WordPress

WordPress.com ou WordPres.org: Quais as diferenças entre as plataformas?

escolha entre wordpress.com ou wordpress.org e crise um blog hoje mesmo

O WordPress é bastante popular hoje em dia. Porém, quando as pessoas falam da plataforma, pode ser que estejam se referindo ao WordPress.com ou ao WordPress.org. Se você pensa que ambos são a  mesma coisa, saiba que você está equivocado.

E isso pode ser um problema, especialmente se você está pensando em usar uma plataforma para fazer um site. E, principalmente, sem entender as diferenças entre as duas.

Neste artigo, vamos fazer uma compraração de WordPress.org vs WordPress.com baseado em alguns critérios. São eles:

  1. Facilidade de uso.
  2. Flexibilidade e personalização.
  3. Preço.
  4. Desempenho.
  5. Segurança.

Mas, antes de entrarmos nos detalhes mais técnicos, é hora de conhecer as diferenças básicas entre WordPress.com e WordPress.org.

Uma introdução ao WordPress.com ou WordPress.org

Você já sabe que o WordPress.com e o WordPress.org não são a mesma coisa. Eles são, na verdade, duas plataformas completamente diferentes que apenas compartilham do mesmo nome.

Durante as próximas seções, vamos dar uma olhada aprofundada nas diferenças entre WordPress.com e WordPress.org. Por ora, vamos focar na principal coisa que separa as duas plataformas: a hospedagem.

WordPress.org é o site que hospeda a versão em código aberto do WordPress, o famoso CMS (Sistema de Gerenciamento de Conteúdo).

site do wordpress.org

Resumidamente, CMS é um programa que ajuda você a criar sites e gerenciar bibliotecas inteiras de conteúdo. No caso do WordPress, a plataforma foi desenvolvida pensando em blogs. Mas, ela cresceu tanto nos últimos anos que, atualmente, pode ser usada para qualquer tipo de site ou aplicação.

Por outro lado, quando as pessoas falam do WordPress.com, elas estão geralmente se referindo ao serviço de blogs executado pela Automattic. Com o WordPress.com, você tem uma versão personalizada do software do WordPress. Ela é fácil de usar e não precisa de qualquer instalação.

site wordpress.com

A diferença mais gritante entre as duas é como elas são hospedadas. O WordPress.org é frequentemente citado como um WordPress do tipo self-hosted, pois você tem que instalar o CMS no seu site.

Muitos provedores de hospedagem oferecem instalações com um só clique, fazendo com que o processo seja muito mais fácil. Esse tipo de hospedagem não exige qualquer experiência técnica para ter seu site WordPress.

Já o WordPress.com oferece um serviço para você além de um software para blog. Você pode escolher uma variedade de planos, incluindo um gratuito. Assim, você pode focar em criar um site sem se preocupar com a instalação e a hospedagem.

Agora que você já sabe as diferenças básicas entre ambas as plataformas, é hora de se aprofundar. Vamos comparar WordPress.org e WordPress.com e ver como as duas plataformas se diferenciam entre uma e outra.

WordPress.com ou WordPress.org: Facilidade de uso

Nesta seção, vamos avaliar o quão simples é começar a usar o WordPress.com ou WordPress.org. Mais especificamente, vamos mostrar o processo de configurar um novo site e publicar seu primeiro conteúdo.

Vamos começar com o WordPress.com. A primeira coisa que você precisa fazer é criar uma conta, que você pode fazer gratuitamente. 

nome do blog no wordpress.com

Você só precisa preencher alguns campos de informações para criar uma conta no WordPress.com. Essa conta pode, futuramente, receber um upgrade, algo que vamos falar mais adiante.

Assim que a sua conta tiver pronta, você ganha acesso ao painel de controle do WordPress. Daqui, você consegue gerenciar a sua conta, assim como os seus sites criados no WordPress.com.

Para acessar seu novo site WordPress.com, clique na aba My Sites (Meus Sites). Nela, você consegue ter uma visão geral das estatísticas do seu site que, por agora, estão vazias, pois você acabou de criar seu site.

painel de controle wordpress.com

Daqui, você pode ver seu novo site clicando em View Site (Ver Site).

novo blog wordpress.com sem conteúdo

Por agora, não tem muita coisa a se ver. Para arrumar isso, você vai ter que começar a publicar conteúdos. Para fazer isso, clique no botão Writting (Escrever) no topo da página.

Isso vai abrir o editor de conteúdos do WordPress.com, que é relativamente direto e simples de usar. Nele, você encontra seções para escrever títulos e as próprias postagens. Ao lado direito, estão as configurações de edição.

criar postagens no wordpress.com

Quando seu primeiro conteúdo de blog estiver pronto, você pode ver como ele será mostrado no seu site. Então, aperte no botão Publish (Publicar) para fazer com que o conteúdo seja visível aos seus visitantes.

De modo geral, criar e configurar um site no WorPress.com leva apenas alguns minutos. Escrever um post básico é relativamente rápido e só depende da extensão da postagem e da abordagem.

Agora, vamos dar uma olhada no WordPress.org. Para começar no CMS, você primeiro precisa encontrar uma empresa de hospedagem de site.

Isso significa que existe aqui uma etapa extra que você precisa fazer para ter seu site. Porém, a boa notícia é que você  pode escolher uma provedora da sua preferência, em vez de ficar preso em um serviço só.

Por exemplo, a Hostinger oferece ótimos planos de hospedagem compartilhada a preços bem competitivos. Mesmo com o plano mais básico, o usuário tem acesso a um pacote completo de recursos, como usar múltiplas versões do PHP e acesso ao SSH.    

De qualquer forma, quando escolher uma hospedagem e contratar um plano, você vai poder instalar o WordPress no seu novo servidor. Isso leva apenas alguns minutos, especialmente se você usar a função de instalação com um só clique. O processo é um pouco menos trabalhoso que o WordPress.com.

Quando tiver tudo, pronto, você vai perceber que o painel de controle do WordPress.org tem muito mais opções que o do WordPress.com.

painel de controle wordpress.org

Ter mais opções é sensacional, mas também significa que você vai precisar de mais tempo para se acostumar com tudo. Porém, quando se fala em publicação de posts, você só precisa ir em Posts > Add New (Posts > Adicionar Novo). É assim que você acessa o editor do WordPress.org.

editor de conteúdos do wordpress.org

Assim como WordPress.com, você pode definir um título e o conteúdo do seu post pelo editor. Além disso, também tem acesso às configurações da postagem à direita da tela.

De modo geral, a experiência de postar conteúdos entre ambas as plataformas é muito parecida. Enquanto o WordPress.com tem uma leve vantagem por ser um pouco mais fácil de se configurar tudo pela primeira vez, ambas são idênticas assim que um site estiver online.

WordPress.org ou WordPress.com: Flexibilidade e Personalização

Ainda que muitas pessoas associem o WordPress apenas para blogs, ambas as plataformas se encaixam com qualquer tipo de projeto online.

Nesta seção, vamos comparar WordPress.com ou WordPress.org na flexibilidade quanto à personalização de opções. Nos importamos com isso porque é importante quando algum serviço dá a liberdade para o usuário de criar e personalizar seu site como quiser.

Vamos começar com o WordPress.com. Logo de cara, você pode customizar o estilo do seu site usando temas. O WordPress.com oferece diversas opções gratuitas. Existem centenas de outros temas que você pode usar. E isso inclui opções pagas (premium).

temas pagos wordpress.com

Agora, vamos dar uma olhada nos plugins. Os plugins, junto com os temas, são um dos motivos do porquê o WordPress é tão popular. Com plugins, você pode adicionar qualquer funcionalidade que você quiser ao seu site. E, o mais legal, sem a necessidade de saber programação ou de contratar um desenvolvedor especialista.

plugins wordpress.com

Com o WordPress.com, você pode usar os mesmos plugins que o WordPress.org. Porém, o plano gratuito da plataforma não permite que você instale absolutamente nenhum plugin. Por isso, você é obrigado a contratar o plano Business.

Já o WordPress.org, que é self-hosted, não existe qualquer limitação. Assim que você tem um site online, você pode instalar milhares de plugins que quiser.  

plugins no wordpress.org

O mesmo acontece com os temas, que existem aos milhares. Basta escolher um, entre gratuitos e pagos, e instalar.

instalar temas no wordpress.org

Considerando apenas números, o WordPress.org tem uma clara vantagem quando falamos de personalização. A liberdade de usar qualquer plugin ou tema faz com que seja muito mais fácil criar qualquer tipo de site.

Se você for um desenvolvedor experiente, você mesmo pode criar seus próprios temas e criar plugins no WordPress. E, se quiser, também pode editar algumas configurações do WordPress e deixar o CMS ainda mais personalizado ao seu gosto.

Em suma, as suas opções de personalização no WorPress.com são um pouco mais limitadas de você usar o plano gratuito. Por conta disso, neste segundo round comparativo entre WordPress.com ou WordPress.org, o segundo sai como vencedor.

WordPress.com ou WordPress.org: Preço

Não há dúvidas de que criar um site custa dinheiro. Provavelmente, você só vai precisar pagar pagar pela hospedagem e pelo domínio, junto com outros gastos mínimos envolvidos de manutenção.

Até agora, falamos apenas da versão gratuita do WordPress.com. Mas, a plataforma também oferece três planos pagos. São eles:

  • Pessoal (R$12/mês). Com esse plano, você se livra dos anúncios de publicidade e consegue um domínio personalizado.
  • Premium (R$26/mês). Com esse plano, você pode monetizar seu site com publicidade e usar códigos CSS para editar seu site.
  • Negócios (83/mês). Com esse plano, você pode adicionar temas e plugins, além de integrar o Google Analytics no seu site.

O plano que você for contratar depende muito do propósito e dos objetivos que você quer alcançar com seu site. Entretanto, para tirar o máximo de proveito da plataforma, o plano Business é o mais indicado em função dos temas, plugins e do Google Analytics.

Com isso em mente, com o WordPress.com, você vai precisar desembolsar R$83 por mês. Você até pode ficar com a versão gratuita da plataforma, mas ela não vai levar seu projeto muito adiante porque as funcionalidades e recursos são muito limitados. Especialmente se você quer ter um site mais profissional.  

Também é relevante mencionar que existem alguns temas pagos no WordPress que podem ultrapassar os R$100. Ainda que você não precise comprar um tema assim, podendo usar só os gratuitos, é um outro gasto que você precisa considerar na decisão de escolha entre WordPress.com ou WordPress.org.

Agora, vamos falar do WordPress.org. A plataforma em si não vai custar um centavo para você. Contudo, você terá que contratar um plano de hospedagem e um domínio.

Só para dar uma ideia de que tipo de custos que você vai ter, é comum encontrar um plano de hospedagem compartilhada por menos de R$10 ou menos. E isso já é uma grande vantagem.

planos de hospedagem compartilhada na Hostinger

Os preços podem subir um pouco caso você esteja procurando por uma solução mais robusta. Neste caso, estamos falando de um servidor VPS.

A Hospedagem VPS é mais indicada para projetos que já estão há mais tempo na internet e possuem um grande volume de tráfego. Esse tipo de hospedagem de sites tem mais recursos e, por isso, naturalmente custa mais.

Quando falamos de domínio, os preços podem variar um pouco. Mas, não é incomum encontrar domínios por a partir de R$3.99 ao ano. Sendo assim, você consegue começar um site WordPress por cerca de R$10.

Existe uma penca de plugins e temas que você pode querer usar no seu site. Os custos podem variar bastante dependendo do tipo de ferramenta que você for precisar, mas plugins e temas pagos geralmente começam com preços a partir de R$30 e podem chegar até mais de R$100.

É claro que, você não precisa gastar nada com temas e plugins. Mas, pela nossa experiência, alguns usuários gostam de investir um pouco nestes recursos. Pois eles proporcionam uma experiência mais profissional para criar e manter um site.

De qualquer forma, os custos iniciais para criar um site usando o WordPress podem variam de praticamente nada até aos milhares. Tudo vai dependender de qual plataforma, do serviço de hospedagem, do domínio e dos recursos pagos que você resolver investir.

Ainda assim, em função da abundância das opções gratuitas e baratas disponíveis, neste round comparativo entre WordPress.com ou WordPress.org, o segundo leva uma grande vantagem.

WordPress.org ou WordPress.com: Desempenho

Uma consideração importante para qualquer tipo de site é a sua velocidade. Suas páginas devem carregar rápido. Assim, os usuários não vão encontrar motivos, como lentidão e apagões, para não voltar a visitar seu site. Você não iria querer isso, certo?

Muitas coisas podem fazer com que seu site fique lento. E isso, muitas vezes, nem tem a ver com a plataforma que você está usando. Por exemplo, se você fizer upload de imagens sem comprimi-las antes, o tempo de carregamento do seu site vai aumentar.

Porém, seja qual for a plataforma que você esteja usando, ela precisa entregar um desempenho decente. O WordPress.com faz isso, pois é uma plataforma com hospedagem própria. Pela nossa experiência, todos os planos da plataforma têm desempenho excelente constante.

Talvez a melhor parte em usar o WordPress.com é que você não precisa se preocupar muito com otimizações. Ele é constantemente rápido e sem momentos de ficar offline. O usuário sempre pode esperar que a plataforma estará funcionando em plenitude.

Com WordPress.org, é um pouquinho diferente. Enquanto o software é ótimo para desempenho, o seu provedor de hospedagem é um fator importante e que vai determinar qual será a velocidade do seu site.

Como você pode contratar a empresa que quiser, é recomendado que você pesquise bem para que encontre uma que oferece um alto desempenho.

Junto a isso, existem maneiras de implementar o desempenho do seu site. Por exemplo, você pode integrar uma CDN (Rede de Distribuição de Conteúdo) ao seu site ou usar o cache do navegador para ter mais velocidade.  

Se você é do tipo de usuário que gosta de controlar cada aspecto do seu site, é bem provável que você vá gostar desse nível de liberdade.

No final das contas, velocidade é tudo. O WordPress.com faz muito do trabalho para você. E o WordPress.org dá mais liberdade para você personalizar seu site. Por conta disso, nesta disputa entre WordPress.com ou WordPress.org, o vitorioso é o CMS.

WordPress.com ou WordPress.org: Segurança

Para esta seção do nosso comparativo WordPress.com ou WordPress.org, vamos falar sobre a segurança das duas plataformas.

Usar uma plataforma segura é crucial se você quer manter você e seus visitantes seguros dos perigos da internet. Obviamente, você não quer que usuários maliciosos acessem seu site e espalhem malwares ou spams nele.  

Na segurança, o WordPress.com oferece uma experiência muito prática. Como você vai estar usando uma plataforma fechada, não existem muitas vulnerabilidades. Além disso, o próprio time do WordPress.com cuida da segurança do seu site para você. E isso significa que você pode se concentrar em outros aspectos do seu site.   

Já o WordPress.org exige que você “ponha a mão na massa” quando se trata de segurança. A primeira coisa que você pode fazer é assegurar que a sua provedora de hospedagem siga boas práticas de segurança. Mesmo assim, você ainda precisa executar vários passos para proteger seu site.    

Todo esse trabalho pode ser uma benção ou uma praga. Por exempĺo, pode ser que você queira apenas configurar um plugin de segurança no WordPress. Ou ativar a verificação em duas etapas no CMS.

A ideia é que o WordPress.org é um software de código aberto. E isso permite que você mexa na segurança do seu site o quanto você quiser. Somos do tipo de pessoas que gostam de ter opções e de liberdade de configurações para usar um serviço que contratamos      

Por conta disso, nesta disputa entre WordPress.com ou WordPress.org, escolhemos o segundo como vencedor.

Vantagens do WordPress.com

Vimos muito das características de ambas as plataformas no comparativo WordPress.com ou WordPress.org. Agora, é hora de focar em algumas das principais vantagens de usar uma ou outra. Para começar, vamos falar do WordPress.com.

  • Muito simples de criar e configurar um site com a plataforma.
  • Painel de controle fácil de usar e vem com uma quantidade decente de funções.
  • Acesso a dezenas de temas gratuitos.
  • Na questão de desempenho e segurança, deixe tudo nas mãos do WordPress.com.

Porém, tem uma grande desvantagem do WordPress.com é que você não pode usar plugins ou temas a menos que você contratre o plano Business. E isso custa R$83 por mês. Plugins são uma das grandes razões do porquê o WordPress é uma plataforma fantástica. Então, esse é um fator decisivo.

Ainda assim, o WordPress.com é uma plataforma excelente pela simplicidade de criar sites rapidamente. Além disso, o fato de você usá-la significa que você pode focar totalmente no crescimento do seu site, já que não vai precisar se preocupar com muitas questões técnicas.

Vantagens do WordPress.org

Existe uma série de razões do porquê o WordPress é tão popular. Vamos detalhar quais são elas para você logo abaixo.

  • A natureza de código aberto da plataforma dá a você controle total de cada aspecto do seu site.
  • O painel de controle é intuitivo, direto e tem várias opções para cada tipo de função.
  • Acesso a milhares de temas e plugins que habilitam qualquer recurso que você quiser ter.
  • Pode ser executado em qualquer provedor de hospedagem ou servidor (você não fica preso a um só tipo de serviço ou empresa).

Também é válido notar que a comunidade do WordPress é gigantesca e muito ativa. Não importa qual problema ou dúvida você tiver, as chances de encontrar respostas ou soluções para elas são altíssimas. Existem milhares de guias, tutoriais e desenvolvedores especialistas espalhados pela internet.

Para ser justo, começar com o WordPress.org demanda uma curva de aprendizado um pouco mais elevada que o WordPress.com. Você também vai precisar considerar como fazer com que seu site seja mais seguro e como será o desempenho final dele.

Só que, até mesmo estes aspectos são relativamente simples de lidar, inclusive para iniciantes. Eles também vale a pena quando se considera a quantidade de personalizações que você pode fazer no seu site.

Sabendo disso, não chega a ser uma surpresa que, nesta comparação WordPress.com ou WordPress.org, nossa escolha fica com o segundo.

Conclusão

Existe muita coisa em comum entre as duas plataformas que vai além da mera disputa WordPress.com ou WordPress.org. Ainda que elas sejam irmãs na essência, está claro que o WordPress.org leva vantagem em recursos e funcionalidades, sobretudo pela sua natureza de código aberto.

Isso sem falar, é claro, em ocasiões em que usar o WordPress.com é uma opção melhor. Se você não quer se preocupar com hospedagem e só quer fazer um site simples, então esta a melhor opção. Porém, se você é do tipo de usuário que quer personalizar cada aspecto do seu site, o WordPress.org é a sua escolha mais certeira. 

Ficou com alguma dúvida? Mande uma mensagem para a gente pelos comentários abaixo! Vamos responder na sequência. 😉

Andrei L.

Andrei é jornalista e conteudista na Hostinger. Tem experiência no WordPress, em conteúdos de tecnologia e conhecimentos avançados em SEO. É fã de games, adora vôlei e ama o inverno.

Deixe um Comentário

Deixe seu comentário!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Comece a Economizar Agora!

Hospedagem com tudo incluso e nome de domínio
R$2
29
/mês*

Cadastre-se

Receba nossos conteúdos e novidades direto no seu e-mail!

 

Estamos cadastrando...

Pronto! Obrigado por se inscrever!