Como Montar um e-Commerce em 2024: Dicas Práticas para Promover sua Loja em 5 Passos

Como Montar um e-Commerce em 2024: Dicas Práticas para Promover sua Loja em 5 Passos

Um site de e-commerce pode ser uma excelente plataforma para ganhar dinheiro na internet. Escolher por um negócio online traz várias vantagens como custos iniciais mais baixos, despesas operacionais reduzidas e alcance de mercado mais amplo.

Além disso, estabelecer uma loja virtual é fácil, mesmo para quem não possui nenhum conhecimento técnico. Tudo o que você precisa é de uma solução confiável de hospedagem de e-commerce, um domínio e uma plataforma.

Além disso, graças aos temas ou modelos personalizáveis, você não precisa se preocupar com o processo de desenvolvimento.

Neste artigo, vamos orientá-lo a criar um site de comércio eletrônico em cinco etapas. Você também aprenderá os benefícios de administrar uma loja online e como promovê-la.

Como Montar um e-Commerce de Sucesso em 5 Etapas

Na seção a seguir, vamos mostrar cinco passos para criar um site de e-commerce, desde a compra de um plano de hospedagem até a escolha de uma plataforma de comércio eletrônico, integração de opções de pagamento e adição de listagens de produtos.

1. Compre um Plano de Hospedagem e um Domínio

A hospedagem de sites é um dos poucos requisitos para que os clientes possam entrar em contato com seu empreendimento online. Ele armazena os arquivos da sua loja virtual e os mantém disponíveis para os visitantes.

No entanto, com muitos provedores de hospedagem disponíveis, encontrar um que seja confiável pode ser um desafio. Embora as soluções de baixo custo possam parecer atraentes, lembre-se que esses fornecedores podem limitar os recursos gerais de um site de comércio eletrônico.

Aqui estão alguns fatores a serem considerados ao selecionar um provedor de hospedagem:

  • Garantia de tempo de uptime. Tempos de inatividade frequentes são ruins para sites de comércio eletrônico. Além de prejudicar seus esforços de otimização de SEO, também podem levar à perda de vendas e de credibilidade da marca. Escolha um provedor de hospedagem na web que ofereça pelo menos 99,9% de garantia de uptime.
  • Velocidade e otimização. A velocidade é um elemento crítico ao administrar um e-commerce. Escolha um provedor de hospedagem que garanta tempos de carregamento de página rápidos para que seu e-commerce não sofra com altas taxas de rejeição e tráfego lento.
  • Largura de banda. Largura de banda refere-se à quantidade de dados que um site pode transferir para seus visitantes durante um período especificado. Se possível, escolha um provedor de hospedagem que ofereça largura de banda ilimitada.
  • Armazenamento. Um e-commerce precisa ter armazenamento suficiente para acomodar o conteúdo do site, como texto, imagens de produtos e bancos de dados.
  • Segurança. A escolha de um serviço de hospedagem com altos níveis de proteção garantirá a segurança do seu e-commerce e dos dados dos clientes. É essencial verificar se um provedor de hospedagem web oferece gerenciamento de acesso, um certificado SSL, várias camadas de firewalls, backups automatizados e atualizações.
  • Facilidade de instalação e uso. Procure uma hospedagem com uma interface intuitiva. Na Hostinger, simplificamos o gerenciamento de contas de hospedagem ao oferecer nosso painel de controle intuitivo personalizado, o hPanel.
  • Suporte ao cliente. Um bom sinal da confiabilidade de um provedor de hospedagem é a oferta de vários canais de comunicação, como chat em tempo real, email ou suporte via telefone 24 horas por dia, 7 dias por semana. Bons provedores de hospedagem oferecem uma vasta base de conhecimento para ajudá-lo a começar seu negócio online.

Depois de encontrar o host perfeito para o seu projeto de comércio eletrônico, é hora de decidir sobre o tipo e o plano de hospedagem. Os quatro tipos de hospedagem mais comuns são: hospedagem compartilhada, VPS, Cloud e WordPress. Aqui está um resumo rápido:

  • Hospedagem Compartilhada. Ele permite que um único servidor hospede vários sites. Devido à sua acessibilidade e facilidade de uso para iniciantes, a hospedagem compartilhada é ótima para vendedores que estão começando seu primeiro e-commerce.
  • Hospedagem VPS. Esse tipo de hospedagem usa tecnologia de virtualização para dividir os recursos de um servidor físico em recursos privados e dedicados. A hospedagem VPS geralmente vem com acesso root, permitindo a configuração no nível do servidor. Ela é mais adequada para proprietários de empresas com experiência em tecnologia que precisam de flexibilidade máxima para suas lojas online.
  • Hospedagem Cloud. Essa solução também divide um servidor físico em vários servidores virtuais. Em seguida, cria uma rede de servidores virtuais para armazenar os arquivos do site. Graças ao seu robusto poder de processamento, os sites de e-commerce de alto tráfego podem optar pela hospedagem Cloud.
  • Hospedagem WordPress. Escolha este tipo de hospedagem se quiser criar uma loja virtual com WordPress. Ela vem com recursos de otimização específicos, como instalação do WordPress com um clique, atualizações automáticas e uma ferramenta de teste.
  • Depois de decidir sobre o tipo de hospedagem, comece a escolher o plano de hospedagem perfeito para o seu site de comércio eletrônico. Como escolher o plano errado pode impactar negativamente sua loja online, é importante calcular minuciosamente os recursos necessários para o site.

Aprender como comprar um domínio é outro requisito para um site de e-Commerce. O nome de domínio atua como o endereço da web que um visitante do site usa para acessar o seu site. Ele reflete e representa toda a sua marca e deve dar às pessoas uma ideia das atividades da empresa. Não só pode ajudar a montar a credibilidade de um site, mas também pode diferenciar o site de seus concorrentes.

Ao decidir sobre um nome de domínio, você pode ser imaginativo e criativo. A principal coisa a ter em mente é certificar-se de que seja memorável e pronunciável.

Aqui estão algumas dicas para criar um bom nome de domínio para o seu site de e-commerce:

  • Pense em algo breve. Um nome de domínio curto é mais cativante e memorável. Idealmente, um domínio deve ter 15 caracteres ou menos.
  • Não use números e hifens. Isso evita erros de ortografia e confusão, garantindo que os clientes em potencial não vão acessar a página errada.
  • Escolha .com, se possível. Como é a extensão de domínio mais popular, os compradores em potencial podem procurar sua loja digitando nomedasuamarca.com. Essa extensão também torna seu site de e-commerce mais profissional.
  • Pense a longo prazo. Não adicione detalhes locais ao seu nome de domínio, como minhamarcasaopaulo.com, para garantir que isso não atrapalhe o crescimento da sua loja de comércio eletrônico.
  • Verifique os detalhes de marcas registradas. Você não deve usar um nome de domínio vinculado a outras empresas para evitar possíveis litígios de marcas registradas.

Use um gerador de nomes para ter novas ideias. Se o domínio escolhido estiver disponível, basta comprá-lo.

Ferramenta de Pesquisa de Domínio

Descubra se um nome de domínio está disponível

Embora você possa comprar um nome de domínio separadamente de qualquer registrador credenciado pela ICANN, os planos de hospedagem da Hostinger custam a partir de R$6.99/mês e vêm com um nome de domínio grátis por um ano.

Além de permitir que você economize até R$ 50, obter um nome de domínio gratuito ajuda a otimizar o processo de desenvolvimento de seu site de comércio eletrônico. Você não precisa se preocupar em encontrar um serviço de hospedagem e um registrador de domínio, pois a Hostinger oferece ambos os serviços.

2. Escolha uma Plataforma de e-Commerce

Criar um e-commerce pode ser mais fácil do que você pensa com a ajuda de plataformas de e-commerce.

Você pode usá-las para desenvolver um site com design fantástico, melhorar a experiência de compra dos clientes e simplificar a tarefa diária de processamento de vendas.

Para escolher uma plataforma para construir um e-commerce, considere seus custos, recursos e fatores de usabilidade. Passe algum tempo avaliando suas opções para encontrar algo que se adapte ao seu modelo de negócios e possa acomodar seu crescimento.

Embora existam muitas outras plataformas de e-commerce disponíveis, você pode querer começar com um dos seguintes populares criadores de lojas online:

Criador de Sites da Hostinger

página inicial do criador de sites da hostinger

O Criador de Sites da Hostinger oferece uma solução completa para a criação de sites de e-Commerce. A partir de sua interface intuitiva, os usuários podem ativar a funcionalidade de comércio eletrônico com apenas alguns cliques e logo começar a vender online.

Para aumentar o desempenho do site, o Criador de Sites da Hostinger permite que os usuários escolham entre seus data centers distribuídos em todo o mundo.

Além disso, você pode usar um CDN como o Cloudflare para escolher entre 365 localizações de servidores em todo o mundo. Isso acelerará o tempo de carregamento dos elementos do site, como conteúdo de texto, gráficos e arquivos HTML.

Na hora de anunciar sua nova loja online, o Criador de Sites da Hostinger permite que você configure anúncios usando plataformas populares como Google Ads, Facebook Ads e Instagram Ads. Além disso, os usuários podem criar códigos de cupom, executar campanhas de vendas e implementar marketing por e-mail.

Também estão disponíveis ferramentas de SEO integradas nesta plataforma. Elas permitem que você crie meta títulos, escolha o idioma padrão do site, adicione palavras-chave e oculte páginas da web específicas.

Para acelerar o desenvolvimento do seu site de comércio eletrônico, utilize as ferramentas de IA para criar um logotipo, um texto para preencher o site e um mapa de calor.

Se você não sabe por onde começar, utilize o construtor de sites com IA. Basta escrever uma breve descrição e você terá a primeira versão do seu site pronta em um minuto.A partir de R$11.99/mês, o plano de criação de sites e hospedagem da Hostinger permite que os usuários criem até 100 sites em uma única conta de hospedagem. Ele também oferece largura de banda ilimitada, certificados SSL ilimitados e um domínio gratuito por um ano.

WooCommerce

página inicial do woocommerce

Se você já possui um site WordPress ou está familiarizado com a plataforma, considere o WooCommerce. É um plugin grátis que converte seu site em um e-commerce.

O WooCommerce é adequado para empresas de todos os tamanhos. Este plugin de código aberto vem equipado com uma gama completa de recursos de e-commerce.

Eles incluem extensas opções de temas, ferramentas de SEO integradas e extensões para integração de gateways de pagamento e transportadoras. Se você ainda não possui um site WordPress, precisará apenas obter hospedagem e um domínio para começar. Uma vez que você tenha instalado o plugin do WooCommerce, basta seguir o assistente de configuração para preparar a e-commerce para começar a vender produtos online.

3. Configure Métodos de Pagamento e Envio

Não importa se a integração de gateway de pagamento será offline ou online, você não deve negligenciar a configuração de um método seguro de pagamentos.

Dica do Especialista

Na Hostinger, oferecemos certificados SSL para fortalecer a segurança do seu site de comércio eletrônico. Uma loja online segura causa uma boa impressão e garante que seus clientes se sintam seguros ao fazer transações.

Editor

Darius G.

Diretor de Atendimento ao Cliente

Muitas plataformas de comércio eletrônico oferecem soluções de pagamento integradas; por exemplo, o WooCommerce tem WooCommerce Payments. Além disso, eles geralmente oferecem suporte a muitas soluções de processamento de pagamentos de terceiros, como PayPal e Stripe.

Enquanto isso, o Criador de Sites da Hostinger permite configurar facilmente o pagamento e o envio a partir de sua interface. Em relação ao processamento de pagamentos, a plataforma oferece suporte a mais de 20 gateways por meio do .kevin e do Stripe.

Lembre-se de não negligenciar a cobrança de impostos sobre vendas configurando as zonas tributárias e as taxas unitárias de imposto. Em seguida, você pode automatizar os cálculos de impostos para suas transações usando softwares de impostos sobre vendas, como Quaderno e Avalara.

site oficial do quaderno

Além disso, seus clientes em potencial vão querer saber quais opções de atendimento e envio sua loja de comércio eletrônico oferece. Além de integrar os serviços de remessa, os proprietários de empresas podem considerar outros métodos, como coletas na calçada.

4. Crie as Páginas Principais do e-Commerce

Para atrair o seu público-alvo e gerar vendas, as informações nas páginas principais do seu site devem ser facilmente visíveis e acessíveis.

Além disso, existem algumas páginas e elementos que todos os sites de e-commerce devem ter.

Pagina inicial

Como o design da página inicial é a primeira coisa que a maioria dos compradores vê, ele deve conter informações atraentes e claras sobre seu site, juntamente com gráficos impressionantes.

É essencial que uma página inicial carregue rapidamente. Se o seu e-commerce demorar mais de três segundos para carregar, você perderá visitantes. Portanto, não é surpresa que o Google considera a velocidade do site um fator de ranqueamento.

página inicial da loja kackoo de travesseiros

Página Sobre Nós

Os clientes descobrem mais sobre a história, motivação, missão e paixão de uma marca nesta página. Na verdade, a maioria das pessoas costuma visitar a página Sobre nós logo após chegar à página inicial.

Assim, mantenha o conteúdo aqui conciso e claro. Mostre aos visitantes quais são os principais valores da sua marca e o que a diferencia dos concorrentes.

exemplo da página "nossa história"

Página de contato

Uma página de informações de contato permite que os clientes verifiquem a disponibilidade e a confiabilidade de uma empresa. Facilite para que eles encontrem seus detalhes de contato, como número de telefone, e-mail e um endereço físico (se você tiver um).

Para melhorar sua credibilidade, lembre-se de ser acessível e transparente. Os clientes têm maior probabilidade de fazer a primeira compra ou repetir a compra se confiarem em uma marca.

informações de contato da loja rubylove

Página de perguntas frequentes (FAQ)

Os clientes geralmente têm inúmeras preocupações sobre o processo de compra. Pense nos problemas ou dúvidas mais comuns, como opções de envio, rastreamento de pedidos e países atendidos.

Forneça respostas detalhadas e úteis, bem como informações sobre seus negócios, produtos e serviços online.

Além disso, inclua uma barra de pesquisa na página de perguntas frequentes para ajudar os clientes a encontrar informações.

seção de perguntas frequentes (faq) da loja ultrasmile

Página de privacidade

Certifique-se de exibir a Política de Privacidade com destaque em áreas como menus, login ou páginas de checkout final.

Como desenvolver uma política de privacidade não é uma tarefa simples, recomendamos que você obtenha assistência profissional para garantir que ela esteja totalmente em conformidade.

política de privacidade da loja ruby

Política de Devolução e Reembolso

Oferecer uma política de troca e devolução detalhada demonstra que uma empresa está por trás da qualidade de seus produtos e valoriza sua reputação.

política de reembolsos da loja virtual celia

Chamadas para ação (CTA)

Uma chamada à ação (CTA) clara e direta é parte integrante de um site com boa navegação. CTAs são textos, imagens e botões que dizem aos clientes o que fazer a seguir. Exemplos incluem Inscreva-se para um boletim informativo, Registre uma conta e Adicione um item ao seu carrinho de compras.

Use cores vivas nos botões CTA, pois a escolha da cor pode ter um grande impacto na taxa de conversão da página (link em inglês).

exemplo de cta, com o botão "começar a criar" do site da hostinger em destaque

Páginas de produto

Páginas de produtos são cruciais no processo de tomada de decisão do cliente. No e-commerce, os compradores não podem segurar, sentir ou experimentar o produto. Em vez disso, tudo é baseado no que eles veem em seus dispositivos.

Por esse motivo, é essencial ter imagens de qualidade profissional e fornecer descrições completas dos produtos. Cobrir todos os aspectos do produto, incluindo tamanho, materiais, usos e benefícios, pode ajudar os clientes a tomar decisões de compra informadas.

Aqui estão algumas dicas para tirar ótimas fotos de seus produtos de e-commerce:

  • Use um fundo branco. O fundo das fotografias do produto não deve ser uma distração. Um fundo branco pode destacar o item, pois complementa qualquer estilo ou esquema de cores.
galeria de imagens da au fine linens
  • Use fotos grandes e de alta qualidade. Gráficos visualmente atraentes podem efetivamente vender um produto. Na verdade, 47% dos compradores da internet (link em inglês) nos EUA considera fotos de produtos de alta qualidade um fator determinante ao decidir sobre uma compra. As imagens grandes também permitem que os clientes ampliem e verifiquem de perto os recursos do produto.
página de produto do e-commerce the iconic
  • Mantenha a consistência. O uso de imagens de acordo com a aparência do restante do  e-commerce promoverá uma experiência limpa e organizada.
catálogo de produtos da loja evolve

Segurança e privacidade

Como as empresas de e-commerce lidam com detalhes de pagamento e outras informações pessoais, sua loja virtual deve ser totalmente segura. Certifique-se de instalar um certificado SSL válido para manter todo o tráfego do seu site criptografado.

Depois de instalar um certificado SSL, os clientes verão um ícone de cadeado próximo ao URL na barra de endereço.

página inicial da amazon com o cadeado de ssl em destaque

5. Construa um Design Amigável e Conversível

exemplo de design da página crispy carrie

O design da experiência do usuário (UX) visa melhorar a capacidade de um site de lidar com interações e vender produtos, simplificando a experiência dos clientes em potencial. Enquanto isso, o design da interface do usuário (IU) ajuda a otimizar os aspectos visuais, a aparência e a sensação que um site passa.

Ambos elementos de design geralmente andam de mãos dadas, melhorando o desempenho geral do site. Não importa qual plataforma você use para desenvolver um e-commerce, um design responsivo é crucial para atrair clientes.

É essencial ter um site que carregue adequadamente em todos os dispositivos. Segundo as estatísticas, grande parte das transações de e-commerce é feita através de telefones celulares. Para ter um design de site atraente e otimizado para dispositivos móveis, comece com um modelo responsivo.

Além disso, ao proteger os dados de seus clientes com um certificado SSL, você demonstra que seu e-commerce valoriza a privacidade e a segurança dos usuários. Além disso, é fundamental ter uma política de privacidade transparente quanto ao uso dos dados de seus clientes.

Por Que Você Precisa de um e-Commerce

Tal como acontece com o estabelecimento de qualquer empreendimento, a construção de um e-commerce requer um plano de negócios e uma estratégia de marketing.

Depois de descobrir o que vender e como montar um e-commerce, você precisará comercializar seus produtos por meio de uma loja online completa.

Se você ainda hesita em vender online, lembre-se que um negócio de e-commerce oferece muita flexibilidade. Como não exigem locais físicos, as lojas online são mais fáceis e acessíveis de lançar.

Além disso, a parceria com provedores de serviços de entrega permite que as empresas online vendam produtos globalmente. Como resultado, você pode atrair uma grande base de clientes para qualquer tipo de produto.

Vejamos outras boas razões para começar a vender online.

1. Os Clientes Preferem Comprar Online

Em 2020, as preferências de gastos dos consumidores globais mudaram para compras online. As lojas virtuais foram responsáveis por quase 19% de todas as vendas (link em inglês) no varejo em todo o mundo, com o setor de e-commerce a caminho de um crescimento contínuo.

É fácil entender por que mais pessoas apreciam a conveniência de fazer compras online. Os clientes se beneficiam de várias maneiras, como:

Frete grátis

Quando os clientes chegam à página de checkout, as despesas de envio podem aumentar significativamente o preço do item.

Assim, os clientes são atraídos para lojas online que oferecem frete grátis, seja como recompensa por gastar uma determinada quantia em dinheiro ou como desconto automático.

frete grátis de bandagens premium

Economia de tempo

Comprar através de um e-commerce é ideal para pessoas que levam vidas ocupadas. Elas podem comprar qualquer coisa com alguns toques em seus dispositivos móveis, em vez de passar horas se movendo fisicamente de uma loja para outra.

site da loja de salames smokehaus

Política de Devolução Fácil

Ocasionalmente, os clientes podem precisar trocar um produto que não atenda às suas expectativas devido a fatores de tamanho ou qualidade.

Como eles não podem simplesmente entrar em seu e-commerce, uma política de devolução sem complicações pode melhorar a fidelidade do cliente. Além disso, pesquisas mostram que 96% dos clientes voltaria (link em inglês) a um negócio que tem uma política de devolução fácil.

informações sobre garantia vitalícia da loja fetch

Processamento de Pagamento Fácil

Ao comprar online, os clientes não precisam lidar com filas de caixa e podem selecionar rapidamente o método de pagamento de sua preferência.

checkout seguro da loja bellroy

Mais economia com melhores preços

Descontos em sites de e-commerce têm um impacto significativo no comportamento de compra do consumidor. Um estudo descobriu que 81% das pessoas prefere lojas online que oferecem (link em inglês) descontos, ofertas ou recompensas de fidelidade.

Além disso, os clientes que entendem de preços podem economizar dinheiro navegando em sites de cupons.

página de cupons da zaful

Riscos Financeiros Menores

Na maioria das vezes, vender produtos online é menos arriscado do que abrir lojas físicas. Os mercados online custam menos para manter, pois você economiza dinheiro com funcionários, eletricidade e aluguel.

O custo de construção de um e-commerce normalmente inclui configuração, manutenção e marketing do site. Embora a contratação de pessoal ainda seja possível, os custos gerais serão muito menores e mais previsíveis.

2. Maximiza suas opções

Uma empresa de e-commerce oferece às lojas físicas a oportunidade de explorar novos empreendimentos. Por exemplo, a Puma decidiu investir em e-commerce junto de outras marcas.

loja online da puma

Com a Puma fechando suas lojas físicas em todo o mundo para sobreviver ao início da pandemia, a plataforma de e-commerce se tornou uma prioridade para a marca. No primeiro trimestre de 2020, o negócio de e-commerce da Puma cresceu cerca de 40%. Esse número aumentou para 77% em abril de 2020.

Como consequência, a Puma fez ajustes significativos em suas atividades de marketing. A marca mudou seus gastos para marketing de desempenho e logística para atender ao aumento da demanda de e-commerce.

Com a migração das marcas para as lojas online, existem outros benefícios e vantagens a se ter em conta, como:

Ganhos passivos

Um fluxo de renda passiva não dependerá de vendedores sólidos ou de longos horários de atendimento. Com um e-commerce, sua loja pode operar 24 horas por dia, 7 dias por semana, para atender o público em todo o mundo.

Dinheiro economizado em publicidade

Quando comparada à mídia convencional, a publicidade digital é mais barata e flexível. Existem várias estratégias de marketing de e-commerce que os proprietários de empresas podem implementar para administrar uma loja virtual de sucesso.

Menos despesas com pessoal

Você pode aproveitar a oportunidade para integrar um chatbot em suas mídias sociais e atividades de atendimento ao cliente. Um assistente virtual ajuda a lidar com o suporte ao cliente e outras tarefas 24 horas por dia, melhorando a experiência do cliente.

Reduzir despesas mensais de aluguel

Haverá alguns custos iniciais para o estabelecimento e manutenção do seu e-commerce. No entanto, ainda serão menores do que abrir ou manter uma loja física.

Maneiras Simples de Promover seu e-Commerce

Agora que você aprendeu como montar um e-commerce, está pronto para começar a vender online. No entanto, para aumentar suas vendas, você precisará saber como promover seu negócio online apropriadamente.

Comece com Marketing de Conteúdo

Embora uma estratégia de marketing de conteúdo não produza resultados rápidos, é um excelente método para conquistar seguidores leais para o seu negócio online.

Além disso, você terá diversos benefícios se combinar isso com uma estratégia de SEO: vai aumentar a sua autoridade, atrair visitantes mais relevantes e conquistar a confiança do seu público-alvo.

Configure o Google Analytics

Google Analytics é a ferramenta de análise de sites mais usada. Ele permite que os proprietários de sites examinem como os usuários descobrem, interagem e navegam em seus sites.

Como proprietário de uma empresa online, use o Google Analytics para obter informações sobre seus visitantes e formular melhores estratégias de marketing.

página do google analytics dentro da marketing platform da empresa

Crie um blog de negócios

Um blog de negócios é frequentemente o ponto de partida para o marketing de conteúdo. A publicação regular de posts de blog de alta qualidade sobre tópicos importantes para o seu público ajuda a mostrar que você tem um negócio legítimo. Empregue infográficos atraentes e imagens de produtos de alta qualidade para aumentar o engajamento do seu conteúdo.

Um blog de negócios também é um excelente método para melhorar o SEO do seu site.

site do au lit fine linens

Crie vídeos

Hoje em dia, o material de vídeo é a principal fonte de informação para muitos usuários da Internet. Crie tutoriais em vídeo ou vídeos promocionais com base nas preferências do seu público-alvo.

site da naturally curly com vídeos

Realize Campanhas de Email Marketing

Visto que existem mais de 4,1 bilhões de usuários de e-mail (link em inglês) no mundo, não surpreende que o email marketing tenha se tornado uma das táticas mais eficazes para aumentar as vendas.

O marketing por e-mail é uma excelente maneira de trazer para o público do seu e-commerce as informações mais recentes sobre novos produtos, descontos e outras promoções. A estratégia também permite construir uma conexão mais próxima com eles.

Para aumentar a confiança do cliente durante a realização de uma campanha de marketing por email, a primeira coisa que qualquer marca precisa é de um endereço de email profissional.

exemplo de popup de assinatura de email marketing

O plano de hospedagem compartilhada da Hostinger é uma boa opção para hospedar um e-mail comercial e um e-commerce no mesmo local sem custo adicional, a partir de apenas R$ 4,49/mês.

Como alternativa, se você hospedar seu site em outro lugar, poderá adquirir nossas soluções premium de hospedagem de email, incluindo opções distribuídas por Google Workspace e pela própria Hostinger.

página inicial do email profissional da hostinger

Ambos os serviços de email incluem medidas de segurança avançadas para proteger sua conta, como filtros antispam e verificações antivírus.

Depois de decidir sobre um plano, configure seu endereço de e-mail profissional diretamente do painel do hPanel.

Seja Ativo nas Redes Sociais

As redes sociais impactam, significativamente as vendas de e-commerce: 51% dos consumidores dizem que anúncios de mídias sociais (link em inglês) afetam suas decisões de compra.

Além disso, as redes sociais são uma excelente maneira de aumentar o reconhecimento da marca e direcionar o tráfego para seu e-commerce.

Para otimizar seu conteúdo para Instagram, Facebook, e outras plataformas, monitore cada canal social e acompanhe as últimas opiniões sobre seus produtos.

O feedback negativo pode fornecer informações valiosas para melhorar seu negócio de e-commerce, enquanto os comentários positivos são formas potentes de prova social.

Conclusão

Como em qualquer novo negócio online, a criação de um site de e-commerce requer um plano de negócios e uma estratégia de marketing. Depois de determinar o que vender e como fazê-lo, você pode comercializar seus produtos por meio de uma loja virtual completa.

Aqui está uma breve recapitulação sobre como construir sua própria loja online:

  1. Compre um plano de hospedagem e um domínio exclusivo. Antes de escolher um plano de hospedagem, encontre um provedor confiável e decida o tipo de hospedagem que vai contratar. Para obter um bom nome de domínio, utilize um gerador de domínios para ajudar no processo de brainstorming.
  2. Escolha a plataforma de e-commerce certa ou um construtor de loja online. Escolha o WooCommerce se você já usa o WordPress. Como alternativa, considere o Criador de Sites da Hostinger para uma solução completa que oferece uma plataforma de comércio eletrônico e serviços de hospedagem no mesmo lugar.
  3. Integre gateways de pagamento e opções de envio. Para melhorar a experiência do usuário, os empresários podem oferecer serviços de processamento de pagamentos online e offline.
  4. Crie listas de produtos. Além do nome e do preço, uma boa lista de produtos apresenta exposições detalhadas desses produtos, com imagens de alta qualidade, avaliações de clientes e um recurso de carrinho de compras.
  5. Adicione as páginas principais da loja virtual. Elas incluem uma página inicial, página Sobre nós, página de contato, página de perguntas frequentes e páginas de produtos.

Certifique-se de verificar cada página antes de lançar seu site de e-commerce. Além disso, considere realizar algumas compras de teste para garantir que tudo está funcionando corretamente.

Esperamos que este tutorial tenha ajudado você a obter informações valiosas sobre como criar uma loja online de sucesso. Desejamos boa sorte com o seu novo negócio!

Como Criar um e-Commerce – Perguntas Frequentes (FAQ)

Esta seção responde a três das perguntas mais frequentes sobre a criação de um site de comércio eletrônico.

Posso Criar um e-commerce de graça?

Em suma, sim. A chave é encontrar hospedagem gratuita que não force anúncios e permita que você conecte um domínio personalizado.

O projeto de hospedagem gratuita na web da Hostinger, 000webhost, permite que os usuários hospedem um site num ambiente com 300 MB de espaço de armazenamento e 3 GB de largura de banda. Este provedor gratuito de hospedagem também não força anúncios, o que é perfeito para seu branding.

Quanto custa criar um e-commerce?

Depende dos requisitos do site. Quanto maior for sua loja virtual, mais caro será o custo de hospedagem, devido ao aumento dos recursos do servidor.

Nosso plano de hospedagem Business custa R$16.99/mês, é ótimo para pequenas e médias empresas. Para sites maiores de comércio eletrônico, considere o Cloud Startup por R$49.99/mês. Ambos vêm com um certificado SSL gratuito, backups diários e registro de domínio.

Qual é a Melhor Plataforma de Comércio Eletrônico?

O Criador de Sites da Hostinger oferece um dos melhores construtores de lojas online. Ele fornece uma solução completa com criador de sites e serviço de hospedagem.

Ele também traz uma abundância de templates bonitos, um editor de arrastar e soltar e ferramentas de IA. O Criador de Sites da Hostinger ainda oferece amplos recursos de comércio eletrônico e marketing. Ele também vem com um domínio grátis, certificados SSL e largura de banda ilimitada.

Author
O autor

Carlos E.

Carlos Estrella é formado em jornalismo pela UFSC e tem as funções de redator, tradutor e SEO na Hostinger Brasil. Já trabalhou com jornalismo de games e tecnologia e hoje aplica essa experiência escrevendo posts e tutoriais no blog da Hostinger. Suas paixões incluem games, dar rolês com a namorada e amigos e ler artigos aleatórios da Wikipédia de madrugada.