúde reprodutiva, mais livres as mulheres serão para fazer as melhores escolhas”.

Amanda percebeu que outras mulheres encaravam desafios semelhantes aos dela. Não era fácil encontrar esse tipo de informação, além dos autotestes serem muito caros e não serem cobertos pelos planos de saúde. A Fertilid surgiu para oferecer uma alternativa mais acessível, permitindo que mulheres brasileiras ficassem no controle de seus corpos e seus futuros reprodutivos.

A plataforma recebeu muita atenção em todo o Brasil, e o evento de lançamento da Fertilid recebeu vários especialistas, médicos, influenciadores e investidores de femtechs (empresas de tecnologia fundadas por mulheres).

Amanda nem sonhava que um projeto de empreendedorismo digital pudesse se transformar em um movimento tão grande, mas ela acabou dando início a uma conversa sobre saúde reprodutiva no Brasil, tópico que costuma tocar em vários assuntos que ainda são tabus.

Ela na Web: quatro mulheres brasileiras de Sucesso - Amanda Sadi

Ana Carolina Brigagão

Carol é formada em engenharia, mas ela não se descobriu na carreira de engenheira. Ela trabalhou no ramo da Engenharia Mecânica por um tempo, mas ainda não achava que essa não era a sua paixão, então decidiu mudar radicalmente o rumo da sua vida profissional. 

Carol se candidatou à vaga de Atendimento ao Cliente da Hostinger e com pouco tempo de trabalho percebeu que o seu dom era trabalhar com atendimento ao público.

“Foi incrível porque eu amo trabalhar com o público. Ajudei clientes e até usei alguns dos meus conhecimentos em engenharia para ajudá-los. Afinal, a engenharia é resolver problemas e criar soluções. Essa era a minha missão diária”, afirma Carol. 

Carol aprendeu muito rápido e por isso não demorou muito para ser promovida. 

“Eu me descobri na Liderança de Equipe. Eu amo. É maravilhoso ter uma equipe e crescer junto com ela. Cada membro tem seus pontos fortes e fracos, mas o que importa é que temos sempre uns aos outros. Hoje posso dizer que somos uma equipe forte, resiliente e empática”, declara.

Para Carol, nunca é tarde para começar de novo e as pessoas não deveriam perder o precioso tempo de suas vidas fazendo o que não gostam e o que não as deixa realizadas. Deixar a engenharia e ir para a Hostinger foi como começar tudo outra vez, mas essa foi uma das melhores decisões da vida de Carol. E ela não para — Carol está sempre pensando em melhorar as experiências dos clientes, por isso, seu plano atual é se especializar em UX design.

Ela na Web: quatro mulheres brasileiras de Sucesso - Ana Carolina Brigagão

Nossa missão é um projeto com entrevistas dedicado ao Mês das Mulheres. Esperamos que essas histórias inspirem as mulheres a seguirem os seus sonhos, a desafiarem o status quo e a mostrarem suas garras. Feliz Mês das Mulheres!

O autor

Author

Bruna Vidanya / @brunadutra

Bruna Vidanya é estudante de Letras Tradução Inglês na Universidade de Brasília, e trabalha como tradutora na Hostinger Brasil. Já estagiou como tradutora no Senado Federal e teve sua primeira tradução de um livro infanto-juvenil publicada pela Livraria Senado Federal. É apaixonada por tecnologia e agora demonstra sua paixão escrevendo artigos para o blog da Hostinger com muito carinho. Nas horas vagas, Vidanya ama ficar com seus dois cachorrinhos, Madonna e Snoop, ver séries (as sitcoms são suas favoritas). Um fato curioso sobre a autora: seu primeiro bichinho de estimação foi um galo Garnisé, chamado Chico Liro.

Histórias relacionadas

Deixe uma resposta

Por gentileza, preencha os campos solicitados.Marque o campo de aceitação da privacidade.Favor preencher os campos solicitados e marcar o campo de aceitação da privacidade.

Comentar

Nome*

E-mail*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Thank you! Your comment has been successfully submitted. It will be approved within the next 24 hours.

Faça parte da Hostinger agora!