Erro 401 Não Autorizado: O Que Significa e Como Resolver

Ao navegar na internet, às vezes você pode se deparar com uma mensagem de erro que impede seu acesso a um site ou página. Muitos destes erros são da família HTTP 4xx, que indicam haver um problema na solicitação feita pelo navegador do usuário ao servidor em que o site está hospedado.

O Erro 401 é um destes erros, e neste tutorial vamos saber mais sobre o que isso significa, descobrir o que causa o problema e conhecer algumas soluções para o erro. 

Abaixo você confere uma tabela com maiores informações:

Código do erro401
Tipo de erroErro HTTP que aparece para o visitante
Variações do ErroErro 401 Não Autorizado
HTTP 401 – Não Autorizado
Acesso Negado
Autorização Necessária
Error 401 Unauthorized
Access Denied
HTTP 401 – Unauthorized
Causa do ErroURL errada ou link desatualizado
Credenciais incorretas
Cache do navegador
Problema de firewall ou DNS
Incompatibilidade de plugins/temas

O Significa o Erro 401

O Erro 401 indica um problema nas credenciais de acesso à página. Esse erro costuma ser temporário, e o site que você está tentando acessar deixará de apresentar a mensagem assim que forem inseridas informações válidas de usuário e senha.

Esse tipo de erro HTTP é exibido em sites que exigem um login para acesso. Geralmente a mensagem aparece porque as credenciais são inválidas ou o navegador não consegue autenticá-las.

Quando visitamos uma página na internet, nosso navegador envia uma solicitação ao servidor onde o site está hospedado. Podem acontecer algumas falhas nessas requisições, impedindo o acesso.

Se você se deparar com o Erro 401, significa que a solicitação feita pelo seu navegador ao servidor do site está com problemas em apresentar credenciais de autenticação válidas.

Uma das formas em que o Erro 401 é exibido vem acompanhada da mensagem “Não Autorizado”. Isso porque, ao fazer a solicitação de acesso à página do site, o servidor que o hospeda responde à solicitação informando que é necessária uma autorização para poder acessar o site.

Essa autorização é a autenticação com credenciais de login. Depois de ser temporariamente negado, o acesso só será liberado quando forem inseridas informações válidas de ID de usuário e senha.

Como o Erro 401 Aparece no Navegador

Como exibido na tabela acima, o Erro 401 pode aparecer de diferentes formas, dependendo do site e do navegador utilizado. Muitos sites – principalmente os grandes e com alto tráfego – tendem a personalizar suas páginas de erro, fazendo com que a mensagem fique customizada e em consonância com a marca, assim diminuindo a frustração dos visitantes ao se depararem com o erro de navegação. 

Como se trata de uma falha do lado do usuário, o Erro 401 pode ser exibido em qualquer navegador, e pode vir acompanhado de outro número, que dá mais detalhes sobre o problema, por exemplo:

  • 401.501: esse erro indica que muitas solicitações de acesso foram feitas num curto espaço de tempo, assim é atingido o número máximo de requisições. 
  • 401.503: esse erro indica que o endereço de IP do visitante pode estar bloqueado na lista de IPs negados pelo servidor.

Por este motivo, lembre-se que o erro de acesso negado por falta de autenticação das credenciais pode aparecer para você de mais de uma forma — com ícones, textos e imagens distintas. Independente do estilo da mensagem, todas indicam o mesmo erro: seu acesso está sendo negado pelo servidor porque há problemas nas credenciais de autenticação.

Abaixo você confere algumas das formas com que a mensagem de Erro 401 Não Autorizado pode ser exibida:

Exemplo de página com Erro 401 Requer Autenticação
Exemplo de página com Erro 401 Não Autorizado
Exemplo de página com HTTP Erro 401

Causas do Erro 401

São várias as possíveis causas do Erro 401. Como vimos, os erros do grupo HTTP iniciados pelo número 4 indicam falhas do lado do usuário, assim a mensagem é exibida no dispositivo do visitante (outros exemplos comuns desse tipo de problema são os erros 403 e 404).

De todo modo, muitos fatores podem ser responsáveis pela não autenticação das credenciais, inclusive falhas de validação no servidor.  

A primeira possível causa do Erro 401 é uma URL digitada de forma incorreta, ou um link inválido. Pode ser que o site que você está tentando acessar tenha alterado os endereços das páginas, e assim você está abrindo um link desatualizado.

Nesse mesmo sentido, o cache do navegador pode indicar uma possível causa para a exibição do Erro 401 Não Autorizado. Os navegadores armazenam informações em cache para facilitar e acelerar o acesso às páginas que você visita com frequência. Algumas vezes, esses dados armazenados podem estar desatualizados.

Um dos motivos mais simples que podem acarretar no Erro 401 é de alguma informação estar incorreta. Como a falha está nas credenciais de autenticação, às vezes será necessário recuperar sua senha para que os dados corretos sejam inseridos nos campos de login.

Problemas de firewall também indicam uma possível causa do Erro 401, já que a comunicação entre firewall e servidor pode apresentar falhas de autenticação.

Um firewall de segurança do próprio site também pode levar à exibição do erro se detectar alguma ameaça. Isso é vale para todos os plugins e temas, principalmente de sites WordPress. Se você é dono de um site e alguma das suas páginas está apresentando o Erro 401, a causa pode ser uma incompatibilidade de plugins ou temas. 

Como Corrigir o Erro 401 no seu Navegador

Já que há muitos motivos que levam ao Erro 401 Não Autorizado, muitas também são as soluções para ele. 

Abaixo listamos algumas formas de resolver o erro caso você se depare com a mensagem de 401 Acesso Negado quando tentar acessar algum site.

Verifique a URL

A primeira coisa a ser feita é verificar a URL que você está tentando acessar. Confira se digitou o endereço correto, se não há letras a mais, a menos ou caracteres inválidos. Atualize a página em seguida e tente novamente.

Uma ótima forma de saber que você está acessando o link correto é visitar a página principal do site e, a partir dali, buscar a seção de login ou entrada no portal.

Outra possibilidade de erro nos links é que você pode estar tentando acessar um site normal, que não exige credenciais de autenticação. Porém, ao utilizar uma URL errada, acaba visitando uma página que só é acessível a usuários autorizados com senha.

Recupere sua Senha

O Erro 401 indica que suas informações de autenticação para a página estão incorretas. Portanto, pode ser que você tenha digitado algum dado errado, como usuário ou senha. Atualize a página e tente fazer o login novamente, tomando cuidado para inserir todos os detalhes corretamente. 

Hoje em dia, a maioria dos portais na internet possui uma função de recuperação de senha na área de login. Tente fazer esse processo, clicando na opção “esqueci minha senha”, ou similar.

Delete o Cache do seu Navegador

Como os navegadores armazenam informações em cache, alguns dados podem ficar desatualizados após algum tempo, gerando erros. Por isso é importante limpar seu cache com certa regularidade. 

O processo de limpeza do cache tende a ser muito semelhante em todos os navegadores, mesmo que a localização dos botões ou a nomenclatura possa variar um pouco de acordo com o browser utilizado. Abaixo, indicamos os passos gerais para limpar o cache do navegador:

  1. Através do menu de configurações (tende a ser representado por 3 pontinhos ou risquinhos no canto superior direito do navegador), acesse o histórico de buscas (no Google Chrome também pode ser acessado através das teclas Ctrl + H). 
  2. Uma vez na página do histórico, localize os dados de navegação ou seção similar. 
  3. Na nova janela, você poderá selecionar as configurações da limpeza, incluindo qual o período a ser apagado e quais elementos deverão ser excluídos (cache, cookies, histórico).
  4. Assim que selecionar as informações de acordo com sua preferência, basta clicar em Limpar dados (Remover Agora ou Limpar Agora).
Página de configurações de limpeza de cache do Google Chrome
(Processo de limpeza de cache no Google Chrome)

Limpar o cache (seja do navegador, do sistema operacional ou do firewall) significa que você estará apagando dados antigos — muitas vezes desatualizados — que podem estar causando falhas ou interrupções no processo de autenticação das credenciais.

Ao limpar informações inválidas, você poderá fazer o acesso como se fosse a primeira vez, inserindo usuário e senha válidos.

Faça o Flush do DNS

O Flush DNS nada mais é do que a limpeza do cache DNS do seu dispositivo. Assim como os navegadores armazenam dados, os sistemas operacionais também o fazem. Portanto, limpar esse cache pode ser a solução para seus problemas de acesso ou conexão, incluindo os erros de código de status.

Apesar de parecer complexo, o Flush DNS é relativamente simples, mas varia de acordo com o sistema que você utilizar. Você pode conferir em nosso tutorial o passo a passo de como limpar o cache DNS.

Caso opere com Windows, o passo a passo começa no prompt de comando. Para acessar esse terminal, clique na tecla do Windows (representada pelos quatro quadradinhos) e na tecla R simultaneamente.

Então, basta digitar ipconfig/flushdns e teclar Enter. Quando o processo for concluído, será exibida uma mensagem no prompt de comando indicando que foi bem-sucedido.

Caso você utilize um firewall particular, também é indicado realizar a limpeza do cache dele — através do processo conhecido como purge firewall cache. Consulte a documentação ou a página de suporte do firewall utilizado para limpar o cache de acordo com as indicações específicas.

Entre em contato com o Dono do Site

Caso nenhum dos processos acima tenha resolvido o Erro HTTP 401, a falha provavelmente está do lado do servidor. Nesse caso, recomendamos que você entre em contato com o proprietário do site ou com o suporte da empresa para reportar o erro e receber mais detalhes sobre o problema.

Ilustração gráfica do erro 401 - credenciais não autorizadas
(Fonte: Freepik/Reprodução)

Como Corrigir o Erro 401 no seu Site

Caso você esteja enfrentando o Erro 401 em seu próprio site, impedindo os visitantes de acessar suas páginas, saiba que há soluções para o problema!

Enquanto dono de um site, você não quer que mensagens de erro sejam exibidas, frustrando seus usuários. Por isso, confira abaixo algumas das formas de resolver o Erro 401 Não Autorizado no seu site.

Desative seus Plugins do WordPress

Se seu site foi construído com o WordPress — o CMS mais popular do mundo — há uma grande chance do Erro 401 ser resultado de uma incompatibilidade de plugins ou do tema. 

Principalmente no caso de plugins focados em segurança, a mensagem de Erro 401 pode ser exibida quando alguma atividade suspeita de login é detectada. Além disso, plugins desatualizados ou com bugs também podem acarretar no problema.

Para solucionar essa falha, é necessário desabilitar o plugin que está causando o erro. De todo modo, você só saberá qual deles é o problemático ao desativar todos e reativar um por um. 

No menu de administração do WordPress:

  1. Acesse a aba de Plugins instalados
  2. Selecione todos eles, e na opção de Ações em massa, clique em Desativar
  3. Abra seu site em uma nova página para verificar que a mensagem de Erro 401 não está mais sendo exibida. 
  4. Retorne ao painel do WordPress e clique em ativar em cada um dos plugins, um de cada vez. Verifique o site a cada plugin que for reabilitado, assim você saberá qual deles é o responsável pelo problema.
  5. Uma vez identificado o plugin com falha, você pode removê-lo através da função de desinstalar, para garantir que o erro não se repita. A partir disso, busque outro plugin semelhante para substitui-lo, ou entre em contato com os desenvolvedores do plugin para reportar o erro e solucionar o problema.

O processo é similar em outros CMS (Sistema de Gerenciamento de Conteúdo, na sigla traduzida). Basta desativar todos os plugins e reativar um de cada vez depois. Quando localizar o problemático, desinstale tal plugin.

Se você hospeda seu site na Hostinger, pode fazer esse processo sem precisar entrar em seu painel WordPress. Confira nosso guia sobre como desabilitar plugins no gerenciador de arquivos.

Desative seus Temas do WordPress

Os plugins não são os únicos elementos do WordPress que podem causar incompatibilidades e problemas de acesso. Os temas também podem apresentar falhas que levam a diversos erros, como o 401 Não Autorizado.

Recomendamos que, caso o erro persista depois de desabilitar os plugins, você realize um processo semelhante com relação ao tema do seu site. 

No painel de administração do WordPress, na sessão Temas, tente desativar o atual e ativar um tema padrão do WP. Verifique o site, pois caso o problema esteja no tema, a mensagem de Erro 401 terá sumido. Nesse caso, ative outro tema de sua preferência e entre em contato com time de suporte tema problemático para reportar o problema.

Verifique a Resposta do Cabeçalho WWW-Authenticate

As comunicações entre navegador do usuário e servidor do site são feitas através de solicitações e respostas. As mensagens de erro que eventualmente aparecem são exibidas através de um código que é enviado na resposta do servidor ao navegador do usuário.

No caso do Erro 401 Não Autorizado, o cabeçalho WWW-Authenticate envia esse código, e ele é responsável pela identificação das credenciais de autenticação na tentativa de acesso a uma página protegida. 

Portanto, recomendamos que você verifique se a resposta foi enviada pelo cabeçalho WWW-Authenticate e qual o tipo de autenticação utilizada. Para isso, você deverá acessar as ferramentas de desenvolvimento do navegador. 

Abaixo indicamos o passo a passo desse processo:

  1. Acesse as DevTools ou console de desenvolvimento do Chrome. Isso pode ser feito pela tecla F12 do seu teclado ou clicando com o botão direito em qualquer local da página do site, e selecionando a opção Inspecionar.
  2. Em seguida, clique na aba Network (rede) e atualize a página (tecla F5 do teclado ou botão de recarregar na barra de endereço do navegador).
  3. Uma lista de recursos e processos será gerada. Na coluna Status estará listado o código 401, localize esta linha e selecione ela. 
  4. Na janela que se abre logo ao lado, assim que você clicar na entrada do código de status 401, acesse a aba Headers (cabeçalhos). 
  5. Role um pouco para baixo até a sessão Response Headers (cabeçalhos de resposta). Então localize o WWW-Authenticate. 

Os detalhes tipo qual o método utilizado para autenticação (por exemplo, o tipo básico requer apenas um ID e senha) e se a resposta do cabeçalho realmente foi enviada. A partir dessas informações, você poderá identificar se há um problema no cabeçalho WWW-Authenticate, na resposta ou na forma de autenticação configurada.

Caso seu site esteja hospedado com a Hostinger, alguma de suas páginas esteja apresentando o Erro 401 — e nenhuma das soluções acima funcionou você ainda pode entrar em contato com a nossa equipe de Sucesso do Cliente. Nossos analistas fornecerão a você todo o suporte necessário para entender e poder resolver o erro, caso ele ainda persista. 

Conclusão

Agora você já sabe que o Erro 401 significa que há uma falha nas credenciais de autenticação. 

O problema que leva ao Erro 401 Não Autorizado pode estar na digitação da URL, nas informações inseridas nos campos de login, no cache desatualizado do navegador e do sistema operacional, ou nos próprios plugins do site.

Por isso, para solucionar a mensagem de erro, enquanto visitante de um site, tenha certeza de:

  • Atualizar a página e conferir a URL digitada, garantindo que o link está correto;
  • Fazer o login novamente, prestando atenção nas informações inseridas e recuperando a senha se necessário;
  • Limpar o cache do navegador;
  • Realizar o processo do flush DNS e limpeza do cache do firewall;
  • Contatar o proprietário ou a central de suporte do site.

Caso você seja dono de um site que está apresentando uma mensagem de Erro 401, realize os seguintes processos para resolver o problema:

  • Desabilite os plugins do site e habilite um por um para localizar qual está gerando o erro. Não se esqueça de desinstalar o plugin problemático assim que descobrir qual é; 
  • Faça a troca de tema para verificar se o tema atual pode estar apresentando incompatibilidades ou falhas;
  • Verifique o cabeçalho WWW-Authenticate;
  • Entre em contato com seu provedor de hospedagem. 
Author
O autor

Bruna B. Barro

Bruna é formada em relações internacionais pela UFSC e atualmente faz mestrado em sociologia pela UFRJ. Determinada em tornar o conhecimento sobre tecnologia acessível a todas as pessoas, atua como tradutora e redatora freelancer na Hostinger. Tem experiência com tradução, localização, redação, gerenciamento de projetos, atendimento ao cliente e escrita acadêmica. No seu tempo livre gosta de assistir séries, cozinhar e jogar jogos de lógica.