ecommerce

Magento ou WooCommerce: Escolha a Melhor Plataforma para Loja Virtual

magento ou woocommerce, qual melhor plataforma para loja online?

Uma loja virtual precisa de muitas ferramentas para funcionar. É preciso um portal de pagamento, gerenciar as entregas, atender os clientes, e muito mais. Para isso vamos apresentar duas das mais populares plataformas de hospedagem de loja virtual, o Magento ouWooCommerce, e vamos te ajudar a escolher o que se adequa melhor às suas necessidades.

Nessa batalha de Magento ou WooCommerce vamos analisar os seguintes critérios:

  1. Facilidade de uso
  2. Gerenciamento da loja
  3. Personalização
  4. Performance
  5. Segurança

Quem vai se sair melhor: Magento ou WooCommerce? Vamos descobrir!

Magento ou WooCommerce

Os dois CMS’s, Magento ou WooCommerce, se enquadram na categoria de softwares ecommerce self-hosted e de código-aberto. Isso quer dizer que são plataformas que precisam ser instaladas em uma hospedagem sua e você pode utilizá-las de graça.

Fora essas semelhanças, as plataformas são completamente diferentes. O WooCommerce, por exemplo, é um plugin integrado com o WordPress. Entretanto o plugin oferece tantos recursos e ferramentas que parece uma plataforma própria. Com o WooCommerce você pode ter uma loja virtual juntamente com um site ou blog:

WooCommerce é uma alternativa para lojas virtuais

O Magento, por outro lado, é uma plataforma mais completa focada inteiramente no ramo de lojas virtuais. Ela possui ferramentas para publicar produtos, receber pagamentos, gerenciar os pedidos e muito mais:

Magento

O Magento também oferece um serviço de cloud que permite a utilização do software em uma plataforma gerenciada. Porém iremos focar na versão gratuita da plataforma neste artigo, já que é a mais popular entre os usuários.

Agora que você já conhece os detalhes é hora de irmos a fundo em nossa comparação de Magento x WooCommerce. Vamos começar com a experiência de uso de cada plataforma.

Facilidade de uso

Se esta for a primeira vez que você está montando uma loja online o ideal é escolher uma plataforma que não exija muito conhecimento técnico.

O WooCommerce é conhecido por ser simples, o que o torna ideal para iniciantes. Primeiro você vai precisar de um site com WordPress instalado, depois é só instalar o plugin WooCommerce. Depois de ser ativado o plugin vai te guiar nas configurações iniciais de sua loja, o que é altamente recomendado que seja feito.

Durante o processo o WooCommerce vai te ajudar a configurar os métodos de pagamento:

tela de pagamento do woocommerce

Também ajudará com outras funcionalidades para colocar sua loja online:

Tela de funcionalidades do wordpress

O processo de configuração não deve levar mais de 10 minutos. Depois dessa fase você já pode criar produtos. A tela de criação é semelhante a tela padrão de novos posts no WordPress, mas com algumas campos extras. Para criar um novo produto acesse Produtos > Adicionar novo. Você deve ver uma tela com as seguintes opções:

adicionar produto no woocommerce

Aprender a usar o WooCommerce não é nenhum segredo para quem já tem experiência com WordPress. Se não for o seu caso há um processo de aprendizagem até que você domine a plataforma, mas ela é tão simples que não deve demorar muito tempo.

Quanto ao Magento, primeiramente você precisa instalar o software em seu servidor. Alguns provedores de hospedagem, como nós, já possuem um instalador automático da plataforma para você poder trabalhar na sua loja o mais rápido possível.

Depois de instalado você tem acesso ao painel contendo diversas opções. Imediatamente você percebe que a tela inicial é voltada para a parte operacional da loja, como últimos pedidos, vendas e mais:

painel de controle do magento

Diferente do WooCommerce, o Magento não possui um assistente de configuração inicial. Para isso você vai ter que explorar as diferentes opções para deixar tudo configurado de acordo com sua preferência. Como existem diversas opções de configuração é um pouco complicado inicialmente, mas elas estão todas bem explicadas, o que facilita o trabalho:

configurar taxas no magento

Para criar seu primeiro produto basta acessar Products › Catalog › Add Product, e você vai entrar no editor do Magento:

Adicionar novo produto no Magento

O editor em si é bem simples, mas pode ser intimidante devido a variedade de configurações.

No geral, aprender como usar o WooCommerce é bem simples e rápido, principalmente se você for novo na área. Já o Magento exige mais esforço e algumas lidas no manual da plataforma para dominar todas as ferramentas oferecidas.

Por isso a vitória fica com o WooCommerce no quesito facilidade de uso.

Gerenciamento da Loja

Além de criar a loja você também precisa certificar que ela esteja funcionando perfeitamente. Para obter o resultado desejado é inevitável ter que se aventurar na descoberta de todas as funcionalidades que a plataforma possui.

Por exemplo, o WooCommerce mantém o padrão de simplicidade para gerenciar a loja. Você pode acessar as configurações acessando WooCommerce › Configurações, onde vai encontrar opções de pagamento, entrega, impostos e mais:

painel de gerenciamento no magento

Como você deve lembrar, muitas dessas configurações já foram feitas através do assistente de configurações iniciais do WooCommerce. Mas ainda existem muitas outras opções para modificar o funcionamento da sua loja. Por exemplo, o WooCommerce permite a configuração de envio de emails para novos pedidos, cancelamentos e novas contas:

configurar notificacoes-magento

Basicamente você encontra tudo que é necessário para ter uma loja funcional em poucas abas.

Já o Magento, em contrapartida, fornece muito mais opções. Para configurar totalmente sua loja é preciso acessar muitas e muitas abas. Uma delas é a página Stores, onde você encontra as configurações de impostos, moeda, sistema de avaliação, e mais:

configurar loja no magento

Outra configuração importante fica na seção System, que lida com questões mais técnicas como backups e notificações:

sistema de backup no magento

Em resumo, é muito mais demorado configurar uma loja no Magento do que é no WooCommerce. Mas também é importante lembrar que ter tantas opções de configuração pode ser um benefício, pois te dá mais liberdade de deixar a loja exatamente como você deseja. Então na escolha de Magento ou WooCommerce o último leva a melhor em relação ao gerenciamento da loja.

Personalização

Personalizar a aparência e funcionalidade da loja é um elemento chave na escolha de uma plataforma de ecommerce. Afinal, uma loja simples de configurar mas que não oferece muitas opções de customização não é necessariamente tão vantajosa, certo?

Mas pode ficar tranquilo, tanto o WooCommerce quanto Magento não deixam a desejar nesse aspecto. O WooCommerce tem a vantagem de ser construído como um plugin do WordPress, o que te dá a vantagem de instalar e utilizar milhares de plugins. Existem também extensões específicas do WooCommerce que aumentam ainda mais as funcionalidades da plataforma:

plugins no woocommerce

E com os temas não é diferente. Você pode escolher entre a gigantesca coleção de temas do WordPress, muitas delas criadas especificamente para WooCommerce:

temas woocommerce

Por fim, a plataforma oferece muitas e muitas possibilidades de customização. Com um pouco de esforço e dedicação sua loja vai se parecer exatamente como você planeja.

O Magento também possui seu próprio conjunto de temas disponíveis. A plataforma oferece milhares de add-ons para personalizar as funcionalidade da loja:

extensoes magento

Mesmo que o número de add-ons do Magento não seja tão grande quanto os plugins do WordPress, encontra algum com as ferramentas que você busca não é difícil. Também é importante salientar que o Magento oferece mais opções de personalização nativas do que o WooCommerce, então os add-ons no final das contas podem nem ser necessários.

Em relação a aparência do site, o Magento incentiva o usuário a criar seu próprio layout. Mesmo assim ainda é possível encontrar muitas opções de temas na internet, tanto no Magento Marketplace e em outras plataformas, como o ThemeForest:

temas magento

Pelos motivos apresentados, consideramos que ambas as plataformas ficam de igual para igual no quesito personalização. Então declaramos um empate.

Performance

Como o Magento e WooCommerce são plataformas de hospedagem self-hosted, sua performance depende muito de dois fatores:

  1. O provedor de hospedagem e a otimização oferecida para sua plataforma.
  2. A arquitetura da plataforma.

Ambas as plataformas são nativamente bastante rápidas. Isso significa que, presumindo que você tenha uma hospedagem de qualidade e tenha tomado algumas medidas de otimização, o desempenho de sua loja deve ser bom independente de qual seja a plataforma.

Por exemplo, se você possui uma loja com milhares de acessos diários é provável que uma hospedagem compartilhada não seja suficiente para dar conta do tráfego. Seu site vai problemas de lentidão em momentos de pico de acesso. E claro, não queremos perder clientes por isso!

A hospedagem compartilhada deve ser suficiente para quem está no começo. Mas com o crescimento da loja vai ser necessário um upgrade para manter tudo funcionando corretamente, e nós podemos te ajudar com isso. Nós temos planos de hospedagem dedicados para usuários Magento and WooCommerce.

Já que estamos falando de performance, é importante mencionar escalabilidade. De forma geral o Magento lida melhor com picos de tráfego do que outras plataformas de Ecommerce, incluindo WooCommerce. Mas você só vai perceber a diferença quando o tráfego e sua loja começar a aumentar.

A leve vantagem de escalabilidade faz com que o Magento leve a melhor no que se trata de Performance.

Segurança

Lojas virtuais lidam com informações bastante sensíveis. Para comprar um item em sua loja é necessário inserir dados de pagamento, endereço de entrega, entre outros. Esse tipo de informação em hipótese alguma pode ser comprometida, então segurança deve ser um aspecto de bastante influência na escolha entre Magento ou WooCommerce.

Generalizando, você tem 3 linhas de defesa:

  1. As medidas de segurança fornecidas pelo provedor de hospedagem.
  2. Os mecanismos de segurança de sua plataforma.
  3. Os plugins ou add-ons de segurança que você tenha instalado.

Quando se trata de segurança da própria plataforma, ambas fazem um bom trabalho. Por serem de código-aberto elas recebem atualizações contra possíveis vulnerabilidades com frequência.

Mas claro que isso não significa que nunca há problemas de segurança. O WooCommerce, por ser baseado no WordPress, pode ser vulnerável. A plataforma por padrão é segura, mas muitos usuários possuem plugins, themes, e versões do WordPress desatualizado. Deixar de fazer essas atualizações pode abrir espaço para vulnerabilidades no WooCommerce.

Mas se você tem a boa prática de sempre atualizar seus softwares então não há motivo para preocupações. O mesmo se aplica para o Magento. Porém o Magento também lança atualizações dedicadas somente a segurança, além das atualizações regulares. Esse esforço extra para manter o Magento seguro dá uma vantagem para a plataforma na maioria dos casos.

Com um pouco de esforço você pode fazer com que as duas plataformas sejam seguras da mesma maneira. Mas mesmo assim o Magento vai levar a melhor nesse round entre Magento ou WooCommerce, já que os desenvolvedores dedicam esforço extra somente para segurança.

Vantagens do Magento

O Magento é certamente uma das plataformas mais populares de loja virtual do mundo. Existem diversos motivos para considerar usar a plataforma, entre eles:

  • Oferece diversos recursos e ferramentas.
  • A plataforma é construída para suportar grandes demandas de tráfego com ênfase em segurança.
  • Você pode personalizar a loja da maneira que preferir.

Em nossa experiência o Magento é uma das plataformas mais completas para lojas online. Seu único ponto negativo é a complexidade de configuração, o que significa que você precisa ter algum conhecimento na área para deixar tudo funcionando corretamente. Se essa é a primeira vez que você está construindo uma loja virtual pode ser que leve um pouco de tempo até descobrir tudo que o Magento tem a oferecer, mas todo o esforço e tempo dedicados valem a pena.

Vantagens do WooCommerce

O WooCommerce anda lado a lado com o WordPress, que é a sua maior atração. Mas existem muitos outros motivos que tornam o WooCommerce uma excelente escolha, entre eles:

  • É extremamente simples de usar, mesmo para iniciantes.
  • Milhares de temas e plugins para personalizar a loja.
  • Painel intuitivo de gerenciamento da loja.

De forma geral, o WooCommerce é uma plataforma muito mais amigável para iniciantes do que o Magento. Mas isso não significa que não tenha todos os recursos necessários. Pelo contrário, prova que uma plataforma não precisa ser complexa para ser funcional – um balanço que o WooCommerce mantém de forma maestral.

Conclusão

Quando se trata de ecommerce, você precisa de uma plataforma segura, altamente customizável e de bom desempenho. Nesses quesitos nem Magento ou WooCommerce deixam a desejar. Todavia o WooCommerce é mais recomendado para quem está começando por ser construído no WordPress. O Magento é uma ótima opção para quem já possui alguma experiência.

Na batalha entre Magento x WooCommerce, quem ganha na sua opinião? Compartilhe conosco na seção de comentários abaixo!

 

Ariane G.

Ariane é jornalista, analista de conteúdo & SEO na Hostinger Brasil e tem o papel de contar para todo mundo o poder transformador da internet. Com foco em otimização, produção para web e técnicas de SEO, divide os dias entre pesquisas de palavras-chave e passagens aéreas (ela ama viajar).

Deixe um Comentário

Deixe seu comentário!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Comece a Economizar Agora!

Hospedagem com tudo incluso e nome de domínio
R$2
29
/mês*

Cadastre-se

Receba nossos conteúdos e novidades direto no seu e-mail!

 

Estamos cadastrando...

Pronto! Obrigado por se inscrever!