Do Zero ao Lucro: Como Começar no Marketing de Afiliados

A indústria de marketing de afiliados oferece um grande potencial para ganhar dinheiro na internet. Além de ser flexível e de baixo risco, esse modelo de negócio online exige um investimento inicial mínimo.

Entender o básico sobre esse mercado ajudará você a definir expectativas justas e evitar erros na hora de criar seu negócio de marketing de afiliados.

Este artigo explicará tudo o que você precisa saber sobre como começar no marketing de afiliados — desde a escolha de um nicho até o acompanhamento do seu sucesso na internet.

Como Começar Como Afiliado – Tutorial em Vídeo

Não tem tempo para ler o tutorial completo? Confira nosso tutorial em vídeo e veja como você pode começar no marketing de afiliados!

Como Começar no Marketing de Afiliados

Nas próximas seções, iremos conhecer os passos que indicam como começar a trabalhar com marketing de afiliados.

Passo 1. Defina um Nicho

O primeiro passo de qualquer estratégia de marketing de afiliados de sucesso é selecionar um segmento de mercado e público alvo, também conhecido como nicho. 

Um nicho de mercado é comumente caracterizado por um interesse ou demografia compartilhados que, por sua vez, influenciam a qualidade do produto e o preço.

Por exemplo, dentro da indústria de cosméticos, nichos particulares podem incluir o segmento de antienvelhecimento, tratamentos para pele propensa a acne, e cuidados com a pele de bebês.  

Focar em um pequeno segmento de mercado é mais eficiente do que tentar seguir as tendências do momento ou apelar para uma indústria inteira. Ao definir um nicho, fica mais fácil estabelecer o reconhecimento da marca, aumentar a expertise e construir autoridade.

Abaixo estão indicadas algumas considerações que podem te ajudar a selecionar um nicho específico para o marketing de afiliados:

  • Comece por suas paixões ou interesses. Escolher um tema que te interessa fará com que a criação de conteúdo seja divertida. Alternativamente, opte por um tema no qual você seja especialista — já que ter um conhecimento aprofundado sobre o produto te ajuda a se estabelecer como uma fonte confiável no mercado. 
  • Analise seus competidores. Determine o nível de dificuldade para entrar em um nicho. Se ele é altamente competitivo, localize e realce seu ponto de venda único para se destacar entre a concorrência. 
  • Avalie a demanda do mercado. Tenha certeza de que seu nicho de escolha é lucrativo e sustentável. Opte por mercados que têm uma demanda consistente durante o ano todo. Uma rápida pesquisa no Google Trends ou no Ubersuggest pode te ajudar a verificar a popularidade da palavra-chave escolhida. 
Captura de tela da pesquisa da palavra-chave "skincare" no site Ubersuggest

Passo 2. Crie um Site

Depois de decidir qual o nicho, é hora de criar uma plataforma para suas campanhas de marketing de afiliados. Embora existam muitas opções para escolher, recomendamos criar seu próprio site.

Um site de afiliado proporciona um hub central para todo o conteúdo de marketing de afiliados, oferecendo mais oportunidades para destacar materiais promocionais.

Ter seu próprio site afiliado significa ter mais controle sobre a plataforma. Isso lhe dá mais liberdade na hora de executar os esforços de marketing de afiliados.

Aqui estão as três etapas essenciais para criar um bom site de afiliados:

Compre uma Hospedagem de Sites

O serviço de hospedagem é o que permite colocar seu site no ar, já que a hospedagem é o local onde você poderá armazenar os arquivos do site e torná-los disponíveis na internet. 

Para criar o melhor site para o seu negócio afiliado, você deve escolher um plano de hospedagem que atenda às suas necessidades e preferências.

Dica

O que você pode fazer para diminuir os seus custos iniciais de ter um site é usar um cupom de desconto para comprar um plano de hospedagem na Hostinger. Assim, você pode potencializar seus ganhos como afiliado.

Aqueles que desejam criar um site rapidamente sem mexer com códigos podem escolher a Hospedagem de Sites Premium com construtor de sites.

Este plano inclui acesso ao Criador de Sites da Hostinger, serviços de hospedagem de email e certificados SSL gratuitos ilimitados. É a escolha perfeita se você deseja criar um bom site afiliado sem o incômodo de configurações técnicas e processos de web design.

Alternativamente, escolha uma Hospedagem WordPress rápida se você tiver experiência técnica suficiente e quiser mais flexibilidade durante o processo de construção do site.

Felizmente, os planos da Hostinger são altamente escaláveis. Quando seu site crescer, você poderá facilmente fazer upgrades para planos superiores, como VPS ou Cloud.

Se você adquirir o plano de Hospedagem de Sites Premium ou Business por pelo menos 12 meses, você ganhará um nome de domínio gratuito por um ano. Sinta-se à vontade para usar nossa pesquisa instantânea de domínio para verificar a disponibilidade do domínio desejado.

Como o processo de compra de um plano de hospedagem e construção de um site com a Hostinger é simples e direto, você pode concentrar seus esforços no crescimento de seus negócios afiliados.

Leitura Sugerida

Leia histórias de nossos clientes e saiba mais sobre suas experiências ao migrar seus sites de negócios para a Hostinger.

Escolha uma Plataforma para a Construção do Site

Existem dois tipos principais de plataformas que recomendamos para criar seu site afiliado — um construtor de sites e um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS).

Um construtor de sites como o Criador de Sites da Hostinger é uma ótima ferramenta para quem deseja criar um site de maneira rápida e fácil. Ele possui um editor intuitivo de arrastar e soltar que permite criar e personalizar o layout do seu site.

Os usuários também podem acelerar seus processos de branding e criação de conteúdo usando o Escritor com AI e o Criador de Logos. Além disso, encontre os melhores locais para posicionar CTAs em seu site afiliado usando o Mapa de Calor com IA.

Todos os usuários do Criador de Sites da Hostinger podem acessar os recursos de comércio eletrônico integrados sem custo adicional. Isso torna a ferramenta uma excelente opção para gerar mais receita por meio de seu site afiliado.

Por outro lado, aqueles que desejam mais flexibilidade para seus sites de afiliados podem usar um CMS como o WordPress. Como a maioria dos CMSs é de código aberto, os usuários podem acessar e modificar todos os arquivos do site e ajustá-los como desejarem.

Lembre-se de que usar o WordPress pode exigir algum conhecimento técnico e mais tempo em comparação com o uso de um construtor de sites.

Outra vantagem do WordPress é sua ampla gama de plugins e temas. Eles permitem que você adicione funcionalidades ao seu site rapidamente, além de possibilitar a personalização da aparência.

Os usuários da Hostinger também podem se beneficiar da instalação do WordPress com um clique, que inclui plugins essenciais pré-instalados. Isso ajudará você a economizar tempo durante o processo de configuração do site.

Além do WordPress, outros CMSs populares incluem Drupal e Joomla.

Reserve um tempo para descobrir qual plataforma de site é mais adequada para você antes de escolher uma. Recomendamos a leitura do nosso guia para iniciantes sobre como criar um site usando diferentes plataformas.

Dica

Aqui na Hostinger você consegue hospedar um site WordPress, garantindo desempenho e qualidade, a partir de R$ 6,99.

Personalize seu Site com Temas e Plugins

O processo de design e personalização é importante para adicionar mais personalidade e apelo visual ao seu site de afiliado.

Aqui estão quatro dicas a seguir ao personalizar seu site:

  • Branding. Crie uma identidade de marca exclusiva para seu site afiliado. Use um esquema de cores, logotipo e tipografia consistentes que se alinhem com seu nicho e público-alvo.
  • Conteúdo claro e convincente. Crie conteúdo envolvente e informativo que agregue valor aos seus visitantes. Explique claramente os benefícios dos produtos ou serviços e inclua frases persuasivas de chamada à ação.
  • Visuais de alta qualidade. O conteúdo visual envolve os usuários e ajuda a transmitir informações de forma eficaz. Adicione imagens, infográficos e vídeos de alta resolução para aprimorar o apelo visual do seu site.
  • Escolha um design amigável. Um design de site limpo e intuitivo permite que os visitantes naveguem facilmente. Use um layout responsivo para garantir que seu site tenha uma ótima aparência em todos os dispositivos.

Ao decidir sobre o design de um site, os usuários do Criador de Sites da Hostinger podem escolher entre vários modelos projetados profissionalmente para começar.

Esses templates são altamente personalizáveis. Você pode alterar facilmente o esquema de cores, a tipografia e os layouts com o editor de arrastar e soltar. Você não precisa de nenhuma experiência com design gráfico ou em programação.

Para usuários do WordPress, vários temas gratuitos estão disponíveis para download no diretório oficial. Apenas se lembre de escolher um tema que não seja somente visualmente atrativo, mas que também carregue rápido e seja responsivo.

Felizmente, a Hostinger inclui todos os temas-padrão do WordPress no instalador automático para que você possa iniciar seu processo de criação com tranquilidade.

Além disso, instale os melhores plugins do WordPress para melhorar o desempenho e a segurança do seu site, além de te ajudar a gerenciar arquivos e publicações.

Passo 3. Participe de um Programa de Marketing de Afiliados

Com seu público-alvo já em mente e com uma plataforma para começar a publicar conteúdos, o próximo passo é se cadastrar em um programa de marketing de afiliados que combine com seu nicho. 

Você pode simplesmente pesquisar por marcas dentro da sua indústria de atuação e verificar se elas oferecem programas de afiliados dos quais você possa participar. Por exemplo, os interessados na indústria de hospedagem podem se inscrever no Programa de Afiliados da Hostinger e promover seus serviços para seu público.

Como alternativa, inscreva-se em uma rede de afiliados para acessar vários programas de afiliados de uma só vez.

Quando estiver buscando um programa de marketing de afiliados ideal para seu negócio, estes são alguns aspectos para levar em consideração:

Período do Cookie 

Todas suas vendas como afiliado são atribuídas a você através de cookies de rastreamento anexados aos seus links de afiliado, que podem durar de um até 30 dias.

Apesar de um período menor também ser efetivo, os programas que contam com cookies de maior duração oferecem mais tempo para você convencer sua audiência a converter interesse em compras. 

Estrutura de Comissão

Geralmente, negócios baseados em assinaturas de serviços oferecem comissões recorrentes, permitindo que você ganhe dinheiro em casa por todo o período em que o cliente pagar pelo serviço contratado. Já outros programas exigem que você gere uma certa quantidade de vendas antes de enviar seu pagamento. 

Além disso, preste atenção nas taxas de comissão. Dependendo do tipo de produto que você estiver promovendo, há três tipos diferentes de programas de afiliado: 

  • Baixa comissão, alto volume. Esses programas pagam relativamente pouco, mas oferecem uma grande variedade de produtos comumente promovidos por afiliados. Assim, é necessário gerar bastante conteúdo e tráfego para chegar aos seus objetivos de rendimento. O programa de marketing de afiliados da Amazon é um exemplo desse modelo.
  • Alta comissão, baixo volume. Com programas de afiliados que pagam bem, você gera mais receita com menos vendas. Eles geralmente incluem produtos de afiliados mais luxuosos ou exclusivos, como relógios, joias e antiguidades. 
  • Alta comissão, alto volume. Estes modelos são altamente competitivos devido ao seu grande potencial de faturamento. Exemplos incluem programas de marketing de afiliados de cartões de crédito e hospedagem de sites.

Reputação e Compatibilidade da Marca 

Começar uma parceria com uma empresa pouco confiável irá impactar negativamente a sua marca. Antes de escolher um parceiro para seu negócio de marketing de afiliados, verifique suas avaliações online, fóruns de discussão e conversas ou comentários em redes sociais para avaliar a reputação de tal vendedor.

Adicionalmente, garanta que você estará criando uma parceria com uma empresa que é compatível com seus conteúdos e com os interesses do seu público-alvo. Caso contrário, você corre o risco de perder a confiança da sua audiência. 

Suporte

Veja se o programa de afiliados em questão oferece recursos adicionais para te ajudar a divulgar seus produtos, como materiais visuais e workshops. Por exemplo, os afiliados que participam do Programa de Afiliados da Hostinger recebem assistência de um time dedicado e especializado no gerenciamento de afiliados. 

Captura de tela da página de programa de afiliados do site da Hostinger

Uma vez que você tiver decidido de qual programa de marketing de afiliados irá participar e promover produtos, é hora de começar a criar conteúdos! 

Dica do Especialista

Quando você conseguir divulgar um produto de afiliado com sucesso e melhorar suas habilidades de marketing digital, considere participar de outros programas de afiliados para diversificar seus fluxos de renda.

Passo 4. Escreva Conteúdos de Alta Qualidade

Conteúdos de baixa qualidade ou o posicionamento descuidado de links de afiliado não serão suficientes para converter sua audiência e convencê-la de comprar os produtos que você está tentando divulgar. Um afiliado de sucesso prioriza a conexão e o engajamento com o público para conquistar sua confiança.

Assim, criar conteúdos úteis que conversem com os interesses da sua audiência é um passo fundamental da sua jornada no marketing de afiliados.

Conteúdos de qualidade não apenas convencem o público já existente, mas também ajudam a impulsionar o desempenho do seu site nos resultados dos mecanismos de busca. Um melhor posicionamento no ranking dessas páginas significa mais chances de atrair tráfego orgânico e, consequentemente, mais visitantes para o seu site. 

Seja um vídeo do YouTube, um post em seu blog ou uma newsletter enviada por e-mail, você deve buscar produzir conteúdos originais e informativos que respondam às dúvidas da sua audiência, estejam alinhados com seus interesses e a ajude a resolver problemas específicos.

Os usuários do Hostinger Website Builder podem acelerar a escrita de conteúdo usando o recurso integrado de Escrita com AI. Basta escolher o setor e o tópico do seu conteúdo e a ferramenta o gerará para você.

Para você se inspirar, comece conduzindo uma pesquisa de palavras-chave e determine seus problemas e pontos fracos.

Uma boa regra geral para quando você começar é mirar em uma palavra-chave específica e de cauda-longa, já que é mais fácil posicioná-las no topo dos rankings, em comparação com palavras-chave mais genéricas. Utilizar uma ferramenta de busca de palavras-chave, como o Semrush ou Google Keyword Planner, pode ajudar muito nesse processo. 

Página da ferramenta de busca de palavras-chave do Google

Além disso, combinar tópicos orientados para as tendências e tópicos não sensíveis ao longo do tempo pode ser uma ótima maneira de garantir relevância para a sua marca durante o ano todo.

Abaixo estão listados alguns dos tipos de conteúdos mais comuns para criar e publicar em seu site de afiliado:

  • Avaliações de produtos. Trata-se de um formato de conteúdo altamente popular no marketing de afiliados, já que 90% dos compradores online buscam avaliações dos produtos antes de visitar o site da loja e comprar um item. 
  • Comparações entre produtos. Compare dois produtos semelhantes e explore as vantagens e desvantagens de cada um deles, assim você ajuda seu público a tomar decisões de compra mais certeiras. 
  • Rodadas ou roundups de produtos. Similar à comparação de produtos, criar conteúdos que apresentem uma “rodada de produtos” significa avaliar diversos deles dentro da mesma categoria. 
  • Tutoriais. Explique o passo-a-passo de como um produto ou serviço funciona. Quando um cliente consegue entender com clareza a forma com que um serviço irá beneficiá-lo, ele fica mais inclinado a comprar tal produto. 
  • Páginas de recursos. Esse tipo de conteúdo consiste em ferramentas e recursos que auxiliam na solução dos problemas do seu público. Esses elementos podem ajudar a estabelecer sua autoridade como um especialista no assunto. 
  • eBooks. Se aprofunde em assuntos que não cabem em um único post em seu blog. Os eBooks também podem ser utilizados como lead magnets para expandir sua lista de e-mail. 

Importante! Não se esqueça de incluir a divulgação das informações do seu negócio de marketing de afiliados, explicando que você recebe uma comissão sempre que uma compra for feita utilizando seu link de afiliado.

Passo 5. Atraia Tráfego para seu Site de Afiliado

Uma vez que você tiver uma boa quantidade de conteúdos publicados, é hora de atrair tráfego para o seu site de afiliado. Fazer isso é necessário para gerar leads, impulsionar suas conversões e atrair potenciais compradores. 

Portanto, é essencial criar uma estratégia de SEO. Quanto melhor seu site estiver posicionado nos rankings de busca orgânica, mais tráfego ele irá atrair. Essa estratégia inclui a otimização de palavras-chave, link building e responsividade — que faz com que seu site rode corretamente em dispositivos móveis. 

Aqui estão elencados alguns outros métodos interessantes para gerar tráfego para o seu site de afiliado: 

  • Comece uma campanha de e-mails. O e-mail marketing dá aquele empurrãozinho para que seus leitores concluam uma compra. Você pode comunicar diretamente recomendações de produtos, ofertas limitadas e atualizações regulares criando e enviando boletins informativos por e-mail. Use um endereço de e-mail personalizado que contenha o nome do seu site para aumentar as chances de sucesso.
  • Seja ativo nas redes sociais. Ter uma presença sólida nas redes sociais aumenta o reconhecimento da sua marca. Você consegue conquistar o engajamento dos seus seguidores e otimizar seus conteúdos através de hashtags que impulsionam sua visibilidade. Ao decidir sobre uma plataforma de mídia social, considere os dados demográficos do seu público. Por exemplo, usuários entre 10 e 19 anos constituem a maior faixa etária presente no TikTok. Portanto, os blogueiros de beleza voltados para adolescentes devem considerar o TikTok como seu canal principal.
  • Participe de fóruns de discussão online. Fóruns online como Reddit e Quora são ótimos lugares para conectar-se com seu público-alvo. Já que a maior parte desses fóruns não permite a postagem de links de marketing de afiliados, redirecione as pessoas para seu blog, publicações ou landing pages. 
  • Escreva posts como convidado. Entre em contato com sites do seu nicho de mercado e se ofereça para escrever conteúdos de alta qualidade para eles. Isso ajuda a atrair para o seu site uma audiência que já está interessada no tópico em questão. 

O próximo passo importante para otimizar seus esforços com o marketing de afiliados é o link cloaking, um processo que oculta o ID de afiliado da URL ao redirecioná-la para outra página. 

Fazer o cloaking dos seus links de afiliado ajuda a evitar o sequestro de links, um dos maiores riscos de segurança no marketing de afiliados. Essa ameaça acontece quando usuários maliciosos tentam roubar suas comissões ao substituir o seu ID único de afiliado pelo ID deles. 

Por exemplo, ao invés de uma URL longa e complicada, que contém números e caracteres, como no exemplo abaixo: 

www.seuprogramadeafiliados.com.br/?afiliadoID=123qwerty*

Você pode tornar o link mais agradável, profissional e atrativo: 

www.seuprogramadeafiliados.com.br/afiliado-produto

Um link que passou pelo processo de cloaking é considerado muito mais seguro, pois ele indica aos usuários exatamente o que esperar quando clicarem nele. 

Além do mais, também é muito mais fácil memorizar e compartilhar um cloaked link, o que ajuda a aumentar o reconhecimento da sua marca e a expandir o alcance do seu público. 

Para fazer o cloaking dos seus links, é possível utilizar plugins do WordPress, como o Pretty Links ou o ThirstyAffiliates.

Passo 7. Monitore suas Campanhas de Marketing de Afiliados

É essencial monitorar corretamente seus links de afiliado para conseguir desenvolver uma estratégia de marketing eficiente na geração de receita. Esse processo inclui o monitoramento de quais páginas, links e elementos visuais atraem mais tráfego e geram mais conversões.  

Apesar da maior parte dos programas de marketing de afiliados oferecer dados sobre as vendas através de um painel de afiliados, você pode utilizar ferramentas extras específicas para otimizar suas campanhas de marketing de afiliados. 

Esses recursos te ajudam a monitorar as campanhas em diversos canais de comunicação e a melhorar suas estratégias de marketing. Exemplos incluem o Post Affiliate Pro, LinkTrack, e Voluum.

Página inicial do site Voluum - ferramenta para monitoramento de campanhas de marketing de afiliados

Alternativamente, ferramentas gratuitas como o Google Analytics e o Google Tag Manager também ajudam a monitorar links de afiliados. 

Página do site Google Analytics

Se você é um usuário do WordPress, há diversos plugins de afiliados para simplificar ainda mais o processo. 

O MonsterInsights, por exemplo, é um plugin que permite que os usuários vejam o volume do tráfego de páginas de produtos individuais a partir do próprio painel do WordPress.

Ele pode ser integrado com sua conta do Google Analytics para fazer o monitoramento dos seus links e com outros plugins de cloaking, como o Pretty Links, para configurar redirecionamentos para os seus links de afiliado. 

Página inicial do site do plugin MonsterInsights

Passo 8. Aumente sua Receita 

Os passos anteriores indicam como começar no marketing de afiliados, mas não há garantias de que o modelo de negócios por si só renderá uma receita satisfatória. Então, além de monitorar seus links, fazer a otimização constante de seus esforços de marketing é vital para aumentar seus rendimentos como afiliado.

Rodar testes em seu conteúdo é um ótimo ponto para começar. Por exemplo, identifique quais posts geram muito tráfego, porém com um RPM (Receita por mil impressões)  baixo.

Depois disso, ajuste alguns elementos para ver o que causa mais conversões no seu site e, portanto, o que aumenta sua receita como profissional do marketing de afiliados:

  • Teste seus títulos. Para avaliar a eficiência deles, crie dois títulos distintos para o mesmo conteúdo. Divida o tráfego em dois grupos e então sirva um dos diferentes títulos para cada um deles.
  • Faça experimentos com imagens. Você pode conduzir o mesmo teste com duas imagens diferentes do mesmo produto, ambas com alta qualidade. Avalie os resultados e destaque a imagem que converter mais.
  • Insira tabelas comparativas. Para comparações ou avaliações de produtos, considere incluir uma tabela que possa exibir os recursos e preços desses produtos. 
  • Otimize os botões CTA. Crie botões call-to-action que sejam curtos e personalizados. Utilize palavras relacionadas com o momento, como “Compre Agora”, “Limitado” e “Última Chance”, combinando-as com um cronômetro de contagem regressiva para criar um senso de urgência no seu público.
  • Adicione pop-ups de intenção de saída. Esses pop-ups atuam como um último recurso para convencer seus visitantes que estão prestes a abandonar o site. Você pode instalar um plugin de pop-up do WordPress, como o OptinMonster, para ajudar nesse processo.

Como o Marketing de Afiliados Funciona?

A principal responsabilidade de um profissional do marketing de afiliados é encaminhar seu público para completar alguma ação — seja uma compra, o envio de um formulário ou uma visita no site da loja vendedora. 

Para fazer isso, os afiliados incluem links exclusivos em seus sites, blogs ou redes sociais. Um cookie de rastreamento posicionado dentro do link ajuda as redes de afiliados a determinarem de onde vêm as vendas. Desse modo, sempre que um visitante fizer uma contratação de serviço ou comprar um produto, a venda será atribuída ao respectivo afiliado responsável pela atração daquele cliente. 

Tipos de Marketing de Afiliados

Baseados no nível de associação com o produto divulgado, há três principais tipos de modelo de marketing de afiliados:

  • Marketing de Afiliados Unattached. O marketing de afiliados do tipo desvinculado não requer uma conexão direta entre o afiliado e o produto que ele divulga. Os afiliados recebem comissões apenas por exibir os anúncios da marca, não importa se eles fazem sentido ou não para o nicho de mercado em questão. Por exemplo, um blog de moda que exibe anúncios de academia.
  • Marketing de Afiliados Involved. O marketing de afiliados do tipo envolvido se refere aos afiliados que têm uma relação próxima com o produto que divulgam. Vistos como especialistas do nicho em questão, esses afiliados educam seus leitores quanto ao produto e seus usos, além de oferecerem recomendações baseadas em suas experiências pessoais. 
  • Marketing de Afiliados Related. Sendo uma mistura dos dois tipos anteriores, o marketing de afiliados do tipo relacionado envolve a divulgação de produtos relevantes para o nicho, mas sem fazer afirmações diretas quanto ao seu uso. Geralmente, os afiliados desse tipo de modelo possuem algum nível de autoridade no mercado, o que faz deles uma fonte de informação confiável. Por exemplo, se você possui um público bem estabelecido em um blog fitness, poderá promover produtos como roupas de academia, mesmo que nunca tenha usado elas. 

Tipos de Pagamento no Marketing de Afiliados

Abaixo listamos os principais métodos de pagamento no marketing de afiliados:

  • Pay-per-sale. O pague-por-venda é o modelo de pagamento mais comum no marketing de afiliados. Nesse caso, o afiliado recebe uma porcentagem sobre o preço do produto em cada uma das compras feitas utilizando seu link de afiliado.
  • Pay-per-lead. Este método paga o afiliado baseado na conversão de leads. Isso acontece, por exemplo, quando os afiliados conseguem convencer um potencial cliente a criar uma conta de testes ou a se inscrever em uma newsletter. 
  • Pay-per-click. O método pague-por-clique calcula as comissões do afiliado baseado na quantidade de tráfego que ele é capaz de levar ao site do vendedor. Quanto mais visitantes clicarem em seu link de afiliado — e forem redirecionados à página oficial da marca — melhor para seus rendimentos.

Por Que Você Deveria Começar um Negócio de Marketing de Afiliados?

O marketing de afiliados é uma indústria em acelerado crescimento — estima-se que ao final de 2022, os valores gastos por meio dele chegaram à casa dos US$ 8,2 bilhões apenas nos Estados Unidos, indicando um salto significativo quando comparados com o montante de 2017, de US$ 5,4 bilhões.

Adicionalmente, esse modelo de negócios é vantajoso para todos envolvidos: afiliado, cliente e empresa. Além de ajudar marcas a atraírem novos clientes, o marketing de afiliados ajuda o público a encontrar os melhores produtos e serviços disponíveis no mercado.

Já a sua plataforma de afiliados vai te ajudar a criar conteúdos e gerar receitas. 

Abaixo indicamos mais algumas razões pelas quais vale a pena começar a trabalhar com o marketing de afiliados:

O Marketing de Afiliados tem Baixo Risco e Baixo Custo

O marketing de afiliados não requer um grande orçamento inicial. Diferente de começar um negócio tradicional, como uma loja virtual, você não vai precisar se preocupar com a logística, custos de desenvolvimento, manutenção e envio dos produtos. 

Apesar de alguns pequenos investimentos serem necessários, principalmente referente a criação do seu site, nenhum outro gasto é exigido depois que tudo estiver configurado. 

O modelo do marketing de afiliados também é de baixo risco, pois não há penalidades ou multas para tentativas de vendas que não deram certo.

O Marketing de Afiliados é Facilmente Escalável 

Não há limites no escalonamento do seu modelo de marketing de afiliados. Você pode introduzir novos produtos à sua audiência atual, enquanto simultaneamente os conteúdos já existentes sobre outros produtos continuam a gerar rendimentos ao seu negócio.

Adicionalmente, você pode se cadastrar de forma gratuita em diferentes programas de marketing de afiliados, aumentando ainda mais seus rendimentos. 

É uma Fonte de Renda Passiva 

O marketing de afiliados permite que você obtenha um fluxo estável de rendimentos passivos. Entretanto, ele não é garantia de sucesso. 

Investir tempo e esforços para construir plataformas promocionais, conquistar um público relevante e criar fontes de tráfego são altamente necessários. De todo modo, uma vez que essas questões estiverem estabelecidas, seus links de afiliado terão potencial de geração  contínua de renda. 

Quanto Dinheiro um Afiliado Consegue Ganhar com o Marketing de Afiliados?

Como um profissional do marketing de afiliados, seu potencial de rendimentos depende de fatores como o nicho, os produtos, o programa de afiliado, o volume de tráfego e o tamanho da audiência que você possui. Claro, um maior número de seguidores aumenta suas chances de gerar mais tráfego e conversões. 

De acordo com uma pesquisa global, em média, um afiliado ganha US$ 55 mil por ano, variando do rendimento mais baixo (US$ 41 mil/ano) ao mais alto (US$ 75 mil/ano). No Brasil, os valores também variam bastante, mas de acordo com as informações disponíveis no portal Glassdoor, a média mensal é de R$ 1.728/mês, podendo chegar a R$ 8.731, contando com bônus e adicionais.

Os profissionais mais famosos do marketing de afiliados, como Pat Flynn, ganham ainda mais. O patrimônio líquido do fundador do blog de marketing digital Smart Passive Income está estimado em mais de US$ 3 milhões.

Quais são as Melhores Oportunidades para Ajudar quem Quer Começar com o Marketing de Afiliados?

Encontrar parceiros de vendas e produtos para divulgação pode ser uma tarefa confusa, mas muito necessária, para quem está começando no mercado do marketing de afiliados.

Uma maneira bastante efetiva para começar a trabalhar com o marketing de afiliados é participar de uma rede de afiliados, que atua como um intermediário entre o afiliado e a marca.

Abaixo indicamos algumas das melhores redes de afiliados para quem está iniciando:

  • Associados Amazon. A Amazon é uma marca globalmente reconhecida, com mais de 365 milhões de produtos a serem divulgados. O Programa de Afiliados da Amazon é ideal para qualquer indivíduo que esteja iniciando sua jornada no marketing de afiliados.
  • ClickBank. Esta é uma das redes de marketing de afiliados mais antiga. Ela é ideal para profissionais do ramo que estejam em busca de produtos digitais para fazer parcerias e divulgações. 
  • CJ. A rede CJ ajuda os afiliados a mapear os programas dos quais podem fazer parte e estima os potenciais de rendimento de cada um deles. Isso porque essa rede de afiliados oferece acesso às métricas dos programas de marketing de afiliados.
  • Impact. É adequada para qualquer afiliado que está buscando dar o pontapé inicial em sua carreira, já que ela lista marcas que oferecem aprovação imediata.

Erros para Evitar no Ramo do Marketing de Afiliados

Apesar de ser um modelo de negócios relativamente simples e lucrativo, o marketing de afiliados também é altamente competitivo. Para ter sucesso nessa indústria, você deve desenvolver uma estratégia de afiliado que converta clientes. Saber o que não fazer nessas horas é um passo importante nessa jornada.

Abaixo listamos alguns exemplos de erros comuns no universo do marketing de afiliados que você deve procurar evitar:

  • Não ter conhecimento suficiente sobre o produto divulgado. 
  • Negligenciar o desempenho do seu site.
  • Ignorar a importância do SEO.
  • Produzir conteúdos de baixa qualidade.
  • Depender de apenas um programa de marketing de afiliados.
  • Subestimar a confiança do seu público. 
  • Não divulgar as informações sobre o programa de afiliados no site ou posts.

Conclusão

O marketing de afiliados é um modelo de negócios de baixo risco e facilmente escalável. Ele permite que você ganhe dinheiro online criando conteúdos de divulgação de produtos ou serviços. Começar a trabalhar com o marketing de afiliados não exige conhecimentos técnicos avançados nem um grande orçamento.

Uma vez que você tiver estabelecido um nicho e definido uma plataforma, procure por programas de afiliados dos quais você possa participar. Depois, comece a criar conteúdos de alta qualidade para promover os produtos de afiliado, e a diversificar as fontes de tráfego para gerar mais leads. Por fim, monitore suas campanhas de marketing de afiliado e rode testes frequentes para otimizá-las. 

Lembre-se que o sucesso no ramo do marketing de afiliados não vem da noite para o dia. Se você está apenas começando nesse universo, pode levar algum tempo até que seus conteúdos comecem a gerar conversões. Sendo assim, é importante que você dedique tempo e esforço para aprender e implementar as principais dicas para afiliados.

Finalmente, como qualquer outro negócio de sucesso, o passo mais importante é começar. Possuindo conhecimentos suficientes em como começar no marketing de afiliados, você estará bem equipado para iniciar sua jornada. Boa sorte.

Marketing de Afiliados Como Começar – FAQ

Nesta sessão, vamos responder algumas das perguntas mais frequentes sobre como começar a trabalhar com marketing de afiliados. 

Como Começar um Negócio de Marketing de Afiliados Sem Dinheiro?

Você não precisa de muito capital para começar no marketing de afiliados. Não há custos de entrada na maioria dos programas e redes de afiliados, e uma variedade de plataformas gratuitas estão disponíveis para impulsionar seus esforços de marketing. 
Tudo que você precisa é de um computador, uma boa conexão de internet e tempo disponível para dedicar ao aprendizado e ao crescimento do seu negócio. 

O Marketing de Afiliados é Bom para Iniciantes?

Vale a pena tentar atuar no marketing de afiliados para quem é apenas iniciante. Ele é um modelo de negócios de baixo risco, nada caro e fácil de escalar. Não há limite no seu potencial de rendimentos com o marketing de afiliados. Você pode chegar a gerar uma receita de até seis dígitos com esse modelo — dependendo, é claro, do tempo e dos esforços dedicados, e da eficiência da sua estratégia. 

Quanto um Ganha Afiliado Iniciante?

De acordo com uma pesquisa global, profissionais iniciantes no marketing de afiliados podem gerar uma receita de US$ 0 a US$ 1 mil/mês
Possuir uma audiência pré-existente pode acelerar o crescimento do seu negócio de afiliado, então quem está realmente começando do zero pode precisar dedicar mais tempo e criar mais estratégias para configurar tudo corretamente antes de começar a gerar conversões.

Posso Começar no Marketing de Afiliados Sem Ter um Site?


Sim, começar a trabalhar com marketing de afiliados não exige a criação de um site. Você pode compartilhar seus links em redes sociais como Instagram, TikTok e YouTube. De todo modo, ter um site é uma grande vantagem, pois ele aumenta sua credibilidade e o alcance do seu público.

Author
O autor

Bruna B. Barro

Bruna é formada em relações internacionais pela UFSC e atualmente faz mestrado em sociologia pela UFRJ. Determinada em tornar o conhecimento sobre tecnologia acessível a todas as pessoas, atua como tradutora e redatora freelancer na Hostinger. Tem experiência com tradução, localização, copywriting, gerenciamento de projetos, atendimento ao cliente e escrita acadêmica. No seu tempo livre gosta de assistir séries, cozinhar e jogar jogos de lógica.