As 32 Melhores Ideias de Pequenos Negócios para Começar em 2021
access_time
hourglass_empty
person_outline

As 32 Melhores Ideias de Pequenos Negócios para Começar em 2021

Ter ótimas ideias de pequenos negócios é uma excelente maneira de gerar renda passiva. Além disso, se você se planejar bem e trabalhar duro, sempre há a possibilidade deles se tornarem num trabalho altamente lucrativo.

Com as ferramentas certas e determinação, mesmo a menor das empresas pode se tornar um império multimilionário. Claro, escolher a ideia de pequeno negócio certa é o primeiro passo para o sucesso.

32 Ideias de Pequenos Negócios Online

Desde pequenos investimentos até estratégias a longo prazo, nós juntamos uma lista das ideias de pequenos negócios que são mais lucrativas.

1. Crie uma Loja de e-commerce

Criar uma loja online é uma maneira garantida de criar um negócio lucrativo. As compras digitais de tornaram lugar comum, resultando num aumento nas vendas de e-commerce em todo o mundo.

A melhor parte é que a loja online não traz as mesmas dificuldades do comércio físico. Os custos para começar são bem menores e não existe a necessidade de alugar um imóvel para o seu empreendimento.

Tudo o que você precisa é de um inventário e de uma plataforma de loja virtual para começar. Existem muitas opções para você escolher, com o WooCommerce sendo uma das alternativas mais populares. Afinal, ele é usado em conjunto com o CMS mais popular de todos, o WordPress.

Uma alternativa ótima e amigável para iniciantes na hora de começar um pequeno negócio é usar um construtor de sites. Trata-se de uma plataforma tudo-em-um que inclui todos os itens que você precisa: desde hospedagem e domínio até soluções de e-commerce para novas empresas.

O quão lucrativo o negócio será depende de vários fatores, como os tipos de produtos e serviços que serão oferecidos, ou o tamanho do mercado-alvo.

Se você quer fazer dinheiro rapidamente, tente vender produtos que possuem baixo custo de produção e alta margem de lucro. Alguns exemplos populares incluem joias, videogames e acessórios de celulares. Produtos digitais também são uma ótima ideia, já que não há necessidade de armazená-los.

Para ser um dono de e-commerce bem-sucedido, é necessário ser eficiente em muitas áreas diferentes. Também pode ser preciso que você mexa um pouco com design, atendimento ao cliente, marketing online e muitas outras funções. Apesar de soar como algo desafiador, pode ser bem recompensador para quem está disposto a aprender com esse trabalho.

2. Comece um Negócio de Dropshipping

Quer vender online sem ter que criar os seus próprios produtos? Então dropshipping pode ser a melhor das ideias de pequenos negócios para você.

Esse modelo de negócio de e-commerce requer que você trabalhe com fornecedores em atacado. Depois de estabelecer uma parceria, você pode pedir para ter os itens dessa empresa com a marca do seu negócio – o que é conhecido como White Label.

Quando alguém faz um pedido, você vai notificar os fornecedores para enviar o produto para o cliente.Em suma, você só precisa se preocupar com encontrar clientes, enquanto os fornecedores vão lidar com a produção, o inventário e o envio. É por isso que o dropshipping requer um investimento inicial mínimo, entre US$ 150 e US$ 350.

Se você tem interesse em começar um negócio de dropshipping, será necessário trabalhar em conjunto com fornecedores em atacado, como Spocket e AliDropship. Eles vão fornecer os produtos que ficarão em destaque no seu site.

Também existem serviços como Printify, que é uma empresa de dropshipping para camisetas, jaquetas, canecas e mais. Você pode criar designs customizados e a companhia vai tomar conta da impressão e do envio.

Na hora de decidir qual tipo de itens vender, garanta que você vai se manter no seu nicho. Isso vai ajudar você a estabelecer a sua marca e fazer com que se destaque contra os seus concorrentes.

Para obter inspiração, confira o Notebook Therapy – uma loja de dropshipping que vende apenas charmosos produtos de papelaria.

página inicial do notebook therapy

3. Crie um Site de Marketing de Afiliados

Marketing de afiliados é uma das melhores ideias de pequenos negócios para iniciantes que têm um orçamento limitado.

Você promove o produto ou serviço de outra pessoa e, dependendo da política da empresa, ganha uma comissão cada vez que alguém clica num link ou compra um produto.

O marketing de afiliados é uma das principais maneiras para criadores de conteúdo ganharem dinheiro. Contudo, começar um pequeno negócio apenas baseado em marketing de afiliados definitivamente é possível.

Muitas pessoas fazem isso ao criar um site de análises que contém links para produtos que eles recomendam, como é o caso do This is Why I’m Broke.

homepage do This is Why I'm Broke, uma das ideias de pequenos negócios

A chave para ser um afiliado bem-sucedido é escolher um nicho sobre o qual você tem conhecimento, já que isso vai ajudá-lo a estabelecer autoridade. Você precisa construir uma audiência leal, que vai confiar na sua opinião e comprar os produtos que você recomenda.

Para começar, junte-se a um programa de afiliados como o nosso próprio aqui da Hostinger, ou o da Amazon.com.br. Também existem marketplaces como o ClickBank, onde você vai encontrar diversos produtos para colocar em destaque.

Quanto você vai ganhar depende do produto, do tamanho da comissão e do tráfego do seu site. De acordo com a Affise, uma vez que você constrói um público, é possível ganhar qualquer valor entre US$ 300 até US$ 10.000 por dia.

4. Se Torne um Blogueiro

Se você ama escrever e compartilhar sobre suas paixões, virar um blogueiro pode ser uma das melhores ideias de pequenos negócios para começar. Você pode trabalhar de casa, criar conteúdo e ganhar dinheiro no processo.

Muitas figuras públicas, como Molly Yeh, começaram suas carreiras com blogs. Hoje, ela escreveu dois livros de culinária e apresenta um programa na Food Network chamado Girl Meets Farm.

Ter um site com alto volume de tráfego é crucial para criar um blog com potencial de lucro. Muitas empresas veem isso como um vasto potencial de conversão, o que vai fazer com que seja mais provável que eles desejem ter uma parceria com você.

Com 100 mil visualizações de página por mês, você pode lucrar entre US$ 1.000 e US$ 10.000.

Para garantir isso, escolhas uma ideia de blog com a qual você é familiarizado e que possui um grande público. Isso vai ajudar você a construir uma base de leitores fortes desde o começo.

Então garanta que o seu blog vai manter os seus leitores engajados de maneira consistente. Aprenda mais sobre SEO e marketing de conteúdo para aumentar a visibilidade do seu site nos mecanismos de pesquisa.

Uma vez que você tiver um público de grandes dimensões, é possível começar a fazer dinheiro através de propagandas, conteúdo patrocinado e links de afiliados. Alguns blogueiros também fazem guest posts para blogs de negócios, criam mercadorias próprias e dão cursos online.

5. Escreva e Publique seus Próprios Livros

Já se foram os dias em que você tinha que enviar um manuscrito para uma editora para se tornar um autor. Plataformas de auto-publicação estão disponíveis ao seu alcance, para que você possa começar uma carreira de escritor no momento que desejar.

Seu trabalho principal será transformar uma história num livro. Qualquer gênero pode funcionar – mas, para criar um best-seller, decidir por algo que é popular entre os leitores de livros independentes vai ajudar você. Exemplos incluem romance, mistério, fantasia e ficção científica.

Depois de finalizar o livro, coloque-o à venda em sites como Amazon KDP ou Barnes and Noble Press. Ambos os programas possuem uma enorme base de usuários e ferramentas de marketing para ajudar você a alcançar os leitores certos.

Inclusive, a Amazon relatou que milhares dos seus autores independentes possuem mais de US$ 50.000 em vendas.

Dito isso, você pode não fazer muito dinheiro no começo, especialmente se é um autor de primeira viagem. Contudo, é essencial verificar quais políticas de pagamentos de royalties eles possuem, para saber quanto dinheiro você pode ganhar.

De modo alternativo, considere vender o livro no seu próprio site para ter uma fonte de renda adicional. Fazer isso vai permitir que você tenha mais controle sobre a monetização. Além disso, crie uma landing page como a Let’s Go to NYC para promover o seu livro através de propagandas online.

landing page do let's go to nyc, uma das ideias de pequenos negócios

6. Desenvolva e Venda Apps para Dispositivos Móveis

Se você tem uma ideia que pode resolver os problemas das pessoas, considere torná-la num aplicativo para dispositivos móveis.

Pense em criar algo inovador, como o NeuralCam Live. Esse aplicativo de câmera pode esconder o seu fundo e ajustar as configurações de vídeo durante uma chamada.

Criar um app exige experiência de desenvolvimento. Se você é totalmente iniciante, plataformas como Udemy e Codecademy oferecem muitos cursos de aplicativos mobile. Apesar disso exigir mais tempo e dinheiro da sua parte, é uma opção que vai lhe permitir criar um app mais complexo.

Ou você pode usar um software como o AppyPie. Ele tem tudo pronto para você, então não é necessário ter o conhecimento técnico para começar a desenvolver seu app para dispositivos móveis. Contudo, ter algum conhecimento de interface de usuário e uma experiência nessa área pode garantir que o aplicativo tem navegação facilitada.

Você pode fazer o aplicativo ser pago ou gratuito para download.

Com a opção grátis, é possível ganhar dinheiro oferecendo propagandas ou com compras dentro do aplicativo. Deste modo, você pode alcançar o máximo de pessoas possível, ao mesmo tempo em que permite que elas façam compras.

7. Torne-se Especialista em Publicidade Online

Conforme publicidade digital está se tornando uma prática padrão, muitos donos de pequenos negócios estão precisando de um especialista nesse campo. Você pode se aproveitar dessa oportunidade para começar uma carreira freelancer como especialista na área, também conhecido como analista de PPC.

Essa é uma daquelas ideias de pequenos negócios perfeita para aqueles com experiência em marketing digital. Se você não tem essa expertise, existem muitos recursos online disponíveis para você começar a estudar, como o Google Digital Garage.

O trabalho envolve ajudar as pessoas a atingirem os seus objetivos de propaganda através de várias plataformas, como Google, Facebook e Pinterest. Você vai criar estratégia baseadas na empresa e nos produtos delas, com o objetivo de que a publicidade atinja o público-alvo.

Portanto, você precisa ter mais a oferecer do que apenas habilidades de contratação de PPC. Você também tem que se familiarizar com gestão de projetos, análise de dados, sistema de KPIs e mais.

Quando você estiver pronto para começar sua carreira, entre em plataformas como Hubstaff Talent ou Upwork para procurar por clientes. Considere criar um site de currículo e listá-lo na pesquisa paga do Google para demonstrar seu conhecimento.

Existem diversas maneiras de cobrar por serviços de publicidade. O método mais comum é cobrar uma porcentagem dos gastos em propagandas, entre 10% e 20% do total. Como resultado, você recebe independente de como se sair a campanha.

8. Comece uma Empresa de Desenvolvimento de Sites

Desenvolvimento de sites é outro serviço que está com as demandas em alta. Com a maioria das empresas indo para o meio digital, ter um site incrível e que se destaca se tornou mais do que uma recomendação: virou uma regra.

Se você quer começar uma pequena empresa de desenvolvimento de sites, é essencial se tornar proficiente nas linguagens de programação primárias usadas para web design. Elas incluem HTML, JavaScript, PHP e mais. Para iniciantes, procure sites como BitDegree para começar a aprender.

Adicionalmente, se familiarize com desenvolvimento para dispositivos móveis e design de UX para fazer com que o seu site de torne mais atraente para clientes em potencial. Como usuários mobile são responsáveis por mais da metade do tráfego da internet, um site responsivo se tornou algo necessário.

Para começar, crie um portfólio atraente para exibir os seus melhores projetos. Você pode criar sites do zero ou melhorar páginas que já existem.

9. Comece uma Carreira como Designer Gráfico Freelancer

Se você gosta de design gráfico, pode ser uma boa ideia transformar seus talentos num trabalho de tempo integral.

Você vai ser responsável pela parte visual dos projetos dos seus clientes, como logos, mockups, conteúdo para redes sociais, e mais. Alguns designers gráficos também vendem produtos impressos e mercadorias.

Usar as ferramentas certas é vital para o seu sucesso. No mínimo, você precisa ter um computador poderoso o suficiente, uma mesa digitalizadora e uma caneta digital. Gastar bons milhares de reais num MacBook Pro não é a maneira de se começar com o melhor custo/benefício. Várias máquinas com Windows estão disponíveis por um preço menor, e você realmente não perde muita coisa sem a tela de Retina.

Não se esqueça de se familiarizar com programas como Adobe Photoshop e Illustrator.

Além disso, é crucial ter boas habilidades de comunicação para que você possa convertar as visões dos seus clientes em realidade.

De acordo com a Secretaria de Estatísticas Trabalhistas dos EUA, o mercado de trabalho para designers gráficos está se tornando bastante competitivo.

Com isso em mente, criar um portfólio visualmente atrativo é um ponto chave para se diferenciar. Dê uma olhada em como o designer Alex Coven faz isso no seu site.

Portfolio online do designer Alex Coven

10. Ofereça Serviços de Life Coaching Online

Life Coaching é uma opção acessível para se começar um pequeno negócio. Tudo do que você precisa é de um site, acesso à internet e paixão para ajudar as pessoas.

A tarefa de um coach de vida é ajudar as pessoas a alcançarem seus objetivos pessoais e profissionais. É por isso que ter experiência como psicólogo ou assistente social pode lhe dar uma vantagem.

Também é uma boa ideia obter uma licença de um programa como o iPEC. Ter uma certificação pode justificar o seu preço e os serviços que você oferece, melhorando a sua reputação aos olhos de clientes em potencial.

Como você está tocando um negócio online, você não quer ficar preso a uma única localidade para procurar por clientes. Você pode criar um site para atrair visitantes de todos os cantos do mundo, e treinar as pessoas através de chamadas de vídeo ou programas online.

Não se esqueça de promover os seus serviços através de propagandas digitais e redes sociais. De modo alternativo, você pode criar um blog ou um podcast para receber mais tráfego e compartilhar sua expertise, como fez Christine Chen.

11. Torne-se um Consultor de Relacionamentos

Tornar-se um consultor de relacionamentos é uma das melhores ideias de pequenos negócios para pessoas que adoram fazer o papel de cupido.

Você vai trabalhar para ajudar clientes a melhorarem a sua vida pessoal, com o objetivo de terem uma melhor vida amorosa. O trabalho vai focar principalmente em melhorar habilidades interpessoais, aumentar a confiança e preparar a pessoa para o mundo dos encontros online.

Como você conduz e vende os seus serviços depende das suas preferências. Se você quiser, pode criar um programa tudo-em-um no seu site, como fez Cora Boyd. O seu curso Magnectics Love School inclui sessões de coaching, workshops, um portal de recursos para membros e mais.

Você também pode seguir os passos dela para atrair novos clientes. Além de usar redes sociais, ela gosta de fazer guest posts sobre o assunto de relacionamentos no blog do Tinder, Swipe Life.

Assim como na experiência de life coaching, você precisa de algumas habilidades e treinamentos na área de psicologia. Adquirir um certificado de coach também pode ajudar a melhorar a sua credibilidade.

12. Trabalhe como um Tradutor

Para pessoas que falam e escrevem em múltiplos idiomas, oferecer serviços de tradução é uma excelente ideia de negócio. Usando as habilidades que você já possui, é possível traduzir diferentes tipos de conteúdo – incluindo legendas, textos para web, livros e mais.

Não tem experiência profissional? Participe de aulas de tradução online e crie seus próprios projetos como um teste. Assim que tiver mais confiança, comece a trabalhar nisso como um projeto paralelo. Plataformas como ProZ e Translated são bem conhecidas entre freelancers dessa área.

Quando você estiver pronto para fazer isso em tempo integral, considere escolher uma área de especialização para estreitar o seu foco. Isso vai fazer com que o seu trabalho seja mais fácil, já que você estará trabalhando com um nicho familiar. Além disso, isso pode estabelecê-lo como um profissional no campo, o que pode melhorar as suas comissões.O quanto você vai cobrar depende da complexidade, da dimensão do trabalho e da combinação de idiomas, entre outros fatores. Se você for certificado por uma associação oficial de tradutores como a ATA, sua comissão poderá ser aumentada de maneira justificada.

13. Seja Tutor de Estudantes Online

A tutoria online é um negócio fácil de se começar de casa, e no qual você pode trabalhar em meio período.

Os tutores geralmente ajudam estudantes do ensino médio ou da universidade com assuntos da escolha deles, incluindo matemática e história. Neste caso, ter um diploma não é necessário, mas é preciso de ter algum tipo de experiência relevante na área de ensino.

Outros tutores podem oferecer serviços de preparação para testes de proficiência de linguagem ou para exames de admissão em escolas ou faculdades. Neste caso, um certificado é essencial para comprovar sua competência.

Se você está procurando por onde começar, se cadastre em sites como Chegg ou Skooli. Ambas as plataformas já possuem a sua própria base de usuários, então será mais fácil de encontrar estudantes. Você também pode ensinar através de texto, chamadas de vídeo, whiteboards ao vivo e mais.

site oficial do cheggtutors, uma das ideias de pequenos negócios

Ou crie um site para hospedar suas classes. Fazer isso lhe dará mais controle sobre o seu cronograma e sobre a sua monetização. E o melhor de tudo é que você pode aplicar mais criatividade nos métodos de ensino.

14. Ofereça Serviços de SEO

Todos os donos de sites sabem que os resultados da primeira página de buscas do Google são os mais valiosos. Infelizmente, apenas uma pequena fração das empresas sabem como aplicar SEO aos seus sites, e mal tocam no potenciar de otimizar sites para mecanismos de busca.

Se torne um especialista em SEO para analisar sites, identificar problemas no ranqueamento e criar um plano para aumentar o tráfego orgânico e as posições nos SERPs.

Geralmente, um especialista deve ter um conhecimento completo e equilibrado de SEO on-page, off-page e técnico. Portanto, esse conjunto de habilidades pode ir desde conhecimento de HTML até o mapeamento de palavras-chave para link building.

Com isso em mente, considere fazer cursos para aumentar o seu domínio da área antes de começar uma empresa. Manter-se atualizado sobre as tendências e usar as ferramentas de SEO certas também são de enorme ajuda.

As taxas cobradas por especialistas de SEO autônomos variam por região e expertise. De acordo com o Ahrefs, a taxa média é de US$ 68 por hora.

15. Comece um Canal do YouTube

Você tem uma personalidade magnética? Então transforme-a em dinheiro através do YouTube. Essa gigante do compartilhamento de vídeos fez com que seja possível lançar um negócio lucrativo apenas ao aparecer na frente da câmera.

Para começar um canal no YouTube, escolha um nicho que seja do seu interesse. Se você quer criar uma empresa home office a partir do seu canal, gêneros como culinária, games e análises de tecnologia são ótimas opções.

O nicho também precisa ter uma grande audiência para que você possa construir uma base de seguidores rapidamente. Uma vez que você tiver alcançado mil inscritos e quatro mil horas assistidas, poderá começar a participar do Programa de Parceiros do YouTube.

A partir daí, é possível ganhar dinheiro através do AdSense. Também fica mais fácil para começar a buscar parcerias com empresas, já que elas preferem canais de maior audiência. Outras maneiras de fazer dinheiro incluem a venda de produtos licenciados ou financiamento coletivo através do Patreon.

Para garantir uma experiência agradável para seus webespectadores, invista num bom equipamento de vídeo. O uso de programas profissionais de edição como o Adobe Premiere Pro também vai aumentar suas chances de sucesso, já que o nível do YouTube é bem alto.

Para fazer a sua empresa crescer e virar um trabalho de tempo integral, mais de 50 mil visualizações diárias é um bom começo. Segundo o Influencer Marketing Hub, é possível começar a ganhar US$ 3.500/mês apenas com essa quantidade de views. Qualquer coisa acima disso pode tornar sua vida confortável o suficiente para que você considere outras ideias de negócios como atividades secundárias – para executar em conjunto com o YouTube.

16. Torne-se um Micro-Influenciador

Se você tem uma contagem que está entre 1.000 e 100.000 seguidores nas redes sociais, uma das melhores ideias de pequenos negócios é se tornar um micro-influenciador.

Como um influenciador, você vai trabalhar com as empresas para promover os seus produtos ou serviços para o seu público. Eles pode vender itens para análise ou propor uma campanha de colaboração. Você também pode entrar em redes de afiliados para encontrar produtos para anunciar.

O motivo pelo qual essas marcas gostam de trabalhar com micro-influenciadores é que eles possuem um maior nível de engajamento do que criadores de conteúdo considerados “macro” ou “mega”.

Para começar, você precisar ter uma marca pessoal atraente. Isso significa que o seu perfil deve exibir a sua personalidade e os seus interesses, ao mesmo tempo em que demonstra uma relação próxima com o público.

Os posts precisam mostrar relevância para o seu nicho e ter alguma interação com os seguidores. Faça uma curadoria no seu perfil para que ele fique mais atrativo para empresas.Uma vez que você tiver fechado uma parceria com uma marca, é essencial incorporar o seu produto naturalmente. O poder de um influencer está no seu carisma e a sua credibilidade. Se parecer que você está se vendendo, os seus seguidores rapidamente vão lhe deixar.

17. Comece um Negócio de Edição de Vídeos

Se tornar um YouTuber não é a única opção de carreira viável para quem gosta de fazer vídeos. Caso você prefira fazer o trabalho por trás das cenas, é possível oferecer serviços de edição de vídeos.

Várias startups precisam de vídeos para promoções e comerciais.

Dê uma olhada na Lief Ramsaran. Além de ser uma cineasta, ela também trabalha com a YouTuber WithWendy para produzir e editar os seus vídeos.

Como as principais ferramentas são um computador e um software de edição de vídeo, você pode transformar essa alternativa num negócio caseiro. Você também pode precisar de armazenamento externo extra para armazenar os arquivos não comprimidos das gravações. Além disso, é uma boa ter o Photoshop para criar gráficos e miniaturas interessantes.

Um editor também deve ter uma mentalidade voltada para a narrativa, pois esse é o único jeito de fazer com que a gravação bruta faça sentido – além de dar um fluxo agradável para ela. Uma boa narrativa em vídeo deve ser fácil de entender e engajar a audiência do começo ao fim.

Para anunciar a sua empresa, crie um portfólio de vídeo que destaque todos os seus projetos anteriores. Então venda seus serviços em portais de empregos criativos como If You Could ou Creativepool.

portais de freelancers criativos If You Could

18. Trabalhe como Assistente Virtual

Se você tem uma gestão de tempo impecável e habilidades organizacionais, essa pode ser a melhor das ideias de pequenos negócios da lista.

Como assistente virtual, você vai oferecer suporte administrativo para empreendedores e empresas online de maneira remota. As tarefas geralmente incluem responder emails, agendar compromissos, compras pessoas e assim em diante.

Contudo, você também pode ter que executar tarefas especiais, como gerenciar um site, redes de mídia social, relacionamento com clientes e assim em diante. Alguns assistentes virtuais como a Sandee se especializam em serviço de design.

página inicial da assistente virtual sandee

Como a descrição do emprego pode variar, é essencial ter a capacidade de aprender e se adaptar rapidamente.Para encontrar trabalho como assistente virtual, sites como People Per Hour têm uma infinidade de vagas disponíveis. Você também pode fazer um site de currículo pessoal para impressionar futuros clientes, ou criar propagandas online pagas para você mesmo.

19. Gerencie Redes Sociais para Pequenos Negócios

Muitos pequenos negócios trabalham com pequenas equipes e precisam contratar freelancers para gerenciar certas tarefas – incluindo marketing em redes sociais.

Aqui é que você entra como gerente de redes sociais. Você vai criar estratégias de conteúdo para gerenciar os seus produtos, direcionar tráfego para o site deles e converter visitantes em clientes.

Para fazer o seu trabalho com sucesso, é importante ter boas habilidades de comunicação. Neste caso, você tem que ser capaz de entender os objetivos de marketing do cliente e usar a voz da marca dele. Lidar com perguntas feitas pelos consumidores através de redes sociais também pode ser parte das suas tarefas diárias.

Adicionalmente, é necessário ter habilidades de copywriting e de edição de fotos. Essas capacidades são essenciais para criar posts visualmente atraentes que podem gerar conversas e resultar em vendas. O uso de ferramentas como o Hemingway Editor e o Canva podem ajudar você.

Finalmente, você precisa saber como usar as ferramentas de analytics de redes sociais. Dados coletados de redes sociais são muito úteis para criar um plano de negócios. Considere usar ferramentas de terceiros como SproutSocial para ter um panorama mais completo.

Para encontrar clientes, crie seu próprio perfil em redes sociais, que vai ser responsável por mostrar o que você pode fazer. Ter um site de portfólio com as suas campanhas passadas também pode melhorar a sua reputação. Conforme sua empresa cresce, você pode oferecer cursos de marketing, como fez a Natasha do Sol Studio.

sol studio para cursos de social media

20. Escreva Propostas de Subsídio

Se você ama fazer pesquisas e escrever documentos, considere começar uma empresa de propostas de subsídios.

Sua rotina diária vai girar em torno de criar propostas para organizações sem fins lucrativos e startups. Elas irão usar esses documentos para assegurar investimentos de doadores, como grandes corporações e agências governamentais.

Uma boa proposta de subsídio opera de maneira similar a um plano de negócios. Ela deve revelar a visão e a missão da instituição, enquanto mostram porque é importante obter esse investimento.

Como um escritor de propostas, você precisa ser capaz comunicar esses elementos de uma maneira que conquiste o coração dos doadores. Além de habilidades de escrita, garanta que você vai se acostumar com a criação de gráficos e tabelas para apoiar os argumentos dos seus clientes.

Como você vai trabalhar com organizações diferentes, é bom ter um conhecimento de base amplo. Deste modo, você não vai limitar os tipos de clientes e trabalhos que você pode aceitar.Para pessoas sem experiência, existem classes com essa temática disponíveis na Udemy e na Coursera. Você também pode se juntar à Grant Professionals’ Association para obter mais treinamento e fazer networking com colegas escritores.

21. Compre e Venda Domínios

Essa é a prática de comprar domínios e revendê-los a um preço muito maior. É uma das melhores ideias de pequenos negócios da lista se você está procurando por uma opção online de baixo investimento e com um potencial quase ilimitado de lucro.

Compradores de domínio geralmente miram em nomes que têm potencial comercial e palavras-chave comumente utilizadas.

Por exemplo, o domínio em inglês do Hoteis.com foi vendido por US$ 11 milhões na época. O comprador o adquiriu para fazer um site de reserva online para serviços de acomodação, como implica o nome.

Contudo, esses nomes curtos estão cada vez mais difíceis de se encontrar. Portanto, muitos compradores de domínios agora estão procurando por opções com palavras-chave locais, como carrosusadosemsp.com.

Você também tem que ficar de olho em novos termos que aparecem nas notícias. Eles podem acabar pegando na cultura popular, e algumas pessoas podem decidir criar empresas com base neles.

Para encontrar e comprar nomes baratos, usar um buscador de domínios deve ser o suficiente. De modo alternativo, há sites de leilão como o JustDropped.com onde você pode encontrar domínios expirados. Você pode criar uma landing page para o domínio e então listá-la à venda no mesmo marketplace.

Quanto dinheiro inicial você vai precisar preparar depende dos domínios disponíveis. Você pode começar com apenas US$ 10, mas seria inteligente gastar algumas centenas de dólares para comprar múltiplos domínios. Fazer isso vai ampliar suas chances de fechar uma venda.

22. Crie um Podcast

Podcasts se tornaram uma mídia de entretenimento popular ao redor do mundo. Com o crescimento do público e das oportunidades de monetização, mais pessoas estão criando podcasts como iniciativas de meio período.

Não existe necessidade de ter qualquer experiência técnica para virar podcaster. Se você tem excelentes habilidades interpessoais e uma voz carismática, você está no caminho certo.

Como o mercado de podcast está ficando saturado, tente criar um programa único. Considere escolher um nicho que tem menos competição ou criar um conceito que nunca antes foi feito.

Acima disso, garanta que você vai investir em equipamento de áudio de alta qualidade e num software de edição para garantir uma boa experiência para os ouvintes.

Poste o seu podcast no seu site para fazer com que ele esteja disponível de maneira pública. Então o distribua no Spotify, na plataforma da Apple e na da Google.

A maioria dos podcasters costuma gerar renda através do marketing de afiliados, eventos de streaming ao vivo e plataformas de financiamento coletivo como o Patreon. Uma vez que você tiver um grande público, considere se juntar a redes de propaganda como o AdvertiseCast.

site para monetizar podcasts advertisecast

23. Ghostwriting

Ghostwriting é uma daquelas ótimas ideias de pequenos negócios para quem ama escriver mas não quer passar tempo conceitualizando as suas próprias ideias.

Você vai criar conteúdo usando o nome de outra pessoa e desenvolver a ideia dela até se tornar um conteúdo completo. A maioria dos ghostwriters costumam trabalhar com escrita de livros, mas alguns também fazem trabalhos mais curtos como artigos de blogs.

Em muitos casos, você vai entrevistar a pessoa e pesquisar sobre o tópico em questão. Isso é feito para que você possa incorporar a voz daquela pessoa e contar a história através da sua escrita. Se isso parece uma tarefa difícil, pode ser uma boa ideia fazer o curso de ghostwriting online da Roz Morriz para se preparar.

Para anunciar os seus serviços, um requisito obrigatório é ter um portfólio online excepcional dos seus projetos passados.

Envie-o para clientes em potencial na plataforma e coloque um link para ele em quadros de emprego como o Reedsy. Em média, ghostwriters na plataforma conseguem ganhar cerca de US$ 0,35 por palavra. Contudo, o valor depende do tamanho e da qualidade do projeto.

24. Torne-se um Contador

Se você é bom com contabilidade, oferecer serviços remotos nessa área pode ser uma das melhores ideias de pequenos negócios para você.

Muitos donos de empresas hoje em dia podem precisar ajuda com a gestão das suas finanças. Como um contador, você será responsável pelos relatórios financeiros da empresa, pela entrada e saída de pagamentos, pela coleta de impostos e assim por diante.

Como esses documentos são sensíveis, você precisa exibir credibilidade e profissionalismo para clientes em potencial. Faça um exame de certificação na sua área ou entre para uma associação de contabilidade para melhorar sua credibilidade.

Acima disso, habilidades para resolver problemas também são cruciais para quando o seu cliente encontra problemas relacionados ao orçamento ou a impostos.

Além de um computador e de um aplicativo de planilhas, ter um software de contabilidade como o FreshBooks também pode ajudá-lo bastante.Para trabalhos de contabilidade freelancer, sites como o Upwork podem ajudar você a encontrar trabalhos.

25. Faça trabalhos de Dublagem

Você tem uma voz única? Reúna seus talentos para um trabalho de áudio para comerciais. Você pode oferecer serviços de narração para propagandas, audiolivros, programas de TV e mais.

Como um ator, você precisa ser capaz de ajustar sua voz para diferentes papéis. Quanto maior for essa variedade, para mais trabalhos você pode se candidatar. Fazer aulas de atuação vocal e treinamentos de dialetos podem ajudar a melhorar o seu alcance.

Ademais, você precisa obter equipamentos de gravação para a sua casa ou estúdio para fazer o seu trabalho.

Uma vez que estiver pronto, crie um portfólio online. Coloque um áudio de demonstração em destaque para mostrar os tipos de voz que você consegue produzir. Considere aceitar alguns trabalhos sem pagamento para ganhar experiência.

Para encontrar trabalhos, o Voices.com tem várias oportunidades para dubladores. Portais de freelancers como o Fiverr também são um ótimo lugar para começar.

site para dubladores freelancer voices.com

26. Ofereça Serviços de Edição Freelancer

Aqueles que possuem uma longa carreira nos ramos de escrita e de edição podem querer começar um negócio como editores freelancer. Você terá mais controle na escolha dos projetos, nos valores cobrados e no prazo com o qual você consegue trabalhar.

Existem diversos tipos de serviços de edição para serem oferecidos. Por exemplo, você pode fazer edição de desenvolvimento, onde você foca no “quadro geral”. A tarefa principal nesse estágio é determinar a estrutura geral e o estilo do texto.

Há também a edição de copy, que consiste na correção de elementos mais técnicos – como a gramática e o estilo utilizados. Você vai mergulhar fundo e escolher o curso de ação mais apropriado com base na visão original de cada peça em que você estiver trabalhando.

Sinta-se livre para se especializar em gêneros nos quais você tem experiência.Para promover seus serviços, compile os seus melhores trabalhos e apresente-os no seu portfólio online. Você também pode oferecer amostras de antes e depois do processo de edição, como Kirsten Janene-Nelson faz  em seu site.

27. Trabalhe como Analista Remoto de Dados

Análise de dados está em alta demanda. Conforme as empresas se tornam mais baseadas em dados, muita gente está buscando profissionais dessa área para avaliar os números e tomar decisões melhores e mais informadas.

Entretanto, o caminho para se tornar analista de dados possui uma curva de aprendizado íngreme. Primeiramente, você precisa aprender uma linguagem de processamento de dados, como Python ou SQL. Para fazer seu trabalho, também é essencial se familiarizar ferramentas de visualização de dados como Tableau.

Além disso, também é importante ter boas habilidades de comunicação para traduzir os dados em insights de negócio que permitam aos seus clientes agirem.

Se você não tem experiência anterior, o Datacamp possui uma ampla gama de aulas de ciência de dados.

Comece ao aceitar alguns projetos para construir o seu currículo online. Use esse site da analista de dados Claudia Ten Hoope como inspiração.

Quando estiver pronto, comece a procurar por trabalho em portais de empregos remotos. Depois que a sua clientela crescer, você pode se juntar ao Toptal, um portal exclusivos para freelancers para profissionais digitais.

página inicial do portal toptal

28. Projete e Venda Fontes Customizadas

Se você entende de lettering ou tipografia, considere vender fontes como um negócio paralelo. Isso pode gerar uma renda passiva e abrir mais oportunidades de trabalho no campo do design gráfico.

Um tablet e uma caneta digital são necessários para começar. Então você pode começar a criar fontes customizadas usando o Adobe Illustrator ou um aplicativo de criação de fontes como o RoboFont.

Para deixar os seus pacotes de fontes mais valiosos, crie múltiplos estilos e espessuras usando a mesma typeface. Também tente incluir ícones decorativos extra como recursos bônus para seus compradores.

Além disso, você pode fazer um esforço extra e mostrar para seus usuários como usar a fonte nos seus projetos. Deste modo, eles podem visualizar a utilidade e os benefícios das suas fontes. Deste modo, eles podem visualizar as utilidades e os benefícios das suas fontes. Algumas maneiras de fazer isso é criando logos, mockups de produtos ou temas para posts em redes sociais.

Venda as fontes em sites como Fontspring e Creative Market.

site para freelancer de design creative market

Alternativamente, tente construir uma landing page para vender sua fonte, como nesse exemplo da Odibee Sans. Isso permite que você tenha mais espaço e controle na apresentação da sua typeface, mostrando os seus melhores ângulos.

O quanto você cobra por uma fonte depende de onde e quantas vezes o cliente vai usá-la. Geralmente, você pode aplicar regras de licenciamento para uso pessoal ou comercial.

29. Ofereça Serviços Profissionais de Escrita de Currículo

Escrita de currículo é uma das excelentes ideias de pequenos negócios para pessoas com experiência em recrutamento e seleção.

Num serviço bastante procurado por profissionais, você vai garantir que os documentos de aplicação de emprego do seu cliente são atraentes e legíveis. Assim sendo, você precisa ter habilidades excelentes em escrita e em marketing.

Além disso, garanta que você vai se familiarizar com sistemas de rastreamento de candidatos. A maioria das companhas os utilizam para filtrar e indexar currículos de acordo com a sua relevância para a descrição de emprego. É por isso que é importante incluir as palavras-chave certas para fazer com que o arquivo do cliente seja otimizado para ATS.

Geralmente, você vai começar revisando um currículo já existente da pessoa, buscando por problemas que possa ser melhorados. A partir daí, você decide se quer refazê-lo completamente ou apenas operar pequenas modificações.

Existem muitos trabalhos de escrita de currículos disponíveis em marketplaces de freelancers. Você também pode se juntar ao PARWCC para ganhar uma certificação, fazer networking com outras pessoas no campo, além de encontrar mais trabalho.

30. Transcreva Arquivos de Áudio

Possui boas habilidades de audição? Transcrever arquivos de áudio de maneira profissional pode ser uma das melhores ideias de negócio para você. Como está implícito, o trabalho envolve transforma gravações de voz em documentos escritos.

Tipicamente, os arquivos de áudio que você precisa para transcrever são para a manutenção de registros, como reuniões de negócios ou procedimentos legais. Neste caso, você pode precisar de algum treinamento para se familiarizar com terminologias de nichos específicos.

Ou você pode lidar com arquivos de vídeo em geral que precisam de legendas para SEO.

Além de ter excelentes ouvidos, profissionais de transcrição precisam digitar com rapidez. Isso é necessário para que você possa escrever enquanto ouve o arquivo, sem ter que ficar indo e voltando.

Adicionalmente, você tem que conhecer as regras adequadas de gramática, ortografia e pontuação para escrever transcrições precisas.

Um notebook, um headset de alta qualidade e um software de processamento de palavras básico devem ser o suficiente para começar. Assim que você tiver ganhado mais experiência, é possível investir num pedal para controlar a gravação.

O TranscribeMe é um ótimo local para procurar por trabalhos de transcrição. Eles possuem vagas de nível intermediário para você começar, então certamente terá algo adequado para as suas habilidades.

site para transcrição transcribeme

31. Torne-se um Agente de Vendas Independente

Hoje, muitos pequenos negócios preferem contratar vendedores freelancer do para economizar no recrutamento de uma equipe interna. Como resultado, diversos agentes preferem se manter independentes para ter mais flexibilidade sobre a clientela e sobre o cronograma.

A tarefa de representantes de venda autônomos é vender os produtos ou serviços de uma empresa para clientes em potencial. Assim como no marketing de afiliados, você será pago toda vez que alguém faz uma compra.

Se você está trabalhando de modo remoto, os métodos de venda que você utilizará serão demonstrações online e televendas. Portanto, ter uma conexão à internet confiável e um plano de celular ou de VOIP é importante.

A maioria das empresas contrata agentes de venda independentes a partir de plataformas como o CommissionCrowd. Elas tipicamente oferecem recursos para ajudar você a realizar o seu trabalho – incluindo ferramentas de CRM, uma pipeline de vendas, treinamentos e mais.

32. Comece uma Empresa de Teste de Sites

Finalmente, considere começar um negócio paralelo num site de testes. A maioria das empresas e desenvolvedores online pagam pessoas para testar os seus sites e avaliar a sua usabilidade. Eles vão usar o feedback que você providenciar para melhorias.

Geralmente, as empresas procuram por clientes comuns para examinar os seus sites. Deste modo, elas podem ter respostas vindas das pessoas que potencialmente vão comprar seus produtos.

Como você conduz os seus testes depende do cliente. Eles tipicamente vão dar algumas instruções para você seguir e perguntas para você responder. Conforme você testa o site, irá registrar as suas reações e expressar os seus pensamentos sobre a página de acordo com o que a empresa pede.

Para começar, você pode procurar por lugares como o UserTesting. Aproveite essa oportunidade para fazer networking com os clientes e ganhar mais conhecimento.

Então comece a se ramificar e crie a sua própria empresa de testes de sites. Fazer isso vai permitir que você tenha mais liberdade sobre as taxas cobradas.

Dicas para Criar uma Pequena Empresa de Sucesso

Com qualquer das ideias de pequenos negócios da lista, o real desafio é torná-lo uma realidade. Se você precisa de ajuda, viemos com algumas dicas de como começar uma pequena empresa:

Comece com um Plano de Negócio Sólido

Quando você está prestes a começar uma pequena empresa, saber os passos certos para tomar antes de criar essa companhia é importante. Um passo em falso pode resultar em perder clientes e, por sua vez, o seu dinheiro.

É por isso que ter um plano de negócios bem pensado é importante. Ele vai servir como um mapa para a sua empresa, e isso deve cobrir tudo o que você precisa para o lançamento e o crescimento. Isso inclui informações sobre o modelo de negócios, produtos ou serviços, público-alvo, marketing, finanças e mais.

Na hora de escrever o seu plano de negócios, não se esqueça de definir objetivos SMART. Fazer isso pode permitir que você defina expectativas realistas no que a sua empresa pode cumprir nos primeiros anos.

Foque nos Clientes

O segredo para ter um negócio de sucesso é ter clientes felizes. Ao dar aos compradores o que eles precisam, você faz com que seja bem mais provável que eles vão continuar comprando.

Fazer os clientes felizes é mais do que apenas oferecer um bom produto ou serviço. Também é criar uma experiência agradável para o público. Aqui estão algumas maneiras de fazer isso:

  • Crie uma persona. Trata-se de um perfil de mock-up que representa os seus clientes existentes. Use isso para fazer com que as suas decisões de negócios sejam mais focadas nas pessoas que você está servindo.
  • Deixe o seu site amigável para os usuários. O seu site será o primeiro ponto de contato entre você e os seus clientes. Para fazer um site fácil de utilizar, identifique os pontos críticos e os elimine.

Responda as perguntas rapidamente. A maioria dos clientes concorda que obter respostas rápidas das empresas é importante para eles. Se você não responder as mensagens em menos de uma hora, eles podem procurar outro vendedor.

Crie uma Estratégia Forte de Marketing Digital

O quão bem você vende o seu negócio pode determinar se ele consegue atingir e criar identificação com o publico-alvo. Portanto, é crucial criar estratégias com base no que a sua audiência gosta e precisa.

Considere as dicas abaixo para ajudar você:

  • Crie um blog. Essa é uma das melhores maneiras de otimizar o seu site para mecanismos de busca e obter tráfego orgânico. Se você criar um blog, garanta que os artigos são de alta qualidade, usam as palavras-chave certas e são úteis para os seus clientes.
  • Use anúncios em redes sociais. Eles são mais efetivos para fazer a sua marca ser notada. Além disso, plataformas como Facebook e Instagram podem oferecer informações mais aprofundadas sobre o seu público através das suas ferramentas de Insights.
  • Tente marketing de referência. Essa é a prática de dar um incentivo aos clientes para que eles possa promover o seu negócio para sua família e amigos. Algumas recompensas comuns incluem créditos na loja, brindes, cartões-presente e mais.

Use Ferramentas para Gerenciar o seu Pequeno Negócio

Gerenciar um pequeno negócio online como um empreendedor não precisa ser difícil. Com as ferramentas certas, você pode dominar o seu trabalho diário enquanto faz a sua empresa crescer.

Aqui estão algumas ferramentas recomendadas para um pequeno negócio que está começando:

  • GSuite. This kit of Google products contains all you need to write documents, create spreadsheets, call clients, store files, manage emails, and more.
  • Trello. This popular project management software lets you organize tasks and collaborate with team members.
  • Quickbooks. An all-in-one accounting application for creating invoices, tracking expenses, managing taxes, and viewing financial reports.

Qual das Ideias de Pequenos Negócios Você Vai Escolher?

E aí está: as 32 melhores ideias de pequenos negócios da internet. Não impota se você quer criar um site de eCommerce ou ser um micro-influenciador, o mais importante é escolher algo que se encaixa com seu conhecimento, seus interesses e seu orçamento.

Dito isso, esses são os primeiros passos que você precisa tomar agora. Para fazer com que as suas ideias de pequenos negócios se tornem verdade, é preciso ter um plano sólido, uma excelente experiência de usuário, uma forte estratégia de marketing e ótimas ferramentas para gerenciar o seu trabalho.

Conte para nós qual das ideias de pequenos negócios que você acabou escolhendo!

O Autor

Author

Carlos E. / @carlosfelipe

Carlos Estrella é formado em jornalismo pela UFSC e tem as funções de redator, tradutor e SEO na Hostinger Brasil. Já trabalhou com jornalismo de games e tecnologia e hoje aplica essa experiência escrevendo posts e tutoriais no blog da Hostinger. Suas paixões incluem games, dar rolês com a namorada e amigos e ler artigos aleatórios da Wikipédia de madrugada.

Tutoriais em destaque

Tutoriais relacionados

Deixe uma resposta

Comentário*

Nome*

Email*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Faça parte da Hostinger agora!