Web Server: O que é e Como Funciona?

De maneira simplificada, um servidor web é um computador responsável pelo armazenamento, processamento e entrega dos arquivos dos sites para os navegadores.

Baixar eBook: Como Criar seu Primeiro Site em 9 Passos Fáce

Através deste processo, os servidores web carregam e entregam a página solicitada para o navegador do usuário — como o Google Chrome, por exemplo. Os servidores web também utilizam o Simple Mail Transfer Protocol (SMTP) e File Transfer Protocol (FTP) para processar arquivos para emails e armazenamento.

Afinal, para que serve um servidor web? Por parte do hardware, o servidor web se conecta à internet, o que possibilita a troca de dados e arquivos entre outros dispositivos também conectados. Os dados podem vir de diferentes formas, como arquivos HTML, imagens, arquivos JavaScript ou Stylesheets de CSS. Os servidores web também armazenam os softwares necessários para seu funcionamento.

Já os softwares de servidores web controlam como os usuários acessam os arquivos hospedados. Eles são compostos por inúmeros componentes, e hospedam pelo menos um servidor HTTP. Um servidor HTTP é um software que consegue compreender solicitações HTTP e URLs.

Continue lendo, pois este artigo explicará como servidores web funcionam, por que são necessários, e também mostrará alguns exemplos populares.

Como Funciona um Servidor Web?

Os servidores web seguem um modelo client-server (cliente-servidor). Nessa estrutura, um programa, também conhecido como cliente, solicita um recurso ou serviço de outro programa, o servidor.

Para processar as requisições dos clientes web, os servidores web seguem algumas etapas:

  1. Quando um usuário web deseja carregar o conteúdo de um site, seu navegador solicita o acesso através da internet. Isso é conhecido como uma solicitação HTTP. O navegador procura pelo endereço de IP do site solicitado traduzindo a URL das páginas web através do Sistema de Nomes de Domínio (DNS) ou verificando seu cache. Esse processo localiza o servidor web onde os arquivos do site estão hospedados.
  2. O servidor web recebe a requisição HTTP e a processa através do seu servidor HTTP. Assim que o servidor HTTP aceita a requisição, ele procura pelos dados relevantes em seus arquivos.
  3. Depois disso, o servidor web retorna os arquivos do site para o navegador que enviou a requisição, e então o usuário web consegue ver o conteúdo do site.

Entretanto, se o servidor HTTP falhar em encontrar ou processar os arquivos solicitados, ele responderá ao navegador com uma mensagem de erro. Uma das mensagens de erro mais comuns é o erro 404, mas o erro 403 também pode aparecer se houver problemas de permissão.

Por outro lado, se o servidor web não receber uma resposta rápida o suficiente de outro servidor que esteja atuando como proxy ou gateway, você encontrará o erro 504.

página de erro 404 da hostinger

Servidor Web Estático vs Dinâmico

Os servidores web podem exibir conteúdo estático ou dinâmico. Um servidor web estático consiste em um computador e um software de HTTP. Os servidores web estáticos enviam os arquivos de um site de volta para o navegador sem mudança alguma.

Um servidor web dinâmico basicamente atualiza os arquivos hospedados antes de entregá-los através de um servidor HTTP. Isso possibilita que ele gera e envie conteúdo dinâmico para o navegador.

Recursos de servidores web

Além de suportar os protocolos HTTP para processar requisições e respostas recebidas, a maioria dos servidores web oferecem os seguintes recursos:

Log de arquivos. O log de arquivos documenta quaisquer eventos ou atividades que o servidor web executa, como requisições, segurança e logs de erros. Toda vez que um servidor web recebe uma nova requisição, uma linha de texto é adicionada ao log.

Autenticação. Muitos servidores oferecem essa funcionalidade antes de permitir o acesso completo ou parcial aos recursos do site. A autenticação geralmente envolve as requisições de autorização – quando um login e senha são exigidos, por exemplo.

Limitação de largura de banda. A largura de banda de um servidor web se refere à quantidade de dados que pode ser transferida ou processada durante um determinado momento. A limitação de bandwidth controla a velocidade das respostas do servidor para garantir que a rede não seja sobrecarregada e consiga entregar os arquivos sem problemas.

Espaço de armazenamento. Refere-se ao espaço em disco disponível para armazenar arquivos, o que determina se um servidor tem a capacidade de hospedar um site.

Um servidor web também tem outros elementos essenciais, como, por exemplo:

Linguagem de programação. A linguagem de programação de um servidor web é o tipo de código usado para desenvolver os programas executados pelo servidor. Também conhecidas como linguagens de script server-side, alguns exemplos de linguagens de programação incluem o PHP e o Python.

Uptime. O uptime do servidor rastreia a quantidade de tempo em que um servidor da web está funcional e pode processar requisições ou entregar arquivos. O uptime também indica quando um site hospedado está operacional, o que chamamos de uptime do site. O padrão da indústria é uma garantia de 99,9%.

Por Que Usamos Servidores Web?

Servidores web exercem três funções principais: 

  • Hospedar múltiplos sites e aplicações web.
  • Processar requisições de File Transfer Protocol (FTP).
  • Enviar e receber emails.

Os servidores web hospedam sites para que eles possam ser acessados na Internet. É por isso que os recursos e funções de um servidor web se concentram na criação e manutenção de um ambiente de hospedagem.

A hospedagem é um serviço fornece um espaço no servidor para armazenar os arquivos, recursos e bancos de dados do seu site.

Também é função de um provedor de hospedagem garantir que os servidores funcionem perfeitamente, o que envolve gerar backups, armazenamento em cache, monitoramento de segurança e manutenção geral do servidor.

Alguns dos principais benefícios de se ter um provedor de hospedagem web para monitorar e manter o servidor em que seu site está hospedado incluem:

  • Melhor uptime e performance. Um provedor de hospedagem web cuida da manutenção do hardware e de atualizações no software, ajudando a melhorar a performance e uptime do seu site.
  • Servidores mais seguros. Os provedores de hospedagem web implementam protocolos de segurança efetivos, o que reduz vulnerabilidades e protege os sites hospedados contra malwares e ciberataques. 
  • Inúmeras opções de planos de hospedagem. Os proprietários de sites podem escolher planos de hospedagem com diferentes recursos e funcionalidades dependendo de suas necessidades.
  • Custo-benefício. Os proprietários de sites não precisam manter um servidor dedicado e podem escolher um plano de hospedagem que forneça a quantidade necessária de recursos para o servidor. 
  • Flexibilidade. Os provedores de hospedagem web oferecem planos escaláveis, de forma que os proprietários de sites possam adquirir recursos de hospedagem adicionais conforme necessário, como mais espaço de armazenamento ou largura de banda.

Servidores Web no Mercado

Alguns dos exemplos de servidores web mais populares incluem:

  • Servidor HTTP Apache. É um servidor web gratuito e de código aberto que é usado em diversos sistemas operacionais, incluindo o Windows, Linux e Mac OS X.
    O Apache é o software para servidores web mais antigo que existe, e é um dos preferidos de desenvolvedores, proprietários de sites e provedores de hospedagem, com mais de 31% de participação de mercado. 
  • NGINX. É um software para servidores web de código aberto bastante popular, que inicialmente funcionava apenas para a navegação em HTTP. Hoje em dia, ele também é usado como proxy reverso, balanceador de carga HTTP, e proxy de email. O NGINX é conhecido por sua velocidade e capacidade de suportar múltiplas conexões, e é por isso que muitos sites de alto tráfego utilizam seus serviços.
  • Microsoft Internet Information Services (IIS). O IIS é um software para servidores web de código fechado desenvolvido pela Microsoft e amplamente utilizado em sistemas operacionais Windows. 
  • Lighttpd. É um software para servidores web gratuito e de código aberto conhecido por sua velocidade e menor exigência de poder de processamento da CPU. O Lighttpd também é popular por sua baixa utilização de memória. 

Na hospedagem de sites, cada provedor de hospedagem oferece diferentes tipos de servidores. A Hostinger, por exemplo, suporta o Apache e o NGINX, os dois principais servidores web do mercado.

Conclusão

Um servidor web é um computador que armazena, processa e entrega arquivos de sites. Ele é composto pelo hardware e pelo software, cada um desempenhando um papel distinto no processamento de arquivos.

Além disso, diferentes tipos de servidores web podem fornecer conteúdo dinâmico ou conteúdo estático a um navegador. Independentemente do tipo, os servidores web vêm com alguns recursos padrão, incluindo:

  • Log de arquivos
  • Autenticação
  • Limitação de largura de banda
  • Espaço de armazenamento

Sua principal função é hospedar sites, processar requisições HTTP e entregar conteúdo da web aos usuários. Dessa forma, para ter seu site online, você precisa de um servidor próprio ou de uma hospedagem de sites.

Se você escolher uma hospedagem de sites, o provedor de hospedagem será responsável pelo seu servidor, o que garantirá sua segurança e performance, e isso lhe poupará um tempo precioso que poderá ser usado para focar em outros aspectos do seu negócio e do crescimento do seu site.

Author
O autor

eduardoweber

Eduardo Weber trabalha com suporte ao cliente na Hostinger e também é apaixonado por tradução. Seus hobbies incluem traduzir diálogos de JRPGs, se assustar com games de terror e estudar japonês no tempo livre.