Largest Contentful Paint (LCP): O Que É e 11 Maneiras de Melhorá-la

Compreender os Core Web Vitals ajuda a garantir que seu site possa oferecer a melhor experiência ao usuário. Eles consistem em várias métricas que representam como os usuários interagem com seu site, uma das quais é a Largest Contentful Paint (LCP).

O Que é Largest Contentful Paint?

A Largest Contentful Paint (LCP) representa o tempo de carregamento de um site. Ela se concentra em medir a rapidez com que a página da web renderiza seus maiores elementos, incluindo imagens e blocos de texto. Uma boa pontuação de LCP pode indicar uma melhor experiência do usuário e menores taxas de rejeição.

Neste artigo, vamos mergulhar mais fundo na Largest Contentful Paint, analisando como medi-la e alguns métodos úteis para melhorá-la.

Como Medir a Largest Contentful Paint

Medir as métricas do Core Web Vitals, desde o Primeiro Atraso de Entrada (FID) até a Largest Contentful Paint (LCP), requer certas ferramentas e software. Os dados de campo são coletados de usuários reais e suas experiências, enquanto os dados de laboratório coletam informações de um ambiente simulado.

Algumas ferramentas também combinam os dois tipos de dados para fornecer um relatório mais detalhado para otimizar seu site.

Uma das ferramentas mais populares para medir o LCP é a PageSpeed Insights da Google. É uma ferramenta gratuita que ajuda os usuários a analisar e diagnosticar o desempenho da web ao apresentar auditorias relevantes e oportunidades de melhoria.

Usar o PageSpeed ​​Insights é relativamente fácil. Aqui está o que você precisa fazer ao operar esta ferramenta:

  • Digite ou cole a URL do site na barra de pesquisa na parte superior da página e clique no botão Analisar. Observe que a conclusão da análise de desempenho pode levar alguns minutos.
    barra de busca do pagespeed insights
  • Quando a análise estiver concluída, verifique a seção Diagnosticar problemas de desempenho para obter métricas e recomendações úteis para melhorar a performance. Uma pontuação representa o resultado geral.
  • Você pode encontrar mais métricas, incluindo a Largest Contentful Paint, a First Contentful Paint e Mudança de Layout Cumulativa. Clique em Expandir visualização para ler breves explicações de cada métrica.
    resultado do teste do pagespeed insights
  • O PageSpeed ​​Insights também oferece várias recomendações e diagnósticos para melhorar o desempenho do site. Também é possível filtrá-las com base em Core Web Vitals relevantes.
    oportunidades e diagnóstico do site no pagespeed insights

Outras ferramentas que você pode querer considerar são Lighthouse e SearchConsole.

O Que é uma Boa Pontuação para a Largest Contentful Paint?

exemplos de boas e más pontuações do largest contentful paint

A pontuação de Largest Contentful Paint é medida em segundos. Como regra geral, uma página da web deve ser capaz de renderizar seus maiores elementos em menos de 2,5 segundos.

Uma página com uma pontuação de LCP de 1,2 segundo ou menos significa que ela é boa o suficiente e você não precisa realizar outras ações. Uma pontuação entre 1,2 e 2,5 segundos ainda é aceitável. No entanto, você pode querer ajustar alguns elementos para melhorá-la.

Uma pontuação de LCP superior a 2,5 segundos significa que seu site tem um desempenho ruim que pode afetar negativamente a experiência do usuário e, em última análise, atrapalhar o crescimento do seu negócio.

Quais Elementos a Largest Contentful Paint Mede?

Cada métrica mede diferentes elementos do site. Por exemplo, a Primeira Pintura de Conteúdo (FCP) mede o tempo necessário para uma página da Web exibir o primeiro conteúdo. Nesse caso, o conteúdo inclui imagens, gráficos e elementos de texto.

Enquanto isso, a LCP mede apenas a rapidez com que uma página pode carregar o maior elemento dentro da janela de visualização, que é a área da janela que mostra o conteúdo. Isso ocorre porque o tempo necessário para exibir o maior elemento é um indicador importante de quão rápido a página pode carregar.

Os elementos que acionam as entradas de LCP incluem:

  • Elementos de imagem (incluindo aqueles dentro de um elemento SVG)
  • Elementos de vídeo
  • Elementos com uma imagem de fundo carregada usando a url() function
  • Nós de texto em elementos de nível de bloco

O que é considerado o maior elemento depende do tipo. Para elementos de imagem, o tamanho relatado pode ser tanto seu tamanho visível quanto seu tamanho intrínseco. A opção escolhida é sempre a que for menor.

Para elementos de texto, o LCP considera apenas o tamanho de seus nós de texto.

Além disso, a Largest Contentful Paint não considerará nenhuma parte de um elemento que se estenda fora da janela de visualização, ou que seja recortado por ela. Isso significa que o cálculo do tamanho não inclui nenhuma margem, preenchimento ou borda.

Como Melhorar a Largest Contentful Paint: 11 Métodos Eficazes

A Largest Contentful Paint é um indicador importante da velocidade de carregamento da página de um site. Portanto, uma pontuação baixa de LCP pode resultar em uma experiência ruim para o usuário.

Existem várias causas comuns de desempenho ruim do site, incluindo:

  • Tempos de resposta do servidor e tempos de carregamento de recursos lentos
  • Renderização do lado do cliente
  • Recursos de bloqueio de renderização

Felizmente, existem várias maneiras de resolver esses problemas. Vejamos 11 métodos eficazes para melhorar a maior pontuação de conteúdo do seu site.

1. Utilize uma CDN

Nível de dificuldade: médio

Impacto: baixo/médio/alto

A rede de entrega de conteúdo (CDN) é uma ótima ferramenta para melhorar o gerenciamento de tráfego do seu site. Uma CDN usa servidores adicionais para auxiliar quando o servidor de origem precisa lidar com tráfego intenso.

Normalmente, sites maiores usam essa tecnologia para lidar com muitos visitantes regularmente.

Por isso, uma CDN pode ajudar a melhorar o LCP equilibrando a carga da rede. Afinal, as solicitações dos visitantes não precisam ser enfileiradas no mesmo servidor.

Isso pode resultar em uma pontuação de LCP mais rápida e potencialmente melhorar a experiência do usuário.

Uma CDN também pode ser aprimorada com software adicional, como uma CDN de imagem, que otimiza e transforma tamanhos de imagem em tempo real. Isso pode melhorar ainda mais a rapidez com que um site rico em mídia renderiza seu conteúdo.

breve descrição sobre o cdn da cloudflare

O processo de configurar uma CDN varia dependendo do seu provedor de hospedagem. Normalmente, é relativamente simples.

Se você estiver usando a Hostinger, é possível habilitar uma CDN diretamente do hPanel.

Uma das soluções de CDN mais populares é a do Cloudflare, que oferece mais de 120 centros em todo o mundo. Este serviço oferece um plano gratuito e possui um processo de configuração simples, principalmente se você estiver configurando Cloudflare no WordPress.

Você pode querer considerar outras soluções CDN, incluindo StackPath, Sucuri, e CDN do Google Cloud.

2. Garanta o Dimensionamento Correto da Imagem

Nível de dificuldade: fácil

Eficiência: baixo/médio/alto

Como mencionado anteriormente, algumas imagens podem constituir um grande elemento de pintura com conteúdo, dependendo de seus tamanhos. Portanto, garantir que suas páginas da Web tenham o tamanho de imagem otimizado é importante para manter uma boa pontuação de LCP.

A chave aqui é entender o dimensionamento correto da imagem com base no dispositivo do usuário. Para garantir uma boa pontuação de LCP, as páginas da Web precisam usar imagens responsivas.

Por exemplo, se a versão para computador do seu site usa imagens de tamanho grande, a versão para celular deve usar imagens de tamanho médio.

Também é importante conhecer os tamanhos de imagem padrão da plataforma do seu site. Por exemplo, há quatro padrões de Tamanhos de imagem do WordPress, que são:

  • Miniatura – precisamente 150 pixels quadrados.
  • Médio – até 300 pixels quadrados.
  • Grande – máximo de 1024 pixels quadrados.
  • Tamanho completo – refere-se ao tamanho da imagem original.

Tenha em mente que as imagens relatam seu menor tamanho de elemento. Isso significa que uma imagem compactada relatará seu tamanho visível, enquanto uma imagem ampliada informará seu tamanho original.

3. Otimize as Imagens

Nível de dificuldade: fácil

Eficiência: baixo/médio/alto

Além de garantir o dimensionamento correto, existem outras formas de otimizar imagens em seu site e melhorar o tempo de carregamento.

Se você estiver otimizando imagens no WordPress, o método é relativamente fácil, pois você só precisa escolher o formato de arquivo correto ou usar um plug-in.

Algumas das ferramentas mais populares para otimizar imagens para sites incluem TinyPNG, Imagify e Kraken. Plugins como Optimole, Otimizador de imagem EWWW e ShortPixel também são ótimas opções para usuários do WordPress.

página de download do optimole no wordpress

A otimização de imagens não é útil apenas para melhorar a pontuação do LCP. Ela permite que você economize espaço de armazenamento e melhore potencialmente a qualidade do seu SEO do seu site. Se você é um usuário do WordPress, confira mais maneiras de melhorar seu SEO.

Leitura Sugerida

As imagens não são o único elemento que você precisa otimizar para melhorar o desempenho do seu site WordPress. Leia nosso artigo sobre como acelerar o WordPress para descobrir mais.

4. Melhore o Tempo de Resposta do Servidor

Nível de dificuldade: médio

Eficiência: baixo/médio/alto

O tempo de carregamento da sua página está intimamente relacionado aos tempos de resposta do servidor web. O processo de ida e volta entre a solicitação do navegador de um usuário e a solicitação do servidor é um dos principais fatores que afetam a velocidade de carregamento.

Esse processo também é conhecido como tempo de ida e volta (RTT).

Existem várias maneiras de melhorar o tempo de resposta do servidor, incluindo:

  • Implementar o cache do lado do servidor – os proprietários do site podem aproveitar o cache do navegador e do lado do servidor. O recurso de armazenamento em cache do lado do servidor geralmente está disponível em sua configuração de hospedagem.
  • Atualizar especificações do servidor – as especificações de hardware de um servidor afetam significativamente seu desempenho. Portanto, considere atualizar para um servidor com melhores recursos de CPU e maior capacidade de armazenamento.
  • Otimizar códigos de aplicativos– simplificar códigos usados ​​em funções como uma consulta de banco de dados pode ajudar a melhorar uma pontuação de LCP. Por exemplo, remover CSS não crítico pode ajudar a acelerar a renderização inicial. Não hesite em pedir ajuda de desenvolvedores web, pois essa etapa pode ser muito técnica.

Para sites WordPress, plugins como WP-DBManager podem ajudar a otimizar seu banco de dados, reduzindo bloqueios e agendando limpezas automáticas.

5. Use um Provedor de Hospedagem Confiável

Nível de dificuldade: fácil

Eficiência: Alto

A qualidade da hospedagem é um fator importante que afeta o desempenho geral da web. Uma boa hospedagem geralmente é configurada para aprimorar a experiência do usuário e vem com vários recursos para facilitar o gerenciamento da web.

Portanto, escolher um plano de hospedagem que atende às especificações do seu site pode melhorar a velocidade de carregamento percebida. A Hostinger possui uma ampla gama de opções de hospedagem que atendem a várias necessidades e preferências.

Por exemplo, nosso plano de hospedagem WordPress é ajustado especificamente para otimizar os recursos do CMS e garantir um tempo de carregamento mais rápido. O provedor também usa um painel de controle intuitivo que torna sua experiência de gerenciamento da web menos complicada.

6. Implemente o Cache

Nível de dificuldade: fácil/médio/difícil

Eficiência: baixo/médio/alto

Cache refere-se ao armazenamento de ativos estáticos de uma página em armazenamento temporário. Isso permite um tempo de carregamento de página mais rápido, reduzindo a quantidade de dados transferidos durante o processo de renderização inicial.

Existem dois métodos principais de armazenamento em cache — do lado do servidor e do lado do navegador.

Ao habilitar o cache do navegador, os visitantes podem salvar o cache em seu armazenamento local. Como resultado, eles não precisam baixar os mesmos dados ao revisitar seu site. Você pode aproveitar o cache do navegador manualmente ou usar plugins.

Por outro lado, o cache do lado do servidor é um método de armazenamento de uma versão pré-criada de uma página da web no servidor de origem. Com esse método, o servidor não precisa reconstruir ou carregar o conteúdo da página do banco de dados quando um usuário revisita o site.

página de download do litespeed cache no wordpress

Uma das ferramentas mais populares para habilitar o cache de sites é o LiteSpeed. Ele vem com funcionalidade avançada de cache e outros recursos úteis, como otimização de conteúdo dinâmico e balanceador de carga HTTP.

7. Corrija Problemas de Carregamento Lento

Nível de dificuldade: médio

Eficiência: baixo/médio/alto

O carregamento lento é uma técnica em que uma página adia o CSS não crítico e outros recursos durante a renderização inicial. Em vez disso, ela se concentrará no carregamento de conteúdo acima da dobra e renderizará recursos não críticos somente quando necessário.

O objetivo é tornar o processo de carregamento da página mais rápido.

Com esse método, seu site pode carregar arquivos de forma assíncrona, dependendo da distância até a janela de visualização.

Por exemplo, o conteúdo renderizado acima da dobra como uma imagem em destaque aparecerá imediatamente durante o carregamento inicial. No entanto, elementos como miniaturas de vídeo fora da janela de visualização são substituídos por imagens de espaço reservado até que os usuários rolem por eles.

Contudo, o carregamento lento às vezes pode piorar a pontuação do LCP devido a vários problemas. Por exemplo, sites que implementam carregamento lento nativo e têm todas as suas imagens seguindo o comportamento de carregamento lento podem obter uma pontuação LCP mais baixa.

Para corrigir esse problema, basta marcar com o atributo loading=”eager” a imagem em destaque que potencialmente será selecionada como o maior elemento de pintura de conteúdo.

Esta função permite que o elemento de imagem seja renderizado imediatamente, independente de sua distância da viewport.

Isso também pode acontecer com métodos de carregamento lento usando JavaScript. Como o navegador precisa executar o JavaScript antes de renderizar um elemento, isso pode prolongar o tempo de carregamento e piorar a pontuação de LCP.

A solução mais eficaz para esse problema é desabilitar o carregamento lento em imagens renderizadas acima da dobra. Como resultado, os navegadores irão carregá-las sem ter que executar JavaScript previamente.

8. Reduza os Arquivos JS, CSS e HTML

Nível de dificuldade: fácil

Eficiência: baixo

A minimização é um método para diminuir o tamanho do arquivo, principalmente ao reduzir as linhas de código dentro dele. Esse é um dos métodos de otimização de arquivo mais comuns que podem ajudar a melhorar sua métrica de LCP.

Alguns dos arquivos principais, como CSS, JavaScript e HTML, podem conter muitos espaços em branco desnecessários no código, o que aumenta seu tamanho. Mesmo que eles não pareçam significativos individualmente, eles podem piorar o desempenho do site quando acumulados.

Os donos de sites podem minificar arquivos CSS, HTML e JS manualmente ou usando plugins do WordPress. Alguns dos plugins de minimização mais populares incluem Fast Velocity Minify e WordPress Super Minify.

página de download do plugin fast velocity minify do wordpress

Depois de fazer isso, não se esqueça de verificar o relatório das Core Web Vitals. Ferramentas como o PageSpeed ​​Insights podem oferecer outras oportunidades de minificação caso você tenha perdido algumas.

9. Elimine JavaScript e CSS ao Bloquear a Renderização

Nível de dificuldade: fácil

Eficiência: baixo/médio/alto

Os recursos de bloqueio de renderização são partes de arquivos que podem retardar o processo de carregamento da página. Isso geralmente pode ser encontrado em arquivos CSS e JS.

Esses recursos podem fazer com que os elementos da página sejam carregados de maneira mais lenta e ao mesmo tempo. O resultado é a impressão de um desempenho insatisfatório do site.

Por causa disso, eliminar CSS e JavaScript que bloqueiam a renderização deve ser uma de suas prioridades para obter um relatório melhor do Core Web Vitals. Isso permite que você implemente carregamento progressivo, o que pode ajudar a reduzir a taxa de rejeição.

Alguns plugins do WordPress podem ajudar você a eliminar recursos de bloqueio de renderização de modo mais eficiente. Esses incluem W3 Total CacheAutoptimize, e Speed Booster Pack.

página de download do w3 total cache

Lembre-se também de verificar as sugestões de suas ferramentas de laboratório sobre quais arquivos CSS ou JS não críticos você deve eliminar.

10. Compacte Recursos de Texto

Nível de dificuldade: fácil/médio/difícil

Eficiência: Alto

Além da minificação, a compactação pode ser um bom método para otimizar recursos de texto como CSS, HTML e JavaScript. Isso pode tornar o processo de transferência mais rápido devido ao tamanho menor do arquivo, resultando em uma melhor pontuação de LCP.

Um dos métodos mais comuns de compactação de recursos de texto é o GZIP, que se enquadra na categoria de compactação sem perdas. Isso significa que ele manterá todas as informações dentro do arquivo durante o processo de compactação.

Os proprietários da Web podem ativar o GZIP usando plugins do WordPress como WP Rocket ou serviços de compressão online gratuitos como gzip.swimburger.net. Lembre-se de que algumas empresas de hospedagem também habilitam o GZIP por padrão.

11. Adie a Análise de JavaScript

Nível de dificuldade: fácil/médio/difícil

Eficiência: Alto

Um navegador normalmente carrega códigos de cima para baixo, mas priorizará qualquer JavaScript antes de continuar. Isso pode diminuir a velocidade de carregamento da página e piorar a experiência do usuário.

Adiar análise de JavaScript significa ajustar a página para atrasar o processamento de qualquer código JavaScript não crítico. Com esse método, o navegador pode priorizar o carregamento do conteúdo real da página mais rapidamente e manter a atenção dos visitantes.

tela de download do speed booster pack no wordpress

Você pode adiar a análise de JavaScript em sua página manualmente modificando o arquivo function.php ou usando ferramentas como Speed ​​Booster Pack ou WP Rocket.

Conclusão

A Largest Contentful Paint (LCP) é uma das métricas das Core Web Vitals que representa a rapidez com que uma página da web pode carregar seu maior conteúdo. Essa é uma importante métrica centrada no usuário que afeta a velocidade de carregamento e a experiência geral do usuário.

Neste artigo, aprendemos como medir a pontuação de LCP e 11 maneiras de melhorá-la, a saber:

  • Utilize uma rede de entrega de conteúdo
  • Garanta o dimensionamento correto da imagem
  • Otimize imagens
  • Melhore o tempo de resposta do servidor
  • Escolha um provedor de hospedagem confiável
  • Implemente cache
  • Corrija problemas de carregamento lento
  • Minifique CSS, HTML e JavaScript
  • Elimine recursos de bloqueio de renderização
  • Compacte recursos de texto
  • Adie análise de JavaScript

Espero que este artigo tenha ajudado você a melhorar sua pontuação de Largest Contentful Paint. Se você tiver alguma dica ou dúvida adicional sobre este tópico, deixe um comentário abaixo.

Author
O autor

Carlos E.

Carlos Estrella é formado em jornalismo pela UFSC e tem as funções de redator, tradutor e SEO na Hostinger Brasil. Já trabalhou com jornalismo de games e tecnologia e hoje aplica essa experiência escrevendo posts e tutoriais no blog da Hostinger. Suas paixões incluem games, dar rolês com a namorada e amigos e ler artigos aleatórios da Wikipédia de madrugada.